O que fazer no Rio de Janeiro durante o fim de semana – por Rio Kids

Diversão - Programação - Programação Rio de Janeiro22/09/17 By: Ana Lú Gerodetti
(0) Comentários

Olá, meninas!

Tudo bem com vocês?

Todo mundo fica feliz quando chega o fim de semana, mas sempre dá aquela dúvida do que fazer durante esses dois dias de folga.

Para ajudá-las na escolha, o Rio Kids nos enviou uma programação recheada de passeios legais.

Confiram!

________________________________________________________________________________

 

“Bombas de semente” e horta no Shopping Leblon 

O Shopping Leblon encerra sua programação voltada para a primavera com a realização de duas oficinas para crianças no domingo, dia  24 de setembro. A agenda infantil começa às 16h com uma oficina de “bombas de semente” — mistura com terra, argila, adubo e papelão — organizada pelo coletivo Organicidade. Na sequência, às 18h, quem assume é o Instituto Moleque Mateiro, com um workshop sobre hortas.

 

Os responsáveis poderão aproveitar o passeio para espiarem as novidades do mercado de flores, ambiente que reúne as marcas Balaio de Flores, Atelier Clementtina, Flávia Carrano, Orgânicos da Fátima e Wabi-Sabi.

O que fazer no Rio de Janeiro durante o fim de semana - por Rio Kids

 

Roda Gigante Brasil, uma das maiores da América Latina, chega ao BarraShopping

O BarraShopping recebe, de 21 de setembro a 20 de novembro, a Roda Gigante Brasil, uma das maiores atrações itinerantes do gênero da América Latina.  Durante esse período, será possível ver a Barra da Tijuca por diversos ângulos, já que o brinquedo leva os visitantes a um divertido passeio que, no seu ponto mais alto, atinge 30 metros do chão – o equivalente a um prédio de dez andares.

 

Com painéis em LED de 4 metros de largura, que proporciona iluminação e efeitos especiais, a roda gigante possui 20 cabines fechadas com capacidade para seis pessoas cada. Uma delas é adaptada para cadeirantes.

 

Um dos destaques é a Gôndola VIP, uma cabine especial com assentos revestidos em couro ecológico, tapete, cortinas e mesa, na qual é servido espumante com castanhas. A entrada é com hora marcada e os participantes têm direito a 20 voltas. Os agendamentos podem ser feitos na bilheteria do evento ou pelo telefone (48) 99999-6152 (WhatsApp). A Gôndola VIP é uma exclusividade à parte, com capacidade para até seis ocupantes.

 

Festa de inauguração

No próximo sábado (23), das 10h30 às 12h30, o BarraShopping promoverá um evento de inauguração da Roda Gigante. Aberta ao público, a festa contará com a participação de malabaristas, artistas circenses e mais atividades destinadas a toda a família. Os ingressos poderão ser adquiridos na hora e no local.

 

 

Roda-gigante Brasil no BarraShopping

21 de setembro a 20 de novembro

Endereço: Av. das Américas, 4666 – Barra da Tijuca Local: Estacionamento do nível Lagoa próximo à portaria K

Horário de funcionamento:  Segunda a Sábado: 11h às 22h Domingos e Feriados: 13h às 22h.

 

Barulhinho, barulhão

Grupo Tiquequê apresenta novo espetáculo, o show “Barulhinho, barulhão”, com músicas inéditas e coreografias com objetos inusitados e percussão corporal.

Uma tela branca, formada por tiras de tecido, onde se projeta um vídeo que mostra Bel, Diana e Wem, do grupo Tiquequê, vindo correndo lá de longe em direção ao público. Em dado momento, como se fosse mágica, os artistas saltam do vídeo e aparecem realmente no palco.

 

Assim inicia o novo show do Tiquequê, que marca a maturidade artística construída pelo grupo ao longo de 16 anos de carreira.

A mágica, aliás, é um elemento que percorre o espetáculo. Mas não aquela dos truques de ilusionismo circense. Trata-se, na verdade, do efeito mágico da transformação de elementos muito simples em efeitos estéticos incríveis, através de movimentos milimetricamente pensados e ensaiados, que se combinam em coreografias sincronizadas e cheias de detalhes, que já são marcas do Tiquequê. Às vezes o movimento é resultado da percussão corporal; em outras, de coreografias mais dançadas.

 

Há momentos que a expressão se concentra no rosto e no canto, para que a letra da canção fique em primeiro plano. Isso porque, justamente, as composições merecem destaque: tratam-se de canções que comunicam diretamente com as crianças, ao abordar temas singelos do dia-a-dia, como o momento de comer, de mamar, de se vestir, a relação com os pais, as brincadeiras, as criações infantis. O resultado é um olhar original para os diversos assuntos que circulam na vida da criança, sem cair em estereótipos ou moralismos. Isso não significa abordá- los de forma simplista; pelo contrário, a proposta do Tiquequê é apresentar para o público infantil músicas com grande qualidade poética, que não subestimam a inteligência das crianças. É também por esse motivo que o trabalho do grupo encanta não só os pequenos, mas também seus pais e avós.

 

No show, o trio do Tiquequê é acompanhado por dois músicos convidados, que complementam os arranjos com violão, baixo, guitarra e bateria. O cenário é a base para as projeções, que dialogam com os movimentos do grupo. Os figurinos trazem um visual bastante inovador e moderno, diferente do que costumeiramente se considera infantil.

 

O repertório é formado por composições inéditas e algumas já bastante conhecidas, como Trava-Língua, Quero Começar, Nasceu Mamãe e Dente Mole. Juntam-se a essas, releituras de músicas e brincadeiras do cancioneiro infantil (Adoletá, Caranguejo não é peixe e Pirulito que bate bate).

 

O Espetáculo acontece no Oi casa Grande, dia 24 de setembro, às 17h.

 

O Leão e a Bailarina

Há tempos o circo encanta a todos com a sua magia lúdica. Uma história que estamos acostumados a ver de forma única e tradicional. Com cenários e figurinos livremente inspirados nos anos 20, o querido personagem engraçado, Palhaço Fuinha, irá narrar para o garoto (e toda a plateia), a bela história que viveu no circo. E tudo começa assim… Ao chegar no circo, Esthefany, a nova bailarina encanta a todos com sua beleza, simplicidade e talento.

 

Principalmente Leônidas, o Leão e maior atração do “Nosso Circo”. Ao perceber isso, o cruel e malvado Domador Hans resolve usar o Leão em seu terrível plano de vingança para acabar com o circo. Um conto original, atemporal, embalados com seis músicas autorais, dez personagens e muitos elementos circenses. E deixa a mensagem que sonhar vale a pena! Que assim, como o Circo, as histórias são como sonhos, que contados de um em um nunca morrem.

 

Em cartaz no Teatro Riachuelo, Centro, sábados e domingos, às 11h.

 

Temporada: Até 08 de outubro

 

Bituca

Criado com o objetivo de homenagear e preservar a memória de grandes nomes da música popular brasileira, o premiado projeto ‘Grandes Músicos para Pequenos’, idealizado pela Entre Entretenimento, o espetáculo “Bituca – Milton Nascimento para Crianças” é inspirado na vida e na obra de Milton Nascimento. O musical infantil expõe em cena a ternura e os desafios inerentes ao processo de adoção e as dificuldades de inserção de uma criança negra em um ambiente majoritariamente branco.

 

O espetáculo conta a história do pequeno Milton que, ao ficar órfão aos 2 anos de idade, é adotado pelos patrões de sua avó. Chegando a Minas Gerais, o menino precisa lidar com o preconceito da sociedade por seu negro e ter pais brancos.

 

Em cartaz no Anfiteatro do Morro da Urca, domingos, às 11h.

Temporada: Até 12 de outubro.

Acesso pelo bondinho.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Leia também: