As 10 coisas que devemos saber sobre os primeiros 10 dias dos recém-nascidos!

De Mãe para Mãe16/09/13 By: Renata Pires
(40) Comentários

 

Oi, meninas!

 

No post de hoje, vou falar algumas coisas que uma mamãe de primeira viagem deve saber sobre os primeiros dias do bebê!

 

 

cute-baby-22

 

 

“Nasce um bebê, nasce uma mãe”… Essa frase clichê é totalmente verdadeira! Por mais que os outros deem conselhos, sugestões e opiniões, na hora do “vamos ver” tudo sai completamente diferente!! Afinal, cada bebê é um e cada mãe reage e se adapta de formas diferentes!

 

 

recem-nascido-18-cuidados-essenciais-16

 

 

Eu não tive esses “10 primeiros dias” de recém-nascido em casa, já que meus filhos nasceram prematuros e ficaram no hospital por um tempo. Mas, eu tive exatamente essa sensação quando eles tiveram alta e foram para casa! Era como se tivessem acabado de nascer! Lidar com a situação de ter dois bebês em casa era uma novidade para mim e para meu marido. E, como eram gêmeos, pude perceber o quanto um bebê é realmente diferente do outro!

 

 

galeria-de-fotos-5o

 

 

Para tentar ajudar as novas mamães a relaxar, escrevi algumas coisas sobres os primeiros dias da chegada do bebê em casa!

 

 

1) Eles vão chorar!

Gente, isso é um fato! Os bebês acabaram de sair de dentro da barriga! Eles estão se adaptando ao mundo aqui fora! Não se assustem ou pensem que há alguma coisa de errado se o bebê chorar (claro que temos que ter bom senso, se o bebê chorar exageradamente e nada o fizer parar, ligar para o pediatra é a melhor solução). Estudos dizem que bebês completamente saudáveis são capazes de chorar entre uma e três horas por dia no total, sem que haja nada de anormal! Como não podem fazer nada sozinhos, os bebês precisam dos outros para conseguir a comida, o calor e o conforto de que precisam.

 

 

2) Os recém-nascidos podem perder peso!

Não se desesperem se o bebê tiver perdido peso na primeira consulta ao pediatra. Por mais que se fale muito da quantidade de peso que um bebê pode ganhar, muitos bebês também podem perder de 3 a 10% do seu peso nos primeiros dias após o parto. O médico que o acompanhará deve estar atento nas próximas 2 a 3 semanas para ver se o recém-nascido volta a recuperar esse peso. Às vezes, o leite da recém-mamãe ainda não desceu por completo ou o bebê não está sugando com força o suficiente… Cada caso é um caso!

 

 

3) Amamentar requer paciência…

Os primeiros dias de amamentação podem ser difíceis, porque o que a mãe produz nos primeiros dias é o colostro, e pode demorar entre 3 a 4 dias (ou mais), para o leite começar a ser o alimento do bebê. Para algumas mulheres, o colostro pode ser espesso e amarelado; para outras, fino e aguado. O colostro contém muitas propriedades protetoras, incluindo substâncias antibacterianas e substâncias que aumentam o sistema imunitário do bebê, e que não se encontram nas fórmulas. A descida do colostro é muito lenta, o que permite ao bebê aprender a coordenar a sucção, a respiração e o engolir. Não desistam! O bebê precisa muito do leite materno!

 

 

4) Existem diversas formas de colocar um bebê para arrotar!

Os bebês necessitam arrotar após as mamadas, pois quando mamam ingerem ar, deixando seu estômago desconfortável. O arroto alivia a dor e deixa o bebê mais bem disposto! Muitas vezes, ficamos quase uma hora esperando ele arrotar e… Nada! Daí, já não sabemos mais se ele arrotou e não percebemos (#quemnunca? Rsrs…). Enfim, cada mãe tem uma posição favorita para colocar seu filhote para arrotar  (os bebês são únicos: cada um dos meus gêmeos tinham uma posição favorita). Lembro que quando estavam demorando muito para arrotar, eu os deitava durante dois segundos e levantava-os novamente. Era tiro e queda, na hora arrotavam!

 

 

5) Os papos sobre os “cocôs” serão os mais falados!

Impressionante como esse assunto vira superimportante!! Eu me lembro que cheguei ao ponto de tirar uma foto do cocô de um dos gêmeos e enviar para minha pediatra, para saber se era normal! Rsrs! A verdade é que os primeiros dias são sempre muito cheios de conversas sobre os “cocôs” dos bebês. De que cor é, qual a consistência, quantas vezes ao dia deve ser… Vale lembrar que o primeiro cocô eliminado pelo recém-nascido tem o nome de mecônio, e sua eliminação é creditada ao estímulo provocado pela ingestão do colostro produzido pela mãe.

 

 

6) As cólicas podem (ou não) existir.

Não é uma regra os bebês recém-nascidos terem cólica. Minha filha, por exemplo, não teve praticamente nada, mas já meu filho teve bastante! A cólica é um fantasma que habita o inconsciente coletivo das mães, já que ela realmente pode tornar a vida dos pais um tanto angustiante nas primeiras semanas de vida da criança. Mas não percam as estribeiras! As cólicas são normais. Fazem parte do amadurecimento natural do sistema digestivo do pequeno. E não adianta medicar ou dar produtos naturais. Isso pode ser até perigoso, causando intoxicações. O melhor remédio é o leite materno. Aquecer a barriga, aconchegar o bebê e deixá-lo na posição fetal também são medidas que ajudam a contornar a situação. Agora, é preciso saber se a cólica é mesmo o motivo da choradeira. A confusão é bastante comum. Choro de cólica é aquele mais intenso, que começa e termina de forma repentina e a barriga do recém-nascido fica bem durinha! E não se desesperem, elas passam!

 

 

7) Eles não quebram! Mas precisam ser carregados com um certo cuidado!

É normal: carregar um recém-nascido dá aflição. Até mesmo para a mãe. Afinal, segurar no colo alguém tão pequenino e flexível requer bastante cuidado – mas nada que vocêm não tirem de letra nos primeiros dias. Como a musculatura do pescoço é pouco desenvolvida, é preciso apoiar bem a cabeça e as costas do bebê. A melhor maneira de fazer isso é encaixar a cabeça na dobra do cotovelo e as costas no antebraço. Importante: nunca façam movimentos bruscos e prestem atenção para não pressionar demais, ou bater, a parte superior da cabeça da criança, também chamada moleira, já que os ossos do crânio ainda não estão totalmente formados.

 

 

8) Às vezes, os maridos precisam de um tempo maior para entrar no novo ritmo!

Nós, mulheres, já nos sentimos mães desde o “positivo” do teste de gravidez. Já os homens, só realizam de fato que são pais quando aquele serzinho nasce! Portanto, não podemos exigir dos maridos uma adaptação tão rápida quanto a nossa. Ajudem o novo papai a se envolver na rotina do recém-nascido, isso fará com que ele se sinta um pai cada vez mais confiante!

 

 

9) Durmam sempre que conseguir!

Desde que estamos grávidas, já não conseguimos dormir confortavelmente. O peso da barriga, azia, má posição… Tudo isso influencia o nosso sono. E, após o nascimento do bebê, essas horas de sono viram um verdadeiro luxo! Mesmo com os bebês mais dorminhocos, temos que acordar, pelo menos, de três em três horas (em alguns casos, de quatro em quatro), para amamentá-los ou trocar suas fraldas. Fora que, muitas vezes, os bebês choram e temos que ampará-los! Portanto, tentem fazer com que o seus horários de sono sejam os mesmos que os deles! Assim, vocês não ficarão tão cansadas e conseguirão cuidar do mais novo membro da família com muito mais paciência e disposição!

 

 

10) Bem-vindas ao mundo das mães! A melhor coisa do mundo!

Seu bebê está em casa! Depois de nove meses em sua barriga, ele está em seus braços. O amor incondicional se materializou e, agora, vocês viverão e respirarão pelo seus filhos. Tudo o que vocês mais gostarão de fazer é olhar para seu pequeno recém-chegado, mesmo que exaustas, com um sorriso emocionado no rosto!

 

Ser mãe é definitivamente a melhor coisa do mundo. Ser mãe nos torna pessoas melhores e muito mais fortes. Ser mãe é ficar noites sem dormir, é sofrer com as cólicas do bebê e se angustiar com os choros inexplicáveis: será dor de ouvido, fralda molhada, fome, desejo de colo? Ser mãe é ter instintos e uma vontade absurda de acertar! É desejar que um ser tão pequenino seja a pessoa mais feliz do mundo, assim como você é, quando ele mama ou dorme em seus braços! E lembrem-se: a parte difícil existe, porque o novo nos assusta, mas nada, nunca, vai ser maior do que o amor de uma mãe por um filho!

 

 

Newborn_baby

 

Fontes: Bebê Abril / De mãe para mãe / Uol Mulher

 

 

40 Comentários:As 10 coisas que devemos saber sobre os primeiros 10 dias dos recém-nascidos!
  1. Laura

    Esse post foi feito pra mim! estou entrando na 40 semana e estou ansiosa e apavorada ao mesmo tempo! Obrigada pela ajuda, agora nao vejo a hora dela nascer! beijosssss

    • Renata

      Oi Laura! Que delícia! Parabéns pela filhota! Tenho certeza que vc vai tirar de letra!!!! Mil Bjss e muito obrigada!

  2. Duda

    Rê, me emocionei ao ler o numero 10! Ser mãe é tudo ssio mesmo. Parabéns mais uma vez pela sua sensibilidade, as mães agradecem

    • Renata

      Oi Duda! Muito obrigada!! Adorei suas palavras!! Mas ser mãe é demais né? Mil Bjss querida

  3. Mariana

    Ai que LINDO! Quem chorou com o item 10 levanta a mão! \o/

    ” Seu bebê está em casa! Depois de nove meses em sua barriga, ele está em seus braços. O amor incondicional se materializou e agora, vocês viverão e respirarão pelo seus filhos. ”

    A única certeza que nós gestantes temos é que tudo valerá a pena!

    • Renata

      Oi Mari!! Ahahah!! Fiquei muito feliz que gostou! Te digo com certeza: absolutamente TUDO valerá a pena! Vc amará seu filhote como nunca achou que pudesse amar alguém! Parabénss! Mil bjss e muito obrigada!

  4. Manuela

    Post Perfeito!! Exatamente tudo que estou sentindo , mas agora minha bebê já esta com 41 dias e eu mais tranqüila c alguns aspectos…

    • Renata

      Oi Manuela! Que bom que gostou! Muito obrigada e parabéns pela filhota!! No primeiro mês temos mais insegurança, mas nos outros, tiramos de letra! Mil Bjss

  5. Manuela

    Post Perfeito!! Exatamente tudo que estou sentindo , mas agora minha bebê já esta com 41 dias e eu mais tranqüila c alguns aspectos…

  6. Lara

    Estava lendo e pensando que é tudo verdade, aí chego no número 10 e fico com os olhos cheios de lágrimas… É verdade, ser mãe é a melhor coisa do mundo!! Adorei o texto!!

    • Renata

      Oi Lara! Muito obrigada pelas palavras! Eu me emociono também, só de pensar nos meus filhos!! É MUITO amor, né? Mil Bjss

  7. Jaqueline Bezerra S. Patriota

    Adorei!! Obrigada pelas dicas!

    • Renata

      Oi Jaqueline!! Que bom que gostou! Obrigada à você, por fazer parte do blog junto com a gente! Mil Bjss

  8. Carolina

    Que coisa linda!!! Estou no segundo trimestre e sou mãe de primeira viagem, cada dia é algo novo que escuto, e os ‘conselhos’ então??? rsrsrs Fico doida! Acho que a melhor coisa que já me falaram foi: Fique surda! Quando nascer, seu instinto nascerá junto! E lá no fundo, sinto que é isso. Vamos ver né?

    Me emocionei com o final…

    Parabéns pelo texto!!!

    • Renata

      Oi Carolina! Que bom que gostou! Parabeens pela gravidez! Que delícia!! É isso mesmo que você falou, você, melhor do que ninguém, saberá o que fazer! E, se quiser ouvir opiniões, vc pede pra quem confia (pediatra, sua mãe…), né? Rsrs! Mil bjss e muito obrigada!!

  9. Juliana

    Que post lindo e bem útil Rê!!! Ser mãe é uma dadiva mesmo, realmente só sendo mãe pra entender o que é o amor, até onde podemos ir, nossas forças, nosso lado leoa. É td de bom, mto aprendizado, mta coisa boa! E claro Rê também ja tirei foto do coco pra levar ao pediatra kkkkkk. E pra calar a verdade eu nao lembro mais do choro do Rodrigo qdo bebezinho (q amanha faz 10m), mas seria bom ou ruim heheheh

    • Renata

      Obrigada Ju!! Fic muito feliz em ter agradado!! Ahahahah A foto do cocô é básicaaa! Mas, ser mãe é tudo pra mim! Amo muito ter meus geminhos!!! <3 <3!! Que delícia 10 meses já?? Passou rápido Ju!! Mil Bjss para os dois!!!

  10. Titi

    Estou na 6 semana e apavorada rsrs… Com medo de um monte de coisas… O ponto que mais me chamou a atenção é que eles não quebram! Tenho pavor de segurar um recém nascido no colo!

    • Renata

      Oi Titi!! Não fica!!!!!!!! O medo surge, mas as soluções surgem ainda mais rápido, quando nos tornamos mães!! Siga seu instinto, com certeza vc terá! E eles não quebram mesmo!!!! Vc vai carregá-lo como ninguém! Parabéns pela gravidez e aproveite muito, pq é uma fase mágica!!! Mil Bjss

  11. taynara

    nssa eu adorei muito,lindo o final eu estou esperando meu bebezinho,estou de um mês…..espero ele logo estou muito ansiosa com a chegada do meu filho. obrigadas pelas dicas eu gostei muito……..brigada pelas dicas…

    • Renata

      Oi Taynara! Muito obrigada! Parabéns pela gravidez!!! Vc aproveitar muito seu filhote!!

  12. flaviana ferreira gomes soares

    gostei de mais muito legal.

    • Renata

      Oi Flaviana! Que bom que gostou! Obrigada! Mil Bjss

  13. Larissa Damian Trevisan

    Ótimo post! Amei, já que estou de 22 semanas de gravidez de dois meninos lindos. Com certeza as informações vão ajudar muito, até porque às vezes eu fico me perguntando como farei tudo com gêmeos! Beijos!

  14. Luciana

    Maravilhosas as dicas, chorei do começo ao fim! Tenho certeza que todas as mamães vão se identificar! Embora, esteja no segundo filho, após 11 anos, fica praticamente impossível de lembrar de tudo. Texto muito bem elaborado.Amei!

  15. Marilene f.félix alvares

    Muito bom saber saber algo mais,e tirar minhas dúvidas!!

  16. Yara

    Nossa amei…sou mae de primeira viagem e tudo oque o Enzo faz miim deixa muito orgulhosa.achei muiito emocionante o 10 ser Mae e tudo de Bom, bjs,Renata e obg pela ajuda,agora e so alegria com um novo menbro da familia…muiito Amor com o nosso pekeno plincepi Enzo Miguel <3 <3

  17. Marisa Exposto

    Boa noite!
    Muito lindo isso…
    Meu bebê fará um mês dia 08/12, estamos enfrentando um corre corre… agora ele esta apresentando cólicas e uma dica importante sobre arrotar, adorei, nem pensei nisso, as colicas são porque as vezes ele não arrota… tenho que me virar pra achar o jeito certo, pois, até chorar junto com ele eu faço… quanto ao banho, ja estou craque…rsrs… muitos xixis e cocos fora de hora…e quando troco as fraldas e quando penso que não fará mais…ja suja logo na troca…enfim, é isso, obrigada pela dica e boa sorte para as futuras mamães.
    Beijo grande!
    Marisa Exposto

  18. Hannah

    Esse postar foi feito pra mim, sou mamãe de primeira viagem de gemeos que estão com 5 dias .
    Como cada um tem o seu horário muito difícil conciliar, mais ver o rostinho deles me olhando firme é muito gratificante.

  19. camilla

    Adorei o post. Minha princesa tem somente 10 dias de vida e tudo tem sido de uma intensidade !!!! Do amor…ao cansaço. É realmente muito importante descansar enquanto eles dormem ( independente do horário do dia), cuidar deles se sentindo o bagaço da laranja definitivamente não dá.
    Os hormonios estão a mil…então choramos mesmo !!! Com motivo ou sem motivo..nós choramos.

    Eu tento fazer a Bia arrotar e me sinto insegura porque o corpinho é muito molinho e ela detesta ficar naquela posição do arroto ( com a cabeça no ombro), muitas vezes fico passeando com ela pela casa para ver se sai alguma coisa…sem precisar incomodar tanto ela. Mas é mais dificil.
    Suér beijo

  20. Vivian

    Amei suas palavras, realmente é assim mesmo sem dormir é imensa o amor e a felicidade de ter um bebê em nossos braços !!! Lindo post

  21. Andréia

    Obrigada!
    Isso me ajudou muito, vou ser mãe de gemeas e estou com oito meses.Tem coisas que me deixavam angustiada e muito preocupada, mas agora já estou calma para receber meus pequenos seres no seu novo lar.

  22. betijane

    Meu bebê passa cincos dias pra fazer Cocó gostaria de saber sim isso e normal

  23. valneide

    Tenho um filho de 15 anos e estou gravida de 24 semanas de uma menina, mas parece que é meu primeiro filho esse site é muito bom amei ler todas as dicas.

  24. cindi

    Eeee q legal. Muito obrigada por compartilhar. Estou apenas de 6 semanas, entao é aí q o novo assusta hehehe parabéns pelo texto lindo. Bjs

  25. Elis

    Amei as dicas….só mãe de 2 principes…e agora estou grávida de 32 semanas de uma princesa….e de fato seu post me orientou bastante entre a diferença de menino e menina….bjs

  26. josileine

    Amei tira muitas dúvidas.

  27. Apareccida

    Devemos estar atenta a qualqeuer movimento de choro ou de dor pois eles não sabem falar…

  28. Analice

    Muito obrigada! Esclareceu bastante. Meu bebê esta chegando e sua experiência já me ajudou.

  29. Alice oiveira

    Adorei ler muito bom

X Leia também: