O que esperar da fala da criança por faixa etária?

2 anos - 3 anos - 4 anos - Cuidados especiais - De Mãe para Mãe - Desenvolvimento - Fases24/09/18 By: Juliana Freire
(1) Comentários

 

Oi moms,

Tudo bem?

O post de hoje foi escrito exclusivamente para o Just Real Moms pelas nossas colunistas pedagogas do Orientace. O texto aborda um assunto interessante sobre o que devemos esperar das falas crianças por faixa etária.

Vale a pena a leitura.

 

Captura de Tela 2016-02-22 às 21.53.10

 

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

 

 

É por meio da interação com os adultos que a linguagem oral das crianças se desenvolve. Dessa forma, desde que o bebê está no útero, é importante conversarmos, cantarmos e contarmos histórias para ele.

Quando o bebê nasce, converse enquanto estiver trocando a fralda, dando de mamar ou dando banho, e dê um tempo para que ele responda com um sorriso ou olhando nos seus olhos.

O choro é a primeira forma de comunicação. Um choro mais agudo pode significar fome, enquanto choramingos curtos e repetidos podem demonstrar cansaço. Depois de algum tempo, o pai e a mãe aprendem a reconhecer os diferentes tipos de choro, para atender melhor às necessidades da criança.

Aos poucos, por volta dos dois meses, a criança emite gritos e vocalizações, sorri ao interagir com pessoas e começa a ficar atenta aos sons ao seu redor. Os gritos vão dando lugar aos balbucios, quando o bebê emprega diferentes entonações.

Seu bebê vai aprender aos poucos a usar palavras para descrever o que vê, ouve, sente e pensa na medida em que completa saltos de desenvolvimento mental, emocional e comportamental. Os pesquisadores agora sabem que, muito antes de um bebê murmurar sua primeira palavra, ele aprende as regras da linguagem e percebe como os adultos a usam para se comunicar.

Por volta dos 6 meses, ele começa a pronunciar vogais e consoantes sequenciais, ainda sem significado, o que resultará, mais tarde, na produções de sílabas e vogais associadas, tais como mama e papa.

Concomitantemente, a criança passa a desenvolver a partir dos 9 meses sinais de “não”, “tchau” e “beijo”.

Desta forma, a criança vai desenvolvendo sua linguagem e por volta dos 18 meses aos 2 anos ela apresenta um vocabulário com cerca de 50 palavras e é capaz de manter um pequeno diálogo. Tal repertório só vai aumentando conforme ela cresce, como também as palavras soltas vão dando lugar a pequenas frases.

Aos 3 anos, com vocabulário extenso, a criança sustenta frases mais longas, mantém diálogos e histórias mais detalhados. Ainda se pode esperar trocas e dificuldades na fala, mas a comunicação já deve ser de fácil compreensão.

Com 4 a 5 anos ela deverá ser capaz de pronunciar, adequadamente, todos os fonemas. As histórias são contadas com detalhes, com noção de tempo e espaço.

Ao conversar com seu filho procure sempre utilizar o vocabulário correto, sem inventar palavras ou simplificá-las. E lembre-se que ler é uma ótima forma de ajudar a desenvolver as habilidades de linguagem do seu filho.

Texto produzido pelas pedagogas da Orientace Pedagogia

www.orientacepedagogia.com.br

Captura de Tela 2014-07-17 às 23.43.36 

 

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário:O que esperar da fala da criança por faixa etária?
  1. Leticia

    Olá Renata!
    Tudo bem?
    A pergunta não tem a ver com o post, mas como só achei post sobre o tema feitos há muito tempo fiquei com medo de você não receber…
    Você sabe se a caixa do carrinho Quinny Mood + moises ultrapassa o limite permitido pelas companhias aéreas?
    Estou querendo comprar fora mas com esse dilema!
    Muito obrigada!

X Leia também: