10 dicas do Dr. Karp para fazer o bebê dormir a noite inteira

Dicas dos especialistas - Sono24/02/18 By: Ana Lú Gerodetti
(1) Comentários

 

Olá, moms!

Tudo bem?

O post de hoje é um achado do PopSugar, onde o Dr. Harvey Karp, autor do livro “The Happiest Baby On The Block” (ou “O Bebê Mais Feliz do Pedaço”, em tradução livre), escreveu 10 dicas para melhorar o sono do bebê.

O tema é bem recorrente para as mamães, afinal, quem não quer que os pequenos tenham uma boa noite de sono? Confiram!

 

 


 

“A privação do sono é um incômodo horrível, na melhor das hipóteses. Na pior das hipóteses, pode levar a conflitos conjugais e depressão pós-parto”, explica Dr. Karp, pontuando a importância de uma boa noite de sono do bebê para as mães. Ele também ressaltou que todo o trabalho da maternidade fica comprometido se as mães estão muito exaustas, o que costuma acontecer quando seus filhos não dormem direito.

Para ajudá-las nesse momento tão delicado, confira as 10 dicas do especialista norte-americano!

 

Quando começar o treinamento do sono

Segundo o Dr. Karp, os pais devem introduzir bons hábitos de sono desde a primeira noite do bebê. “Todo mundo diz que você deve começar o treinamento do sono quando o bebê tem 3 ou 4 meses – eles não podem aprender horários de dormir antes disso”, conta. “Mas o quão cedo eles podem aprender maus hábitos de sono? Por que eles não podem aprender os bons hábitos? Isso [ensinar a partir dos 3 ou 4 meses] é errado e as pessoas continuam fazendo a mesma coisa”.

 

k1

 

Embrulhar o bebê é a chave

Mesmo que alguns médicos sejam contra, Dr. Karp explica que a prática de enrolar o bebê em algum tecido, ou cobri-los, é boa para os pequenos. “Embrulhar o bebê é uma das coisas mais eficientes para ajudá-los a dormir tranquilamente. Bebês não gostam de dormir de barriga para cima, porque sentem que estão caindo, sentem-se inseguros”, explica. “Embrulhá-los faz com que se sintam mais seguros, não acordem tanto durante a noite e durmam melhor”.

 

Use o som de fundo correto

O white noise é o som ambiente que fica no quarto do bebê, podendo variar entre diversos tipos. Dr. Karp explica que existem alguns sons que são ruins, mas também existem os que são bons.

“A maioria das máquinas ou aplicativos têm o som errado. Eles têm um ‘shhh’, o que é irritante para os pais e não ajuda em nada os bebês”, diz. “Sons baixos – como o barulho da chuva caindo no telhado – se colocado toda noite ou em toda soneca, encoraja o bebê a dormir. Isso ajuda o bebê a dormir nos seus primeiros 3 meses de vida”.

“Quando o seu bebê de 4 meses acorda no meio da noite e escuta o white noise, um som constante, ele pensa que está tudo bem e pode voltar a dormir. Se acordam em um quarto silencioso, eles gritam pelos pais, pois eles estiveram com ele antes de dormir”.

 

k2

 

Eventualmente elimine o som de fundo

A dúvida que fica é se o bebê deverá dormir com o white noise para sempre, e o Dr. Karp explica que depende muito dos pais. “Esta escolha é sua, pelo menos no primeiro ano de idade. Muitos pais ficam em dúvida se eles não ficam viciados em dormir com um som ambiente, e a resposta é: 1- eles já são viciados em sons quando nascem (por causa do barulho no útero), então ir de barulho 24h por dia para nenhum barulho é muito bruto”, fala.

“Número 2: você pode desabituá-lo. A vantagem do white noise – e de embrulhar o bebê, para constar – é que você pode eliminá-lo seguindo passos”, continua, afirmando que, se os pais querem que o bebê deixe de dormir com som ambiente, devem ir abaixando o volume a cada noite que passa, durante uma ou duas semanas, e eles se desacostumam.

 

k7

 

Acordar o bebê quando ele começar a dormir

Pode parecer muito errada ou contraditória a dica, mas Dr. Karp explica que isso é feito para criar um hábito. “Quando você tem um bebê pequeno, é ok niná-los até conseguirem dormir. No entanto, eles ficarão dependentes disso”, começa o pediatra.

“Você precisa alimentar o seu bebê, embrulhá-lo no cobertor, ligar o white noise e balançar o bebê até ele dormir. Então, você o coloca em seu berço (ou onde irá dormir) e os acorda – faça coceguinhas de leve em seus pés ou algo assim, acordando-os aos poucos.

Eles estão um pouco ‘bêbados’ por causa do leite e já estão com todos os itens anteriores preparados, voltarão a dormir em 5 ou 10 segundos. Nestes 10 segundos, eles estão aprendendo a voltar a dormir no meio da noite, sem a sua ajuda”.

 

k8

 

Treinando o seu bebê quando há um irmão mais velho no mesmo quarto

Muitos pais acabam parando o treinamento dos seu segundo ou terceiro filho quando há um irmão mais velho no quarto, mas o professor-assistente de pediatria explica que não há motivo para preocupação.

“Se você estiver usando a técnica de embrulhar e os white noises desde o nascimento do bebê, ele não fará muito barulho à noite. Se você tem um bebê de 5 meses que não dorme bem, use o white noise. Faça isso por 5 noites e veja se funciona. Em torno de 70% dos casos de problema para dormir são resolvidos com o white noise”.

 

k5

 

Cereais misturados com leite não ajudam o bebê a dormir mais

Ao contrário do que muitos acreditam, a combinação não faz parte das técnicas para uma boa noite de sono de um bebê. “Por que dar leite, que possui uma série de proteínas e gorduras, não ajuda o bebê a dormir, mas, se acrescentar uma ou duas colheres de chá de amido ajuda? Não é cimento de secagem rápida. Isso também passa por eles de forma muito rápida”.

 

k6

 

Não estruture o seu dia baseado na noite de sono do bebê

Nem todos os cochilos são iguais, mas não pense que uma soneca no andador ou no bebê conforto são necessariamente ruins, pode ser até que talvez sejam melhores! “Todos nós gostamos do ritmo do barulho do oceano, por exemplo, então, se você tirar um cochilo em uma sala totalmente silenciosa, sozinho, é como ‘perder o ritmo’ componente que nos permite dormir melhor”, explica Dr. Karp. “Muitos bebês dormirão melhor se estiverem em um bebê conforto, andador, ou qualquer lugar que não o seu berço. É contra-intuitivo”.

“Não é uma estruturação prática planejar todo o seu dia baseado nas sonecas da criança, mas você precisa lhes dar um ambiente propício para dormir”, pontua. “Algumas pessoas, que precisam estar fora durante o dia com o seu filho, usam o iPhone, algum aplicativo de white noise, ou algumas pessoas que eu conheço, por exemplo, que deixam uma escova de dentes elétrica no andador [ou onde a criança esteja]”.

 

k11

 

Quando uma criança mais velha tem problemas com sono

Com as crianças mais velhas, que já falam ou vão à pré-escola, a dica é um pouco diferente. Dr. Karp desenvolveu um programa chamado “Twinkle Interruptus” para ajudar os pais a treiná-los para dormir. Fechar a porta do quarto e deixá-los chorar não é a solução, ao contrário do que muita gente acha.

“Por 5 ou 6 dias, você pratica o Patience Stretching (é como levar a paciência de alguém ao limite) que ensina as crianças mais velha a serem mais pacientes. A técnica geral é quando, por exemplo, uma criança quer muito algo e você vai entregar isso para ela, mas finge que está distraído ou qualquer coisa do tipo, fazendo-a esperar um pouco mais. Qualquer criança espera 5 segundos”, conta.

“Uma vez que eles aprendem a esperar 5 segundos, você estende a esperar para 10, 20, 30 segundos. Pratique isso 5 vezes por dia com a criança”. O que você estará fazendo é ensinando uma parte do cérebro do pequeno ou da pequena a ser mais paciente.

“Na semana em que fizer isso, use o white noise toda noite, uma hora antes da criança ir dormir. Isto dá a sensação de que a hora de dormir está aproximando. Você também pode dar um urso de pelúcia ou um cobertor”, explicou Dr. Karp, sinalizando que assim o cérebro da criança associará o momento ao que precisará fazer daqui a algum tempo.

Quando a criança te chamar às 3h da manhã, você vai com ela até o quarto dela, onde já terá o white noise e o urso de pelúcia. Cante alguma canção, comece a contar alguma história, enfim, faça algo da rotina de antes dormir do pequeno. “Depois de uns 15, 20 segundos, diga ‘espere um minuto, preciso ver o seu pai lá no quarto’ e saia do quarto por cerca de 10 segundos.

Eles a deixarão fazer isso, porque você já esteve praticando a paciência deles durante a semana. Então você volta e começa o que estava fazendo antes, como contar uma história, de novo. Mais uma vez, você sai por 10 segundos depois de algum tempinho. Depois, sai por 20 segundos. E, talvez, da próxima vez, você possa começar a sair por 20 segundos a 1 minuto”, detalha o seu programa “Twinkle Interruptus”.

“Geralmente, depois de umas 3 noites fazendo isso, as crianças acabam caindo no sono lhe esperando, antes mesmo de você voltar ao quarto. E isso é o final do plano”, completa.

 

k10

 

Quando todo o resto falha

De acordo com o Dr. Karp, entre 5% e 10% dos bebês não respondem ao white noise ou ao fato de serem enroladas em um cobertor, eles continuam acordando a cada 2 ou 3 horas. Nestes casos, o pediatra brinca: “eles precisam dormir em um balanço totalmente reclinado e se movendo com rapidez”.

 

baby

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário:10 dicas do Dr. Karp para fazer o bebê dormir a noite inteira
  1. VERA LUCIA DE SOUZA SANTOS

    SOU AVO DE PRIMEIRA VIAJEM, ESTOU APAIXONADA COM O MUNDO DO BEBÊ.MINHA AMANDINHA E O MEU MUNDO.

X Leia também:

Dicas para quem vai se mudar de cidade com os pequenos - por Carolina Galvão

24/02/18Ver a matéria   >>