Principais dúvidas sobre o Jumperoo!

Dicas08/12/13 By: Juliana Freire
(22) Comentários

 

Olá, meninas!

 

Hoje vou falar sobre um brinquedo que é um tremendo sucesso entre os bebês e as mamães: o Jumperoo!

 

 

 

 

Acho um brinquedo perfeito, pois além de entreter as crianças com seu colorido e bichinhos já instalados, também faz com que elas se exercitem bastante enquanto estão pulando! Mas, apesar de super divertido e as crianças amarem, sabemos que muitas mamães têm muitas dúvidas e medos, com o de forçar demais as perninhas delas ou de deixá-las cansadas demais…

 

Para tentar ajudar a responder as principais dúvidas dessas mamães, entrei em contato com a empresa Fischer Price (fabricante do Jumperoo) e eles foram super atenciosos e enviaram nossas dúvidas para a Teresa Ruas, especialista em desenvolvimento infantil e consultora da empresa.

 

 

 

 

Vejam o que ela disse:

 

Blog JRM: Qual idade é mais apropriada para começar a colocar o bebê no Jumperoo?  

Teresa Ruas: O Jumperoo deve ser usado no segundo semestre de vida do bebê ou quando ele já é capaz de sentar-se e sustentar-se sem a ajuda de um adulto.

 

Blog JRM: Podemos colocar as crianças que já aprenderam a andar no Jumperoo?

Teresa Ruas: Não é recomendado para crianças que já conseguem andar.

 

Blog JRM: É realmente necessário dar intervalos para a criança descansar enquanto estiver brincando no Jumperoo?

Teresa Ruas: No primeiro ano de vida, de uma forma geral, a criança não conseguirá ficar muito tempo quieta. Por isso, ela permanecerá apenas alguns minutos no brinquedo, se balançando, interagindo com a mãe. Mas logo ela se cansará, pois é típico da idade. Ela pode se aproveitar da diversão no brinquedo em diversos momentos do dia, mas o intervalo para o descanso para fazer/ver outra coisa é super importante!

 

Blog JRM: Existe algum tempo apropriado ou limite máximo para deixar a criança brincando diretamente no Jumperoo?

Teresa Ruas: Não gosto de receita pronta, pois cada criança é uma criança. Tem uma que ficará tranquilamente durante 30 minutos, outras apenas cinco minutos. Conforme falei, tudo realmente dependerá da criança, para isso a mãe deverá acompanhar seus limites.  

 

 


 

 

Espero que tenha ajudado as mamães que estão nessa fase!

Beijos!

 

 

22 Comentários:Principais dúvidas sobre o Jumperoo!
  1. Juliana Puglisi

    ADOREIIIIIIIII !!!!
    TKS MENINAS
    <3

    • Juliana

      Jurubeba! ESse post foi 100% dedicado a você! Depois nos diga se a fofa da Duda está curtindo o JUmperoo! Beijos

  2. Pri Farisco Rocha Leite

    Temos para vender na KIDS BOX. Se alguma JUST REAL MOTHER quiser comprar, SÓ HOJE, daremos 10% off. 🙂

    • Juliana

      OI Pri, que legal! Vou colocar essa informação no Facebook do blog para divulgar para as moms!
      Beijos e tks pelo desconto!

  3. Mariana

    Ai, gente, acho que sou meio do contra, mas eu acho esse brinquedo MUITO estranho. Vi para vender quando fui fazer o enxoval em Orlando e nem passou pela minha cabeca comprar. Nao sei se eh porque me lembra os antigos andadores, mas acho um trambolhao que pode facilmente ser substituido por 10 minutos de atividade intensa com a mamae.
    Veja, a consultora da FIsher Price ja respondeu que nao eh indicado para ccas que ja andam e as que nao andam costumam nao aguentar muito tempo no brinquedo… entao… soh se vc morar numa casa enorme pra investir nisso, nao acham?

    • Renata

      Oi Mari! Realmente eles lembram os antigos andadores! Duas amigas minhas me emprestaram o que os filhos nao usavam mais e vou te falar que os meus aproveitaram muito viu…nao sei se eu compraria se elas nao tivessem me emprestado, mas me ajudou muito ter, principalmente pq são gêmeos e na hora q eu precisava fazer alguma coisa com um, colocava o outro do meu lado dentro do Jumperoo! Mas realmente eles nao agüentavam muito tempo!!
      Mil bjs e obrigada! É ótimo ouvir outras opiniões!

      • Isabel

        Renata, minhas bebês tb são gemeas. Vc recomenda comprar só um ou dois? Obg

    • Vitória

      Oi Mariana,

      Sou fisioterapeuta e concordo plenamente com você!
      Nada como 20 minutinhos de atividade com as mamães, embora entenda perfeitamente um tempinho necessário para nós quando temos um bebê, mas para isso o ginasinho de atividades, os tapetes de atividades e a cadeira vibratória são fantásticos!

  4. Myriam

    Meu filho, hoje com 2 anos, adorava o jumperoo e eu tinha a preocupação de não deixá-lo ficar por mais de 20 ou 30min. Na verdade, acho que nem chegava a ficar mais do que 20min porque já queria outra distração! Valeu o investimento! É um ótimo entretenimento!!

    • Renata

      Myriam!! Meus filhos aproveitaram bastante o Jumperoo também!!! E não aguentavam por tanto tempo pq já ficavam a procura de novas distrações iguais ao seu pequeno!! Mil Bjs e obrigada!

  5. Bianca

    Usei o jumperoo nos meus dois filhos, acho o brinquedo mais sensacional que existe. Distrai e exercita ao mesmo tempo. O mais novo ficava uns 40 minturos e até cochilava nele. Indispensável…

    • Juliana

      OI Bianca,
      Eu também adoro esse brinquedo! Excelente para a fase que não sabemos muito como distrair os bebês! Adorei seu depoimento! Um beijão

  6. Anaia

    Mamães, nenhuma pretende vender o jumperoo que seus filhos não usam mais???

    • Gisele

      Eu tenho um e quero vender, igualzinho o modelo da última foto.

      • Roberta

        Gisele, vamos conversar? Estou procurando um para comprar.
        Pode me mandar e-mail? [email protected] ou me adicionar no facebook Roberta Pimentel Gonçalves
        Obrigada!!!!

      • Roberta

        Gisele, vamos conversar? Estou procurando um para comprar.
        Me adicione no facebook Roberta Pimentel Gonçalves ou mande-me e-mail [email protected]

        Obrigada!!!

      • Roberta

        Gisele, entre em contato comigo pelo whatsapp cel 47.99370394 ou facebook Roberta Pimentel Gonçalves, por favor. Tenho muito interesse!!!

        • Natalia

          Também tenho interesse na compra. Meu dele é (31)9307-0309

      • Flávia

        Boa tarde, tenho interesse em comprar…(11) 981705112.

  7. Beth

    Crianças são colocadas no jumperoo a partir de 4 meses de idade, nessa fase apresentam controle da cabeça e inicio do controle de tronco, mas ainda precisam passar por diversas fases como rolar, sentar, engatinhar para só então estar prontas para ficar na posição em pé e receber a descarga do peso nas pernas. Nessa idade a criança ainda não se apóia bem na planta dos pés, o que pode levar a uma sobrecarrega da musculatura das pernas, chegando até a lesões nas articulações. Sem contar no impacto que o sistema de molas pode causar nas pernas, levando até a remodelação óssea, que muitas vezes alterar a forma do andar.

    Devemos tomar cuidado com essas novas tecnologias para ajudar no desenvolvimento das crianças, que acaba muitas vezes por atrapalhar. A melhor forma de contribuir para o desenvolvimento das habilidades motoras de seu filho é colocá-lo no chão. Um cercadinho pode ajudar a protegê-lo, e não tenha pressa, cada criança tem o seu tempo para aprender a caminhar naturalmente, descalça, caindo sobre o bumbum e se levantando, o que contribuirá na conquista do equilíbrio, fator importante para ficar em pé corretamente e se movimentar com segurança.

  8. Beth

    Crianças são colocadas no jumperoo a partir de 4 meses de idade, nessa fase apresentam controle da cabeça e inicio do controle de tronco, mas ainda precisam passar por diversas fases como rolar, sentar, engatinhar para só então estar prontas para ficar na posição em pé e receber a descarga do peso nas pernas. Nessa idade a criança ainda não se apóia bem na planta dos pés, o que pode levar a uma sobrecarrega da musculatura das pernas, chegando até a lesões nas articulações. Sem contar no impacto que o sistema de molas pode causar nas pernas, levando até a remodelação óssea, que muitas vezes alterar a forma do andar.

  9. Beth

    Devemos tomar cuidado com essas novas tecnologias para ajudar no desenvolvimento das crianças, que acaba muitas vezes por atrapalhar. A melhor forma de contribuir para o desenvolvimento das habilidades motoras de seu filho é colocá-lo no chão. Um cercadinho pode ajudar a protegê-lo, e não tenha pressa, cada criança tem o seu tempo para aprender a caminhar naturalmente, descalça, caindo sobre o bumbum e se levantando, o que contribuirá na conquista do equilíbrio, fator importante para ficar em pé corretamente e se movimentar com segurança.

X Leia também: