Devemos dar mesada para os nossos filhos?

De Mãe para Mãe - Dicas dos especialistas17/01/16 By: Orientace
(0) Comentários

 

Olá, meninas!

Tudo bem?

Ensinar aos nossos filhos como devemos lidar com dinheiro é muito importante. Desde pequenos eles podem entender o valor dele e, ao longo dos anos, aprender a melhor maneira de administrá-lo. Além disso, é muito importante que os papais e mamães saibam estabelecer certos limites para mostrar aos filhos que não podemos comprar absolutamente tudo o que queremos.

Uma maneira que os pais encontram de dar um pouco mais de independência aos pequenos é dando semanalmente ou mensalmente uma determinada quantia de dinheiro. Mas afinal, devemos dar mesada para os nossos filhos? Nossas colaboradoras da Orientace Pedagogia nos dão a resposta e explicam melhor como todo o sistema de mesada pode funcionar. Achei muito interessante!

Confiram!
_________________________________________________________________________________________________________

 

Devemos dar mesada para os nossos filhos? - por Orientace Pedagogia

 

“Mãe, compra para mim?”, “Pai, queria tanto esse brinquedo agora…” – como ensinar o valor das coisas aos nossos filhos?

A educação financeira deve fazer parte da vida das crianças desde cedo. Algumas questões podem e devem ser discutidas junto a elas:

– Por que se gosta e se quer “aquilo”?

– Será que é realmente preciso?

É importante estabelecer com a criança em que momentos ela ganhará presentes: datas especiais, como aniversário, Dia das Crianças etc. Também é importante explicar o que é barato e caro (lembre que cada família tem uma visão acerca deste conceito). Desde cedo estabeleça, muito mais do que o preço, o valor das coisas, ou seja, o que é bom e tolerável para a sua realidade. Crianças com esse conceito estabelecido tendem a ser mais racionais na hora gastar!

Por volta dos três anos, as crianças já entendem que o dinheiro serve para comprar as coisas. Desta forma, devemos mostrar como preservar notas (não podem ser rasgadas ou rasuradas), moedas, e que o cartão de crédito é uma forma de dinheiro.

Aos seis anos, você pode dar uma carteira ao seu filho e iniciar a mesada, ou melhor, a “semanada”, pois desta forma a criança conseguirá administrar melhor seu dinheiro. Porém, antes disso, vale uma conversa explicando como gastar e poupar, ou seja, há coisas que exigem um planejamento para serem compradas.

– Defina um dia da semana para que seja recebido o dinheiro.

– O valor é definido de acordo com a idade da criança. Nossa sugestão é de um real vezes a idade da criança.

O dinheiro do lanche escolar não deve estar incluído na mesada, porque corre-se o risco de a criança deixar de comer para não gastar a mesada.

Educando financeiramente seu filho, ele terá que fazer escolhas, conviver com limites e aprenderá a pesquisar preços, poupar e planejar, desenvolvendo posturas fundamentais para que no futuro tenha uma vida financeira mais consciente.

 

Texto produzido pelas pedagogas da Orientace Pedagogia.
www.orientacepedagogia.com.br

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Leia também: