Como descobrir um novo caminho profissional depois da maternidade? – por Claudia Reis

De Mãe para Mãe - Dicas dos especialistas12/03/19 By: Ana Lú Gerodetti
(0) Comentários

Olá, moms!
Tudo bem?

No post de hoje, temos um texto maravilhoso da Claudia Reis, que é coach de carreira, mentora de empreendedoras e mamãe da pequena Helena.

Depois de dar à luz, ela sentiu a necessidade de se inventar profissionalmente algumas vezes, o que fez (e deu super certo)! Portanto, Claudia resolveu ajudar outras mulheres que passam pela mesma situação e já conseguiu dar um help para muitas delas.

Adoramos o conteúdo que a coach nos trouxe e mostramos à leitoras do Just Real Moms, afinal, muitas de nós já passou por isso!

Boa leitura, meninas.

______________________________________________________________________________

 

Como descobrir um novo caminho profissional depois da maternidade? 

 

Como descobrir um novo caminho profissional depois da maternidade? - por Claudia Reis

 

Com a chegada da maternidade passamos por um turbilhão de sentimentos e por uma das maiores transformações das nossas vidas. Acontecem tantas e intensas mudanças que muitas vezes nem lembramos mais o que fazíamos antes de ter filho(s), não é verdade? A maternidade é também um momento excelente para fazermos uma revisão da nossa vida a fim de estabelecermos novos objetivos alinhados ao novo momento que estamos vivendo. A nossa vida dá um giro de 360 graus e nesse processo aprendemos o que é a doação. Doar 100% o corpo, a alma, o coração. Mas essa parte ainda não é a mais difícil. Muitas vezes, mais doloroso que doar-se é a tal da transformação que passamos. Porque muitas coisas mudam e começam a não nos caber mais: roupas, ideias, crenças… e por aí vai! Eu brinco que podemos dividir a vida em A.F. (antes de filhos) e D.F. (depois de filhos). E é por isso que precisamos nos redescobrir nesse caminho. E é nessa doação total que precisamos nos redescobrir! Ao mesmo tempo, tudo “junto e misturado”. É lutar por você enquanto se doa. É se redescobrir num caminho de incertezas.

E é por isso que você precisa parar um momento e revisar toda a sua vida e com a sua carreira não é diferente! Porque você estará abrindo mão de um tempo muito precioso com quem você mais ama para se dedicar a outra coisa. E se o seu trabalho não fizer mais sentido, essa jornada fica muito mais difícil e dolorosa.

E para falarmos sobre a busca por um equilíbrio entre a maturidade e a sua profissão, a primeira coisa que você precisa saber a respeito é que não existe padrão e nem receita. O que você precisa fazer é refletir e ter muita clareza sobre o que é ter esse equilíbrio para a sua vida, na sua realidade.

Qual é a SUA medida de maternidade e carreira? Quanto tempo por dia é o ideal para você se dedicar a ao seu(s) filho(s) e ao trabalho? A sua forma de trabalho hoje te incomoda em algum aspecto? Ou então não estar trabalhando te incomoda hoje? E veja bem, para decidir a sua medida não considere o que os outros dizem que é o ideal (sogra, mãe, marido, amigas…), essa resposta somente você tem. Para entender o melhor para você é preciso calar o mundo. Ouvir a mulher que está dentro de você. Tirar os papéis de mãe, esposa, filha, profissional… E ouvir quem ficou aí dentro!

Existem mulheres que preferem sair do trabalho e dedicar-se em tempo integral ao filho(s), outras continuam nas suas vidas profissionais que já tinham, outras decidem empreender… Enfim, qualquer que seja a sua realidade, saiba que tá tudo bem! A medida é SUA. E independente da sua resposta, se você ainda não vive a realidade ideal pra você hoje, eu quero que você saiba que é possível sim viver a vida que você escolheu mais equilibrada e feliz! E aqui eu vou dar algumas dicas de como descobrir-se uma profissional feliz e mais perto dos filhos!

Quando estamos em desequilíbrio, passamos a nos reconhecer na frase: “Preciso trabalhar como se não tivesse filho e preciso cuidar do meu filho como se não tivesse trabalho”, não é mesmo?

Mas você pode estar se perguntando: “Mas o que eu vou fazer então?”

Calma, a gente vai chegar lá… O primeiro passo você já deu reconhecendo a sua medida de maternidade e carreira. O segundo passo é entender se a partir daí a sua vida profissional está necessitando de uma mudança agora ou não. E caso a resposta seja sim, você precisa se preparar para isso. Você só não pode ficar com medo de mudar e continuar vivendo a vida profissional que você não quer pra você, desalinhada com a sua medida.

Sabe o que é muito comum encontrar no meu dia a dia? Mulheres e mães infelizes com as suas carreiras atuais com crenças que “é tarde demais, que já passou o tempo” ou então que “já tiveram a oportunidade de escolher lá atrás o que queriam fazer”. Se isso também é o que te impede de realizar uma mudança, o que você precisa ter em mente é que hoje você é mais nova do que será o resto da sua vida. E ainda, o que você viveu e as experiências que você teve, nada será apagado! É a sua história que te fez chegar até aqui e te fez a mulher que é hoje. Mas não é por isso que você precisa se manter nesse estado atual daqui pra frente, você pode sim escolher viver de algo que te faça feliz, viver do seu propósito, contribuindo mais para o mundo e ainda ser remunerada por isso! Não é maravilhoso?

E para começar a entender o que te fará feliz profissionalmente, precisamos identificar a sua verdadeira paixão e seus talentos. Então te convido a refletir sobre essas perguntas:

 

  1. Você AMA o que você faz (ou fazia)?
  2. Se não existisse dinheiro no mundo, você faria isso mesmo? Se não, o que você faria?
  3. Você tem um propósito maior no seu trabalho? Você acorda todas as manhãs para fazer O QUE na essência? Não é sobre tarefas e sim sobre o que isso traz no final das contas.
  4. O que você faz durante o seu dia que quando você vai dormir você pensa: “Hoje o dia valeu a pena por causa disso…” ?
  5. Quais dons você tem e gostaria de dividir com o mundo?
  6. No que você é boa? O que você faz que as pessoas te reconhecem como diferenciada? (Se não souber, pergunte para 5 pessoas próximas de você. Normalmente não reconhecemos os nossos talentos por tratar-se de aptidões naturais, ou seja, você faz algo muito bem mas é o jeito que você faz naturalmente, então outras pessoas mais próximas conseguem enxergar melhor o que você faz com mais facilidade do que os outros).

 

Quando você consegue descobrir os seus valores, seus talentos e transformar isso em algo remunerado dentro da sua medida, vivendo da sua missão, isso é o trabalho dos sonhos! Para isso você precisa desenvolver autoconhecimento, planejamento e entrar em ação. A sua paixão está dentro de você, ela não precisa ser descoberta mas somente recuperada!

Confie em você! No seu talento. Nesse exato momento existem muitas pessoas procurando por algo que você pode oferecer para elas! Pense em como ser remunerada pelo que você já faz muito bem. Quando você tem clareza do que veio contribuir para o mundo você voa muito longe e ninguém consegue te parar.

 

Você já parou para pensar que um dia todas nós vamos viver somente de histórias? Que histórias da sua vida você quer contar lá na frente para seu(s) filho(as) e neto(as)? Do que você quer que seu(s) filho(s) tenha(m) orgulho de você?

 

Pra que perder tempo e deixar para depois sua evolução se você pode mudar sua vida a partir de agora? Por que deixar para amanhã as realizações que você tanto deseja e pode ter já? Por que não acessar seu potencial infinito e ousar ir além? A vida é um sopro e, quando deixamos as oportunidades passarem, também perdemos boas chances de evoluir e de conquistar o próximo nível em nossa carreira e também na sua vida.

______________________________________________________________________________

 

Claudia Reis – Coach de Carreira, Mentora de Empreendedoras e Mãe da Helena.

Já ajudou centenas de mulheres a redescobrirem um caminho profissional depois da maternidade.

Criadora do Programa Mãe Sem Limite

@maesemlimite / [email protected]

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Leia também: