Texto para grávidas: você sabe o que é gentlebirth? – por Marianna Muradas

De Mãe para Mãe - Dicas dos especialistas29/04/20 By: Ana Lú Gerodetti
(0) Comentários

Olá, meninas!

Tudo bem?

Por acaso vocês já ouviram falar no programa Gentlebirth? É um método que construção de resiliência emocional que ajuda as gravidinhas a terem um parto mais calmo e tranquilo, além dos dias que antecedem o nascimento do bebê (e sabemos que podem se tornar um caos!).

No post de hoje, a educadora Marianna Muradas, que é especialista no assunto, vai falar um pouco sobre esse programa e a saúde das grávidas.

Confiram!

________________________________________________________________________________

 

O principal objetivo do programa Gentlebirth é a construção da resiliência emocional e uma experiência de parto positiva para a mãe e o bebê.
A construção da resiliência não apenas para o parto, mas sim para que possamos lidar com qualquer adversidade no dia do nascimento e nas semanas intensas após a chegada do bebê.

Ser resiliente não significa ser imune ao sofrimento e adversidades e muito menos viver no mundo de Pollyana. Mas sim a nossa capacidade humana de lidar, superar, aprender ou mesmo ser transformada pelos inevitáveis desafios da vida.

A palavra resiliência, emprestada do termo da física, nos remete a ideia de flexibilidade, resistir a pressão e voltar a sua forma original. Aplicada a vida e a psicologia, ela é a nossa habilidade de crescer. Não necessariamente voltaremos a nossa forma original mas com certeza não ficaremos fragmentados, e sim mais inteiros.

Antigamente acreditava-se que era um fator genético, que algumas pessoas eram mais resilientes que outras.
Hoje a neurociência nos demonstra que a resiliência é algo bem mais além que um simples fator genético. Algo que é orientado por fatores psicossociais, neurológicos e principalmente algo que tem como ser praticado e desenvolvido.

O nosso foco altera a nossa fisiologia e todo nosso sistema endócrino. Pessoas resilientes possuem um controle mais efetivo, a nível neurológico, de hormônios como a adrenalina, a noradrenalina e o cortisol.
Diante de uma ameaça, estes três neurotransmissores surgem no cérebro, e quando o foco ameaçador desaparece, a pessoa mais resiliente fará com que esses três hormônios desapareçam imediatamente.
Em compensação, a personalidade menos resiliente continuará sentindo essa ameaça psicológica de forma persistente, porque ainda existirá um excesso de cortisol, adrenalina e noradrenalina em seu cérebro.

O cérebro das pessoas resilientes se caracteriza, também, por um uso muito equilibrado de dopamina. Este neurotransmissor, relacionado à recompensa e à gratificação, é muito útil para nos fazer enfrentar a adversidade.

A possibilidade de exercitar e ampliar essa qualidade foi um dos fatores que mais me encantou no GentleBirth – método de educação perinatal. O casamento da neurociência com a obstetrícia, de uma forma tão mais acessível, tem beneficiado tantas famílias ao redor do mundo. O Gentlebirth vai muito além de te preparar para o parto, pois ele proporciona ferramentas que te preparam para a vida e todos os seus processos e momentos.

Além de acolher todos os tipos de partos, independente da sua via, o mais importante é respeitara mulher e que ela e o seu bebê tenham tido uma experiência de parto positiva.

Os Workshops GentleBirth fornecem às gestantes e parceiros(as) técnicas de preparação mental fáceis de aprender, incluindo Mindfulness, Terapia Cognitivo-Comportamental, Psicologia do Esporte e Hipnose, juntamente com ferramentas, informações e técnicas para se preparar para o parto mais positivo possível.

O Workshop Gentlebirth também aborda:

• Fisiologia do processo normal de parto
• Medo x Relaxamento durante o parto – mantendo a adrenalina de lado
• Técnicas de Psicologia do Esporte para gravidez e parto
• A neurociência do GentleBirth – redirecione seu cérebro do medo à confiança
• Facilitando o perfeito equilíbrio de hormônios no trabalho de parto – parto sem distrações
• Técnicas de Respiração
• Medidas de conforto avançadas para o trabalho de parto e parto
• Parto ativo
• Práticas médicas baseadas em evidências

O aplicativo do GentleBirth também já está todo traduzido para o português com os áudios para que a prática dessas ferramentas continuem acessíveis para o casal em seus processos de pré concepção, gestação, parto e parentalidade.

________________________________________________________________________________

 

Marianna Muradas é Educadora Feldenkrais formada pelo Feldenkrais Institute of San Diego, Doula de parto com certificação desde 2014 pelo DONA International.
Ela também ensina “Pregnant Pauses® Movement for Moms” baseado no Método Feldenkrais. Possui certificação em “Rebozo Instructor for the Rebozo Connection” The Gena Kirby Method. Agora em 2017 concluiu a formação de Instrutora Gentlebirth®. Método de Educação Perinatal que fornece para mães e parceiros(as) técnicas de treinamento cerebral, incluindo Mindfulness, terapia comportamental cognitiva, psicologia esportiva e hipnose, juntamente com ferramentas, informações e técnicas para se preparar para o nascimento mais positivo possível. O propósito por meio do seu trabalho é promover suporte a indivíduos e famílias compartilhando com eles os vários benefícios da aplicação do método Feldenkrais® e a plenitude da sua existência pela experiência gentil e integral do nascimento.

X Leia também: