Shantala, um toque de amor – por Fernanda Massa

Dicas dos especialistas13/05/19 By: Renata Pires
(5) Comentários

 

Olá, meninas!

Vocês conhecem a Shantala? É uma massagem indiana milenar, sinônimo de transmissão de amor para o filho por meio de manipulações no seu corpinho. No post de hoje, a Fernanda Massa, que é fisioterapeuta, professora de Shantala e criadora do @bebeshantala, trouxe um post exclusivo para o blog, nos ensinando um pouco sobre essa atividade e também alguns movimentos.

Confiram!

 


 

O que é Shantala?

A Shantala é uma massagem milenar indiana que é passada de mãe para filho. Foi descoberta pelo médico francês Frederick Leboyer, quando o próprio caminhava pelas ruas de Calcutá, na Índia. Ele observou Shantala (uma jovem paralítica) massageando seu filho e ficou deslumbrado com a harmonia e o amor que ela passava para ele durante a massagem.

Ele pediu para fotografar a sequência da massagem e estudou seus benefícios, na qual deu o nome de massagem de Shantala.

A massagem consiste na transferência de amor da mãe para o filho, por meio de leves toques e pequenas manipulações do seu corpo.

Os beneficios da massagem:

– Melhora o vínculo entre mãe (cuidador) e o filho.
– Melhora o sono, por ter um efeito relaxante.
– Reforça o sistema imunológico, pois aumenta o fluxo sanguíneo e estimula o sistema linfático.
– Aumenta a capacidade respiratória, por meio da expansão da caixa toráxica.
– Alivia cólicas e prisão de ventre, acelerando o metabolismo da criança.
– Melhora a consciência corporal do bebê e, consequentemente, a parte motora.

Qual óleo utilizar?

Os óleos utilizados na massagem, são óleos vegetais. Eu, particularmente, gosto muito do óleo da Weleda de calêndula. Na Índia, era usado o óleo de coco no verão, e o de mostarda no inverno.

Banho

No final da massagem, dá-se um banho para o relaxamento, tirando assim todas as tensões que a massagem não conseguiu tirar. Esse banho pode ser na banheira ou no balde. Precisa ser um banho bem calmo e silencioso, apenas o olho no olho entre mãe e filho.

 

foto balde

 

Curiosidades e dúvidas sobre a Shantala

– A Shantala pode ser feita quando o bebe completar 1 mês de vida até quando a criança quiser.

– Recomenda-se fazer a massagem todos os dias, até 2 vezes por dia.

– Em bebês com refluxo, é bom sempre elevar a cabecinha. Podemos colocar uma almofada embaixo do joelho na posição tradicional, ou fazer a posição alternativa da Shantala (foto).

 

foto 1 - posicao refluxo    foto 1 posicao alternativa

 

– Existem bebês que não relaxam na Shantala? Sim, precisamos respeitar o tempo dele e ir apresentando aos poucos a massagem. Sem pressa.

– Não podemos fazer a massagem quando o bebê estiver com fome, sono, barriga cheia ou doente.

– A Shantala é muito importante para bebês que nasceram de cesária, principalmente a massagem no pé, para dar o “chão” (ground) que os bebês de parto normal já têm, por terem “lutado” para nascer.

– Em bebês que são muito dorminhocos durante o dia, é melhor fazer a massagem somente à noite para ajudar no ritual do sono.

– A Shantala é uma massagem preventiva. Precisamos descobrir os melhores horários para aplicá-la no bebê e não somente na hora em que ele estiver com cólica. Por exemplo: o bebê tem cólica sempre no final de tarde, então temos que fazer um pouco antes desse horário crítico, para quando chegar a hora da cólica ele estar relaxado e tranquilo ou até mesmo dormindo.

Três movimentos importantíssimos da Shantala:

1) Massagem da barriga (alivia a cólica): movimento com o antebraço

Segurar as perninhas do bebê para o alto, esticadas, e com o antebraço massagear a barriguinha dele, partindo da base das costelas em direção à virilha.

 

foto 3 - colica foto 4 colica foto2 ( colica)

 

2) Massagem no pé

Apoiar com as duas mãos o peito do pé, e deslizar com os polegares, alternando sobre toda a planta do pé.

 

foto 5 pezinho foto 6 pezinho foto 7 pezinho

 

3) Massagem nas costas (fortalece a musculatura das costas e da cervical do bebê): Movimento da “celulite”

Apoiar a mão direita no bumbum do neném, e com a mão esquerda (polegar aberto), deslizar do alto da nuca até o bumbum.

 

foto 8 - costas foto 9 costas foto 10 costas

 

Espero ter ajudado e inspirado as mamães para “shantalarem” muito seus bebês!

Um beijo,

Fê Massa

 


Fernanda Massa, mãe da Manuella, fisioterapeuta materno-infantil, professora de Shantala e criadora do @bebeshantala.
Aulas em grupo ou individuais de Shantala.
Email: [email protected]
Site: www.bebeshantala.com.br
Instagram: @bebeshantala

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 Comentários:Shantala, um toque de amor – por Fernanda Massa
  1. Avatar
    Ana Luisa

    QUE NENÉM MAIS LINDOOOO!!!!

    • Avatar
      Nair

      Adorei a matéria e o modelo . Parabéns !!!

  2. Avatar
    angela

    o Antonio é muito lindo, neto de amigos queridos, a Shantala o deixou mais sereno e mais belo ainda!

    • Avatar
      Cassia Peixoto Guidon

      Olha a pose!!! Ela está adorando!

  3. Avatar
    Cassia Peixoto Guidon

    Ops! Ele está adorando!

X Leia também: