Cólicas do bebê lactente: o que você precisa saber sobre elas?

Bebê - De Mãe para Mãe - Saúde da Criança21/02/17 By: Ana Lú Gerodetti
(1) Comentários

 

Olá, meninas!

Como vocês estão?

São muitas as mães que ficam preocupadas com as cólicas do bebê lactente, por isso já recebemos alguns e-mails nos perguntando sobre o assunto. Toda mãe sabe o quão desesperador é ver o pequeno chorando por causa dessas dores abdominais!

Para ajudá-las a tratar o problema com mais assertividade, trazemos neste post algumas dicas e curiosidades sobre as cólicas do bebê lactente. Confiram!

 


 

Cólicas do bebê lactente: o que você precisa saber sobre elas?

 

  • As cólicas são incômodos ou dores abdominais que fazem com o que o bebê saudável chore. Ainda não foi descoberto um motivo específico que cause a cólica, mas existem diversos fatores que podem influenciar seu aparecimento, como problemas digestivos, dieta materna durante a amamentação, o ambiente em que o pequeno está etc.
  •  

  • Geralmente, elas aparecem na 6ª semana de vida do bebê e vão ficando menos intensas aos 3 meses. É mais comum que as cólicas comecem no fim da tarde ou começo da noite – o que não impede que aconteçam em outros momentos do dia.
  •  

  • Para aliviar as dores abdominais do pequeno, você pode massagear levemente sua barriga, levá-lo a um ambiente calmo, não alimentá-lo toda vez que ele chorar (o processo digestivo dos lactentes leva mais ou menos 2 horas) e tentar ao máximo não transmitir ansiedade para ele, por isso é importante manter a calma quando as cólicas começarem.
  •  

  • Os sintomas começam e terminam abruptamente, tendendo a parar após a evacuação do bebê ou a passagem de gases.
  •  

  • Lembre-se de carregar o bebê em posição vertical por alguns minutos após a amamentação. Fazer isso ajuda o pequeno e expulsar os gases arrotando.
  •  

  • Bebês lactentes ainda não sabem que chorar é uma forma de fazer manha/chamar a atenção dos pais, por isso, quando choram é porque estão com fome ou sentindo dores e incômodos.
  •  

  • Não administre medicamentos para as cólicas sem a orientação de um pediatra.
  •  

  • Durante as cólicas, o bebê pode ficar com a pele avermelhada, se contorcer, mexer os braços e pernas com agitação, dobrar o joelho e arquear as costas. Quando isso acontecer, mantenha a calma, pois é o melhor jeito de ajudá-lo.
  •  

  • Se o bebê, ao chorar, estiver com o rosto muito pálido, ocorrer sudoração e rejeitar a amamentação algumas vezes, procure um serviço de emergência.
  •  

  • Não se esqueça que os seus sentimentos são transmitidos aos pequenos, então respire fundo e lide com a dor deles com a maior calma possível.
  •  

    Deixe seu comentário:

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    1 Comentário:Cólicas do bebê lactente: o que você precisa saber sobre elas?
    1. elisa

      perfeito blog

      http://aulasdefrancesemsp.com.br/

    X Leia também: