As 10 coisas que não se dizem a uma mãe que fica em casa!

De Mãe para Mãe18/02/13 By: Renata Pires
(187) Comentários

 

Oi, meninas!

 

No post de hoje, vou falar sobre algumas coisas que NÃO se deve dizer a uma mãe que fica em casa, ou seja, não “trabalha fora”!

 

 

mae1

 

 

Desde a notícia da minha gravidez, parei de trabalhar. Eu já sabia que eram gêmeos e que, teoricamente, teria que ficar mais quietinha e sem me estressar, por ser considerada uma gravidez de risco. Daí, nasceram meus pequenos e, desde então, 24 horas por dia fiquei (e fico) em torno deles! Isso quer dizer: quatro banhos por dia (dois em cada um), seis mamadeiras, quatro refeições, mínimo de dez trocas de fraldas e por aí vai… Fora as funções acumuladas de: animadora, motorista, enfermeira, educadora e tudo mais que a profissão “mãe” requer!!!

 

Sei que que tudo isso é um megatrabalho mas, mesmo assim, precisava fazer alguma coisa “efetiva”. Por conta disso, criei o blog junto com a Jú. Eu sempre gostei de ter um ofício, me ocupar com outras coisas, afinal, como diz o ditado: “cabeça vazia é a oficina do diabo”…

 

Maaaaas, as pessoas não consideram “mãe” uma profissão (deve ser porque não é um trabalho assalariado) e somos obrigadas a ouvir poucas e boas por “apenas cuidar” de nossos filhos, né?! Encontrei uma lista interessante de frases sem noção e complementei com outras. Tenho certeza que várias de vocês já ouviram pelo menos uma delas!!!!!!

 

 

mae5

 

 

1) “Oi amor! Nossa, tô cansado, trabalhei o dia inteiro! E você, fez alguma coisa hoje?”

Nada, marido! Não fiz absolutamente nada!!! Fiquei tranquila aqui, dando um relax! É como se eu tivesse passado o dia num spa!

 

2) “Mas você fica em casa com ele? Não trabalha não?”

Não! Fico o dia inteiro lixando a unha, vendo ele brincar, comer e se limpar sozinho.

 

3) ”Depois você não vai se sentir frustrada por não ter seguido uma carreira? O que você vai fazer quando eles crescerem?”

Vou continuar cuidando deles e do meu marido!!!!! Posso? Grata!

 

4) “E você não sente saudades de conversar com outros adultos?”

Ahahahahaha gente! Como assim??? Sinto muitas saudades, afinal meu círculo social se resumia apenas a meu ambiente de trabalho.

 

5) “Ah! Prefiro trabalhar! Melhor do que ter que pedir dinheiro pro marido até para comprar calcinha!”

Realmente essa parte é bem chata, aliás, a pior de todas!!!! Você quer fazer a unha e tem que pedir, ou dar satisfação para o marido… Acho que esta é uma frase que não deve mesmo ser dita para as mães que não trabalham fora, porque elas ficam sem reação e querem sempre se justificar (tipo eu!).

 

6) “Olha, é melhor você arrumar um emprego logo. A gente não sabe o dia de amanhã, e os homens mudam depois que os filhos nascem.”

??????????????

 

7) “Mas seu filho precisa conviver com outras pessoas, ele vai ficar muito apegado a você!”

Mas, se eu deixar meu filho num berçário e for trabalhar, vão virar pra mim e falar “tadiiiinho, você não tem dó????”.

 

8) “Você precisa deixar esse menino se machucar, bater a cabeça, ralar o joelho!”

Calma lá!!! Eu não trancafiei ele num calabouço, eu só não trabalho fora de casa!

 

9) “Tadinha, você deve ser muito sozinha, né?”

Quem me dera às vezes ficar um pouco sozinha!!! Além da companhia intensa dos meus filhos, quando eles estão dormindo, tenho meu marido, minhas amigas, minha família e mais várias pessoas para dar atenção e conversar… Realmente de solidão eu ainda não sofro!

 

10) “Mas se você fica o dia inteiro com ele, por que tem babá?”

Resposta 1: Porque enquanto ele dorme, às vezes, eu preciso sair e não gostaria de deixá-lo sozinho.

Resposta 2: Porque enquanto ele dorme, às vezes, posso sair para jantar com meu marido.

Resposta 3: Porque eu quero.

 

 

mae2

 

 

Fonte: Potencial Gestante

 

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

187 Comentários:As 10 coisas que não se dizem a uma mãe que fica em casa!
  1. Alessandra

    Se eu tivesse ganho r$ 1,00 pra cada vez que ouvi uma frase como essas aiaiai

    Amo seus posta Rê!!!!

    Bjs

    • Renata

      Ahahahahahah Idem Leca!!!!! Muito Obrigada querida!!! Mil Bjss

  2. Livia

    A-D-O-R-E-I!!! E olha….tem muita gente sem noção nesse mundo. Beijos Rê!!

    • Renata

      Oi Li!!!! Que bom que gostou!!!! Ahahahahah é a vida, sempre vamos escutar esse tipo de coisa, né?! Mil Bjsss

  3. Andrea

    Muito bom Rê!!! Suas respostas sempre divertidissimas.

    • Renata

      Deitaaaa Obrigada amiga!!!! Saudades mil!!! Bjsss

  4. Juliana

    Olá Renata, a minha filha tem 6 meses …eu não parei de trabalhar mas a minha situação que era para ser bem simples, pois minha mãe iria ficar com ela e eu só trabalharia por meio período, sofreu alterações … e eu estou sem saber o q fazer!! Na verdade, eu pararia sim, por uns 2 anos ….e quem sabe eu não faça isso…mas o que me chateia é que sempre escuto, inclusive da minha mãe: “mas vc estudou TANNNNNTO, mestrado, doutorado, sei lá quantos pós docs …. pra que?? Depois ela cresce e vc se arrepende…” Olha, q fase, viu ?? Bjos a todas

    • Michele

      Oi Juliana, eu tbm ouço isso, mas não vou jogar mnha carreira fora, só parar por uns 2 ou 3 anos tbm e depois volto, talvez não no mesmo cargo, nem no mesmo lugar, mas retomo e sigo em frente. Certa vez ouvi q qdo nasce um bebê nasce a culpa da mãe, culpa por para de trabalhar, culpa por voltar a trabalhar, culpa por abandonar q vida social nos primeiros meses, ou culpa por carregar o bb para tudo qto é lado, enfim…. Faça uma escolha, converse bem com seu marido para ele te apoiar no q vc decidir e siga em frente! Nunca saberemos se foi a escolha certa, mas certamente será com a melhor das intenções! Coragem e boa sorte! Bjo Michele

      • Juliana

        Ahhhhh Michele obrigada !!!! nessas horas só quem passa ou passou pela mesma situação para entender …. Bjos

        • Michele

          Ah e mais uma coisa minha mãe não aprova minha decisão, acha um absurdo eu q sempre fui tão independente (saí de casa com 18 anos e sempre me sustentei mesmo durante a faculdade) agora “depender de marido”, novamente: tomei uma dcisão e estou seguindo em frente, mas não é fácil, sentir a reprovação ao nosso redor de pessoas tão próximas q deveriam estar me apoiando! Mas só de pensar q minha filha está saudável, nunca teve nem uma febrinha, é segura e feliz, sorrident! me dá forças para seguir com essa escolha…bjos

          • Renata

            Oi meninas Ju e Mi, olha, realmente essa situação é bem complicada mas, na minha opinião, você não vai descartar todo seu estudo, mestrado e doutorado por passar um período cuidando dos filhos! O que impede vocês de votarem depois, né?? E vou dizer uma coisa para vocês, a culpa SEMPRE existirá! Vocês tem que seguir o que o coração mandar! Se o marido também concorda em você ficar um tempo cuidando dos pequenos, não tem problema nenhum, pelo contrário, acho um privilégio poder cuidar 100% dos meus filhos!!!!!! Continuem me contando as decisões, please!!!!! Mil Bjsss queridas!!

    • Tricia

      Tambem estudei e trabalhei muito até meus filhos nascerem. Tenho dois meninos, 8 e 3 anos. Sou mãe 24 horas por dia, 7 dias da semana. Não tenho baba, tenho uma ajudante com as coisas de casa, que sim fica com eles enquanto dormem e eu vou ao banco, super mercado, etc. Minha mãe mora longe, então só conto comigo mesma. Sabe o que não volta mais? A infância dos nossos filhos, a convivência com eles, o momento de ensinar ética e valores. Não troco minha profissão de MAE (que eh dificílima) por nada e dinheiro nenhum nesse mundo.
      Só mais uma coisa, o teu conhecimento, a tua sabedoria não vão desaparecer!
      Boa sorte e sorte do teu filho se voce decidir se dedicar a ele.

    • Fernanda

      Passo pela mesma coisa, mas pra mim não tem preço dar essa atenção pros meus filhos enquanto eles estão pequenos. Sempre trabalhei, minha carreira estava indo bem direitinho, sempre estudei, tenho duas faculdades e 3 especializações, porque eu gosto e porque eu queria garantir o meu futuro, mas casei, vieram meus filhos e tudo mudou! É um outro ponto de vista, carreira não é tudo e NADA me tira da cabeça a importância de ficar com as crianças nessa fase. AMO levá-los na escola, conversar com a professora, conhecer os amiguinhos e suas famílias, saber o que eles estão comendo (aqui nos EUA eu que faço todas as refeições – nem gosto muito, mas encaro como mais um gesto de amor por eles), fazer o dever de casa junto. AMO, acho que não tem dinheiro que pague esse tempo que eu tenho com os meus filhos. Mais tarde eu foco em um trabalho para mim de novo, sem stress agora!!! Bj

    • Dina Andrade

      Então Juliana, embora os filhos são pra sempre e o nosso cuidado com eles tb, o que temos que saber é que apenas os primeiros aninhos de vida é que são mais difíceis e tomam um tempo maior da gente. Nunca se importe de alguem dizer que você esta jogando sua carreira fora pois, depois você poderá retomá-la do mesmo jeito. Que bom que você ja tem sua graduação pois seria mais difícil e cansativo fazer agora. Tenho certeza que uma mãe nunca se arrepende de cuidar do seu pequeno mesmo quando tem que abrir mão de alguma coisa. Tenho uma filha de dois anos e tres meses e agora esta tudo diferente, procurei uma boa escolinha e deixo ela meio período para eu ir retomando meus projetos. Tudo no seu tempo você vai ver que aos poucos as coisas vão encaixando. Bjus

  5. Michele

    Oi meninas, passo muito por isso…. Meu marido já soltou a pérola: “mas Mi, vc fica o dia inteiro em casa, impossível q não dê tempo de ver isso” …. Ele ainda acha q eu assisto tv o dia todo!!!!! É mole? Eu saí do trabalho no final da minha gestação e hj minha bb com 7 meses ainda acorda no meio da madrugada para mamar e as 6am já está a mil querendo brincar …. E eu parecendo um zumbi de tanto sono…. Aí q entra a babá q entra as 7am e brinca com ela enquanto eu volto a dormir mais uma horinha….. Mas eu tbm ouço muito isso: “vc está em casa e preisa de babá? Minha mãe cuidou de três filhos sem babá….” e eu sempre respondo q sim pois eu tbm preciso almoçar, tomar banho, ir no supermercado, no banco, etc… A comparação com a sogra eu finjo não ter ouvido, minha mãe tbm cuidou de três filhas sem babá nem empregada e eu cresci largada na frente da tv, eu digo q a Xuxa me educou pois eu via mais a Xuxa do que minha mãe q trabalhava fora e ainda cuidava da casa, e eu sobrevivi muito bem obrigada, mas o q eu quero é q minha filha tenha uma mãe presente q eu não tive! Posso? Mas os olhares de reprovação à minha decisão são a grande maioria….

    • Renata

      Olha Mi, aqui em casa é igual!!! Eu sempre acabo não conseguindo, ou até esquecendo e ninguém entende! Parece que eu sou desleixada, que não tô nem aí!!! Essa da babá é muito chata!! Eu com gêmeos, então… fico louca de ouvir!!!! Mas o que importa é que estamos conseguindo fazer o que a maioria das pessoas gostaria, que é de cuidar 100% dos nossos filhos, certo??? Mil beijosss

  6. Fê Lima

    Ahhhhhh amei!!!As pessoas são mto sem noção mesmo!!!!Ouço toda hora pelo menos uma dessas frases!!!!!
    Bjão

    • Renata

      Oi Fê!!! Que bom que gostou!!!! Eu ouço direto tmb, até a pessoa passar 2horas comigo e com os gêmeos e daí percebem que não é tão fácil assim!!!! Ahahahaha!!!! Mil Bjsss

  7. Juliana

    Rê este post foi ótimo!!!! Já ouvi e ouço varias destas….sabe de uma coisa, a vida é minha, desde q eu e meu marido estivermos ok com a decisão pronto, ninguém tem nada com isso. Já sofri demais, agora nem tanto hehe.
    Amei as suas respostas….excelentes. Bjão

    • Renata

      Juuuu, fico feliz que tenha gostado!!!! Não estamos sozinhas nessa né? Ahahahah! Olha quantos comentários dizendo que ouvem direto essas coisas!!!! Mil Bjss querida!

  8. Camila

    AMEI!! vou impriir e andar com isso na bolsa, eu escuto cada asneira!! eu realmente abri mao da minha carreira, mas isso foi antes dos filhos, foi quando resolvi me casar e me mudar pra cidade do meu marido.. melhor decisao da minha vida! e depois entao vieram os gemeos… rezo por alguns minutos so pra mim, mas nao troco esse trabalho por nenhum outro!

    • Renata

      Oi Ia!!!! Que bom vc por aqui!!!!! Eu também não troco e vc sabe, que com gêmeos, não é nada fácil, mas é MUITO gratificante poder fazer parte de cada etapa da vida deles bem de pertinho né?! Mil Bjsss amei seu comentário!!!!

  9. Bianca

    Adorei! Eu nao trabalho fora por opção. Tenho dois filhos e posso ficar em casa, e escolhi isso. Não tô nem aí para o que dizem. Mesmo tendo babá e empregada o trabalho nao para, é tanto que eu me pergunto como as mulheres que trabalham fora e tem babá conseguem dar conta, porque aqui em casa a babá e eu nos ajudamos o tempo todo. Eu fico muito com as crianças para ela conseguir limpar quarto, lavar e passar roupa, etc. E sobre ter que pedir dinheiro para o marido, também nao me importo pois é uma parceria. Não trabalho fora, mas meu marido sabe que os filhos dele estão tendo o melhor cuidado possivel, e isso é um alivio. Ele só me questiona quando é um gasto maior, coisas do dia a dia nao preciso ficar me justificando. Senão realmente seria muito desagradável…
    Ninguem tem nada a ver com isso, se a mae quer trabalhar ou nao isso é uma decisão dela e do marido. Adoro curtir meus filhos e ter o privilégio de poder vê-los começar a andar, falar, e se desenvolver. Não tem preço!!!

    • Renata

      Oi Bianca!!! Fico muito feliz que tenha gostado!!!! Eu também pude fazer essa escolha e fico muito feliz por isso!!!!Eu simplesmente amei seu comentário, te achei super bem resolvida com tudo isso! E você tem toda razão quando fala na parceria do casamento, que o marido sabe os filhos estão tendo o melhor cuidado possível!!!!! Não tem preço poder participar de todas as etapas dos filhos bem de pertinho!!!!!! Eu AMO MUITO isso!!!!! Mil Bjss e muito obrigada pelas palavras!!!!

  10. Virgínia

    Post muito interessante.
    Eu queria poder dar uma pausa no trabalho até minha filha completar 03 anos. Mas infelizmente não posso. Já estou sofrendo muito, pois dia 04 do próximo mês volto a trabalhar, minha pequena estará com 07 meses, mas eu não estou sentindo a menor motivação para voltar ao batente, pelo contrário só penso em ficar com ela. Não sei como vai ser não tenho vontade de para o trabalho.

    • Juliana

      Vírginia, não se sinta sozinha……estamos quase na mesma situação !! Bjos

      • Renata

        Ju, com certeza tem MUITAS mães nessa situação!!!!! E também tenho certeza que vcs tirarão de letra!!!! Bjsss

    • Renata

      Oi Virgínia!!!!! Imagino o quanto deve ser difícil voltar ao batente com um bebezinho em casa! Até fizemos um post sobre isso, porque a Jú (que escreve aqui comigo), também passou por essa situação!!!! Dá uma olhadinha: https://justrealmoms.com.br/a-licenca-maternidade-acabou-e-agora/
      Fique firme, que com certeza você conseguirá administrar seu trabalho e ser mãe!!! Tenho certeza absoluta disso!!!!! Depois conte para nós como foi!!!! Mil Bjsss e boa sorte!!!

  11. Fernanda

    Tenho uma filha de 2 anos e outra de 5 meses, me sinto uma mosca branca por não trabalhar FORA. Optei por ficar em casa cuidando delas e tenho o maior apoio do meu marido para isso. Tenho baba de segunda à sexta mas posso dizer que trabalho muito mais do que ela, enquanto ela olha uma dou banho na outra, amamento, brinco, dou comida, meu dia passa voando pois não consigo parar um segundo. Ainda não consegui um tempinho para mim, para passear, fazer uma ginastica…as vezes me sinto ” envergonhada” qndo me perguntam sobre trabalho , mas sem duvida ,em casa, trabalho é o que não me falta!!

    • Renata

      Oi Fe!!! Sei bem como se sente, há um pré-conceito com pessoas que não trabalham “FORA”. Mas o trabalho de mãe é intenso e eu valorizo cada vez mais!!!! Eu sou igual a você, não paro um minuto e a babá é mais uma companhia para o outro enquanto estou fazendo as funções de um!! Não se sinta envergonhada jamais!!!! Se sinta privilegiada por poder participar do dia a dia e de cada etapa da vida das suas filhotas bem de pertinho!!! Mil Bjssss

    • Virgínia

      Oi Fernanda!
      Não se sinta uma mosca branca, muito menos envergonhada, até porque foi uma opção sua. Sempre sonhei muito ser mãe e me preparei bastante psicologicamente pra isso, exatamente por causa das pessoas. Costumo dizer que as pessoas são más com as grávidas e as mamães de primeira viagem, pois querem impor tudo que fizeram com seus filhos pra gente e não aceitam quando a gente contesta ou não faz. Então, eu escuto tudo o que o povo fala, só que só faço o que eu acho adequado para o meu caso e se alguém fala alguma, respondo que o que é bom para os outros pode não ser pra mim e todos tem o direito de escolher como agir com minha filha.
      E quando você achar que a hora de voltar ao trabalho chegou, você vai voltar. O tempo que a gente passa com nossos filhos, nesse mundo apressado de hoje, não tem preço. Beijo!

  12. Myriam

    Que bacana esse texto! Muito verdadeiro! Quando eu decidi parar a minha carreira em função do meu filho, fui extremamente criticada. Tanto que não aguentei a pressão e acabei voltando a trabalhar quando ele completou 17 meses, mas, hoje optei por trabalhar somente meio período e em outra área. É muito difícil ouvir as frases acima. Ouvi quase todas. As pessoas adoram julgar, não importa o que você faça. Se vc escolhe trabalhar o dia todo é péssima mãe. Se vc escolhe ficar com os filhos, não faz “nada”…dificil agradar!!!

    • Renata

      Oi Myriam!!! Que bom que gostou!!!! Vocie disse tudo!!! É difícil agradar!!! Mas temos que nos preocupar em agradar a nós mesmas, nossos filhos e nosso marido!!! Isso realmente é o que importa, né?! Mil Bjsss

  13. Mariana

    Rê, parabéns pelo seu texto, AMEI!!

    Passo por isso sempre !
    E penso que o que falta às pessoas (além de bom senso), é o respeito às opções de cada um . Como podemos ensinar a nossos filhos a respeitar as diferenças, se não agirmos como tal?

    Tenho duas meninas que tomam praticamente todo o meu tempo: ballet, natação, inglês, duas escolas… Realmente quase não sobra tempo pra mim. Mas foi uma opção que fiz, e com muito orgulho sim.
    Sou psicóloga e trabalhava com crianças, então na verdade, o meu universo continua o mesmo, o que é muito legal !
    Não sei como deve ser para uma mãe super executiva… Talvez não seja tão natural quanto pra mim, mas isso não faz dela diferente de mim.

    Somos mães, e sabemos mais que ninguém, o quanto fazemos todo o possível (e impossível) por nossos pequenos, mas estamos realizadas e felizes é essencial !!

    Beijos a todas.

    • Renata

      Oi Mari!!!! Que bom que gostou!!!!!! É exatamente isso que vc citou, “como podemos ensinar a respeitar as diferenças se não agimos como tal?”. Você tem que se sentir orgulhosíssima, porque é um exemplo de mãe e só ouço elogios às suas filhotas, ou seja, seu trabalho duro (porque é!!) está sendo MUITO bem feito!!!!! E eu me sinto privilegiada, por ter a opção de ficar com meus filhos! Muito Obrigada pelo comentário!!!! Adorei!!!! Um beijão!!!

  14. Caru

    Renata…. Meus Parabéns!!! Posso passar ai e te dar um beijo… Voce soltou o bicho que morava ai dentro ahahahhahaha.
    Amei!!! Bjcass

    • Renata

      Ahahahahah Carolina!!!!!!! Vem aqui me dar um beijo!!!!! Ahahahahah!! Dei muita risada com seu comment!!! Bjss e saudades mil!!!

  15. Marcela

    Re,
    Muito bom! Também não trabalho fora e amooo ter essa opção, pois quero ver as minhas filhas crescerem e participar de todos os momentos! Nem ligo mais para esses comentários, afinal so vem de gente que não tem a menor noção ! Vc tem 1 ou 2 babas? Gêmeos e difícil pois depois que começam a andar vão um para cada lado e ficamos doidas neh?!
    Buo
    Marcela

    • Renata

      Oi Má!!!!! Eu também AMO ter essa opção! Me sinto privilegiada!!!! Eu tenho 1 babá que acaba realmente sendo äjudante”, porque quem faz TODAS as funções deles sou eu, e AMO tmb!!!!! Nossa, eles estão numa fase que exige muito de mim, correm cada um para um lado e estão desafiando todo tempo!!! Fico completamente doida!!! Quem disse que seria fácil né??? Ahahahahahah!!!! Mil Bjss querida!

  16. Fernanda

    Maninas,
    não tenho duvida que fiz a opção certa embora me ache de fato uma mosca branca pois todas a minhas amigas trabalham mas sou feliz e realizada dessa maneira. Ver a evolução das minhas meninas, acompanhar cada passo, levar na natação, no ballet, ver a felicidade da mais velha em todas essas atividades…de fato não tem preço!! A vida passa muito rapido, curto cada segunda de ambas.

  17. Fernanda Shoel

    Oi Meninas
    meu caso é diferente trabalho que nem uma maluca , mais tento fazer as coisas importantes com minha filha , como sou dona dos meus negocios tenho flexibilidade de horarios , mais é bem puxado deixo na escola vou trabalhar volto pego na escola dou almoço e almoço , volto para trabalhar , saio malho por que tem que ficar gostosa se não a auto estima não aguenta , volto dou a janta banho brinco ponho para dormir e ai minha vida a da Fernanda começa falo com as amigas leio aguma coisa ou estudo como no momento estou fazendo um curso …
    coisinha facil kkkkkkkk
    Mais claro nos mães nascemos para isso.
    depois os maridos tem a capacidade de falar que ser mãe é igual a ser pai kkkkkkk choro de rir quando escuto isso , não desmerecendo os papais claro .
    beijos adorei o Blog Parabens

    • Renata

      Oi Fernanda!!!! Os dois lados tem as vantagens e as desvantagens né? Mas, foi o que vc disse, nós nascemos para isso e a maioria de nós quiseram isso!!! Isso, é a melhor coisa do MUNDO!!!! Ter filhos não tem preço!!!!! Ahahahah!!! Fico feliz q tenha gostado!!!! Mil Bjsss

  18. Ana Paula Carrazza

    Meninas,
    Minha filha está com 5 meses e voltei a trabalhar por meio periodo há um mes. Tô sofrendo demais em saber que não estou por perto a cada novo passo dela. Vcs tem muita sorte em poder ficar em casa com seus filhos e eu queria muito poder ficar também. Dane-se o que os outros dizem. É muito facil falar quando não se está na pele de uma mãe que tem que eixar o filho em casa com um estranho para trabalhar. No fundo acho que todas as mães gostariam de poder ficar por uns 2 anos com seus filhos em casa.
    Aproveitem que podem fazer essa opção!
    Beijos

  19. Renata

    Juliana,
    Eu estou grávida e já estou sofrendo pois sei que pra mim não existe essa opção de cuidar integralmente da minha filha.
    Sou dentista, tenho 2 consultórios e consequentemente todas as despesas que isso gera.. como ficar sem trabalhar?! Me desespero só de pensar como vai ser eu passar 1 mês fora com tanta gente dependendo de mim… licença maternidade!? Nem sei o que é isso… rsrs
    Para completar, uma das minhas secretárias está grávida também, só pra aumentar meu desespero!
    Meu marido por mais que ganhe bem e consiga sustentar sozinho tranquilamente a nossa casa, jamais apoiaria ter uma esposa em casa cuidando dos filhos.
    Sintam-se privilegiadas por poder fazer essa opção pois está longe de ser a minha realidade.
    Bjs

  20. Flavia

    Antes de engravidar, eu trabalhava com o meu marido! Minha Marina tem 6 meses e teria q voltar a trabalhar em marco! Estou com 2 coracoes….e varias duvidas! Voltar? Ficar em casa com ela? Se voltar, contratar baba? Escolinha? Estou quase me decidindo pela baba pois so trabalharei no periodo da tarde…ai passo a manha com ela! E o pior ainda tenho q ouvir do meu marido….”nao precisa baba, levaremos ela pro escritorio” ha ha ha ha….como se fose possivel deixar a filha quietinha e sozinha esperando a mamae trabalhar! Queria apenas q ele passasse uma tarde com a gente, pra entender qndo se fala em funcao 24hrs. Kkkkkkkkkk

    • Renata

      Oi Flavia!! Sei bem o quão difícil é!!! Parece muito que cuidar de bebê é fácil né?? Mas as pessoas esquecem, que sem babá, temos que, além de dar mamadeira (ou peito), dar frutinha, papinha, suquinho, temos que lavar tudo (mamadeiras, pratos, chupetas), esterelizar tudo, arrumar as roupas, passar alcool na banheira e nos brinquedos diariamente, fora que talvez até preparar a comida!!!!! Realmente ele não sabe o trabalho que dá!!!! Ahahahahah!!!!!!! Depois conta pra gente como foi, por favor!!! Mil bjsss e muita boa sorte!!!

  21. Júlia

    Nossa, mas essa Luíza do Potencial escreve muito mesmo (:

    • Renata

      MUITO mesmo Júlia!!! Já coloquei algumas coisas deles aqui (sempre dando os créditos onde coloco a fonte, claro!)!! Ela tem um humor bem legal, né? Mil Bjsss

  22. Fernanda

    Renata, sobre a pergunta 5, quando me perguntam sobre dinheiro, eu falo: eu dou todas as condições físicas, emocionais e psicológicas para o meu marido poder sair para trabalhar e conseguir focar em seu trabalho, assim, o que ele ganha é nosso. Não preciso “pedir” um dinheiro que também é meu!!!

    • Renata

      Fe, vc tem 100% de razão!!!! Vou começar a responder como vc!!!! Adorei sua resposta!!! Muito Obrigada!!! Mil Bjss

  23. Daniela

    Sensacional!!!! Sem mais….

    • Renata

      Ahahahahaah Obrigada Dani!! Mil Bjs

  24. Marina

    Renata, nota 1000 para o post!

    • Renata

      Oi Marina! Que bom que gostou!!! Mil Bjss e obrigada!

  25. Bruna

    Muuuuito bom! Me identifiquei em todos os tópicos rs
    Parabéns pelo blog, sempre passo por aqui pra dar uma lida nos posts, e são muito bons e úteis para nós mamães!!!

    Bjsss

    • Renata

      Oi Bruna!!! Que bom que gostou!!!! Fico muito feliz de gostar do blog!! Quando precisar de alguma informação, é só falar pra gente!!! Continue sempre por aqui!!!! Cada leitora é muito importante pra nós! Mil Bjss e muito obrigada!

  26. Bel

    Amei e virei fã!

    • Renata

      Muitíssimo Obrigada Bel!!! Mil Bjss querida!

  27. Sabrina

    Também tenho gêmeos….também um casal…estão com 5 meses e eu não tenho babá…minha vida é a maior loucura! Sim minha mãe e minha sogra revesam as tardes…cada uma vem aqui e fica em média umas 2h….no mais tudo comigo!
    Não sei quando vou voltar a trabalhar…mas penso que ficarei com eles uns 2 anos ao menos…. E aqui quem pensa: ai meu deus mas eu não fasso nada, não ganho dinheiro….sou eu….me sinto mega culpada….O marido reconhece, diz que não entende como eu consigo e que fica mais cansado no final de semana em casa do que durante toda a semana de trabalho….
    Bjus

    • Renata

      Oi Sabrina! Que legal!!!! É uma delícia né? Entendo totalmente sua vida ser uma loucura!!!! Rsrs!!! Mas vc está certíssima! Se tem a oportunidade de ficar cuidando deles, é o melhor que vc faz!!! Vamos trocar bastante digurinhas de gêmeos por aqui!!! Mil Bjss e obrigada!!!

  28. Andrea Pileggi

    Adorei o post..aliás adoro todos! Eu cuido sozinha do Bruno que tem 4 anos e já ouvi algumas dessas sim apesar de ter montado um Atelier em casa! Fiz isso na minha licença maternidade depois de 20 anos dedicados as areas de MKT de grandes empresas. Mesmo dividindo o tempo entre o Bruno e o Atelier que produz MUITO, o fato de ser em casa, de eu sair pouco porque estou trabalhando, faz com que as pessoas achem que eu não trabalho…é até divertido! Um beijo, Andrea

    • Renata

      Oi Andrea!! Muito obrigada pelos elogios ao post e ao blog!! Exatamente o que eu passo!! O blog me ocupa muito tempo, mais cuidar dos gêmeos… fico até 2h da manhã todos os dias trabalhando e ainda acordo 6h30 para trocá-los e levá-los para a escola! E ainda ouço muito essas coisas!!! Hoje em dia eu nem encano mais!! Acho que não tenho tempo para pensar… rsrs!! O seu atelier é do que? Mil Bjsss

  29. kelly

    Oi mamães! É muito bom ter esses cantinhos que podemos compartilhamos unas com s outras nossas dificuldades,preocupações,frustrações e etc…Adorei o poste e realmente é dessa forma que funciona. Aff…ouço tanto sobre alimentação. Meu filho tem 1 ano e 4 meses e eu tenho bastante cuidado com sua alimentação,ele não come baganas,doces,refri,cafê,chocolates,nada dessas coisas. Quando estou em algum lugar que tem crianças com esses alimentos e meu filho pede, eu já vou dizendo pra não dá pois ele não come. Aff,levo muito vixi,e devem me chamar de fresca por trás. Mais não tou nem ai.Eu digo que enquanto puder eu não vou deixa-lo comer.E já até falei uma vez pelo face que eu sou a mãe e dou o que eu quiser,quem achar ruim faça um e der o que quiser ao seu.rsrsrsrsrsrs Fico cheia com essas coisas. Sabe minha situação é bem diferente de vocês pois tenho um unico filho e sou sozinha eu que faço tudo,não tenho baba. Não tenho ajuda de nenhum lado,nem da minha mãe,irmã, vô paterna,nada, moramos longe de todos,numa cidade que é só nós, então tenho que me virar. E diferente de vocês não tenho ainda uma profissão,faculdade…eu engravidei no mesmo ano que passei no vestibular.Então nem pude ainda cursa.Não sou tão nova assim é que passei no vesti ja um pouco tarde.rsrsrs Sabe isso me preocupa,pois fico pensando que estou parando no tempo e ficando pra trais.Não quero ficar dependendo sempre do meu marido,apesar que ele nem se preocupa com isso,ele mesmo diz que a obrigação de trabalhar é só dele.Mas é por uma questão pessoal.Estou querendo coloca-lo na escolinha agora no inicio de 2014 pra poder voltar pra facul. O que vocês acham??? Mais seria só num horário. Desculpas por escrever tanto rsrsrsrsr. Gosto de falar,escrever…bjusss a todas.

    • Renata

      Oi Kelly! É uma delícia dividirmos nossas dúvidas e experências umas com as outras né? Vc tem toda razão, essas coisas tem que entrar por um ouvido e sair pelo outro! Deixe que falem, né?! Eu apoio totalmente vc fazer faculdade, independente da idade!! Tenho certeza que se valorizará mais e se sentirá muito mais feliz! É sempre muito bom aprender!!! Aqui vc pode escrever e falar o que quiser e quando quiser! É um espaço para nos ajudarmos!!! Mil Bjss e muito obrigada querida!

  30. Debora Lapa

    Perfeito! As pessoas acham tão absurdo ser uma boa mãe! Os valores estão todos invertidos ! Pra mim, maminha família vem sempre em primeiro lugar e é assim q sou feliZ. Parabéns pelo post, pelo blog e por ser uma ótima mãe e esposa. Seus filhos crescerão seguros e nao terão problemas psicológicos, hehehe. Bjinhoss

    • Renata

      Oi Debora!! Que bom que gostou!! Concordo! As pessoas não valorizam muito ser “apenas” mãe!!! Não é nada fácil educar e ensinar! Mas é um prazer imenso quando eles aprendem tudo isso e temos a certeza de que fomos nós as responsáveis por aquilo! Criança amada é criança segura! Adorei seu comentário! Mil Bjss e muito obrigada!

  31. larissa

    nossa vcs são dmais! ja ouvi tudo isso! mas só DEUS conhece nossos verdadeiros motivos pra largar uma carreira e se dedicar a familia!

    • Renata

      Oi Lari!!! Exato!! Pensa que é fácil largar a profissão da vida toda? É uma escolha que fizemos (tendo a oportunidade, claro) e sou muito feliz com esta escolha!!!! Mil bjss e obrigada querida!

  32. sheila thomé

    gente achei o máximo isto tudo, eu vivo discutindo sobre isto, vivem dizendo q sou maluca de deixar tudo pra cuidar dos filhos mas quer saber acho horrível esta moda de ter bebes para vovós cuidarem ou escolinhas e babás, acredito que a educação falha de hj em dia é exatamente por isto vovós que não tem coragem de educar seus netinhos fofos e babás que não podem ter muita autoridade na hora de corrigir, ai já viu crianças respondonas e mal criadas…………. NÃO ABRO MÃO DE CUIDAR DOS MEUS PEQUENUCHOS POR NADA, eu educo eu mamãe orgulhosa 24 hrs rsrsr. bjks amei seus posts.

    • Renata

      Oi Sheila! Fico feliz que tenha gostado!! Concordo com vc! Quem pode e tem a oportunidade de ficar em função dos filhotes, nnao se arrependerá, pq é uma delícia ver todo desenvolvimento deles e fazer parte efetivamente na educação e formação do caráter dos nossos pequenos!! Muito obrigada pelo comentário! Mil Bjsss

  33. Karla

    Amei a postagem! Sou esposa, mãe de 2 crianças, psicóloga e sempre pensei que poderia retomar a profissão a qualquer momento da vida, mas que meus filhos só teriam infância uma vez só! Passei alguns anos em casa com eles, com o orçamento apertado, mas não tem salário melhor do que vê-los crescendo e aprendendo princípios e valores que fazemos questão de ensinar. Hoje já voltei a trabalhar meio período mas sempre pensei que nenhuma pessoa teria melhor competência que eu para cuidar de meus filhos. Creio que sou uma profissional mais humana, competente e segura pelo tempo que tive e tenho com meus filhos.

  34. Sabrina

    Uma das maiores dificuldades que passei e observo é quando uma estranha, ah sim, para um homem não há problema em falar que vc não trabalha.., e te pergunta, na natação, no avião, ou em qualquer lugar, o que vc faz? Quando percebia já estava passando meu currículo como se aquilo fosse uma entrevista de emprego…
    Hoje apenas sorrio e falo, eu não trabalho, e sequer falo a minha formação, ou muito menos onde já trabalhei. Quando vejo alguma amiga nesta situação ( a de relatar todos os lugares que trabalhou para estranhos), sinto vontade de segurar na sua mão e falar, vamos amiga, vc consegue!! Apenas repita comigo e devagar… EU NAO TRABALHO. Agora respira e tudo vai ficar bem…
    Sempre me preocupei em não magoar as minhas amigas que trabalham, jogando na cara delas que mandar um bebê de 3 meses para o berçário não vai torná-lo mais independente. Muitas tem estrema dificuldade de lidar com os filhos, mas se fizesse isso, faria com elas o que não quero que façam comigo…Até porque tenho plena convicção que isto é uma escolha individual, tanto de estilo da família, quanto monetária…

    • Renata

      Oi Sabrina! Exatamente isso! Também me sinto em saia justa em algumas situações, assim como vc!! E minha escolha individual é como a sua!!! Mil Bjss e muito obrigada!

  35. Alessandra

    Adorei, passei e passo pelo mesmo, tive duas princesas que hoje estão com 8 anos e me perguntaram muito sobre, aliás até hoje perguntam, mas não tem preço, não me arrependo de ter parado de trabalhar pra cuidar delas, AAMMMMMMMOOOOOOOOOO. bjs

    • Renata

      Oi Ale! Eu tmb amo poder ter a oportunidade de cuidar dos meus filhos em tempo integral!! Mil Bjss querida!

  36. Sibele

    Ola! Achei muito interessante estas frases, difícil quem nunca ouviu algo igual ou semelhante! Eu me formei na graduação faltava uma semana para meu filho nascer, e embora planejasse trabalhar quando ele fizesse seis meses estou até hj em casa ( 2 e 5meses). Existem momentos bem cansativos, stressantes, mais no geral sou feliz e grata a Deus por poder ficar com meu filho. Desde 1ano e 3meses que ele vai para a escolnha duas vezes na semana, e nestes dois dias eu faço coisas que com ele por perto fica meio complicado, como ir pagar as contas, faxina….enfim não fico parada! Hj estou me preparando para trabalhar, penso que ele ja esta numa idade boa para ficar todos os dias na escolinha, ele gosta muito de ir, e da forma que eu fiz a adaptacao vai ser tranquilo! Que Deus abencoe vc e tds as mamaes 🙂

    • Renata

      Oi Sibele! Acho que todas as mamães que se dedicam em tempo integral para os filhos ouvem alguma dessas coisas né?! Rsrs!! Muito obrigada pelo seu comentário! Mil bjss e parabéns pela família!

  37. Kariele

    Nossa é horrível toda essa situação mesmo. A gente fica se sentindo mal por não trabalhar. . .

    • Renata

      Oi Kariele! Com certeza não é fácil! As pessoas julgam quem tem filho e trabalha fora e quem tem filho e fica em casa… é difíficl agradar a todos né?! Rsrs! Mil Bjss

  38. Fábio Hemerson

    Minhas considerações sobre alguns pontos apresentados no texto:

    Frase Nº 1. Ridícula 1#. Não é porque o marido faz uma pergunta dessas que ele está insinuando que vc não fez porra nenhuma durante o dia todo. Ele apenas quer saber como foi seu dia.

    Frase Nº 3. Atualmente são raras as mulheres que abdicariam de suas carreiras profissionais para se dedicar total e eternamente aos filhos e maridos. A sociedade hoje nos mostra mulheres cada vez mais bem sucedidas no mercado de trabalho e mais competitivas em muitos aspectos que nós homens. Então não me vem com esse mimimi de “Cuidar dos meninos e do marido”. Você mulher moderna não pensaria assim.

    Frase Nº 5. Ridícula #2. A autora assume que não consegue achar uma justificativa plausível para se irritar com essa frase. Admitir a sua dependência financeira nesse ponto já é um caminho para não se irritar com esse tipo de frase porque, querendo ou não, você depende de alguém(marido, amante, Ricardão ou qualquer outra coisa) pra esse tipo de gasto. Ou vc vai roubar calcinhas em lojas e dar o calote no salão de beleza???

    Frase Nº 6. Concordo em partes com essa frase. Parte que eu concordo: A gente não sabe o dia de amanhã. Parte que eu descordo totalmente: os homens mudam depois que os filhos nascem. Nós, homens, podemos até mudar. Mas só os filhos da puta e moleques deixam seus filhos desamparados emocionalmente e financeiramente.

    Frase Nº 8. Para algumas mães super protetoras essa frase tem que ser falada utilizando um megafone.

    • Renata

      Oi Fábio, você pode concordar ou discordar do texto todo e do que você quiser, mas isso é apenas uma sátira, não precisa escrever dessa forma! Estamos aqui para ouvir todas as opiniões, com todo respeito. Muito obrigada pelo comentário.

  39. Giane

    Olá meninas, quem somos nós para julgar as mamães que não ficam casa . Eu tb fico em casa e por opção. Acabei de terminar meu mestrado em educação infantil e sei muito bem como e importante os primeiros anos de vida de uma criança. Vocês que tem a oportunidade de ficar em casa procurem aproveita o máximo esse tempo e ajude seu filho em seu desenvolvendo,
    Pois isso sim fará diferença na vida dele. Tenho duas filhas,
    Uma com 2 anos e meio e a outra c 9 meses.
    Ouço sempre essas mesmas perguntas e tento respondê-las sempre positivamente.,
    Pois não precisamos magoar ninguém. Fico exausta no final do dia,as quando vejo o desenvolvendo da minha filha mais velha comparando c outras crianças me sinto super bem. Sei que nada foi em vão. Pretendo sim voltar a trabalhar daqui uns 2 anos.

    • Renata

      Oi Giane! Concordo com vc, não precisamos magoar e ninguém! Seria tão bom se todos pensassem assim né? Mil Bjss e parabéns!

  40. Juliana

    Tão bom saber que existem outras mães igual a mim. A sociedade cobra muito. As mulheres criticam mais do que os homens. Bjo

    • Renata

      Oi Juliana! Com certeza as mulheres criticam mais do que os homens! #fato Mil Bjss e obrigada!

  41. Ana

    eu tenho so um filho. Nao trabalho pq sofro com depressão profunda. Dependo 100% do meu marido financeiramente. E nao tenho amigas pra sair, mãe pra me ajudar nem babá. Meu marido é um bom pai, presente, mas nunca trocou uma fralda, nunca lavou uma louça. Trabalha fora e sustenta a casa. Ate a roupa suja dele tenho que juntar pela casa, pois nem isto ele se da ao trabalho de fazer. Eu penso em trabalhar fora pq acho mt chato dependencia financeira.É CRUEL. Mas ele tem ciumes pois tenho boa aparencia. Apesar de tudo eu o amo, ele é machista mas é mt carinhoso e bem familia. Mas esta vida de dona de casa e mae todo dia cansa. Bom esta é minha realidade. Ouvir criticas negativas ainda é o de menos pra mim. Estou de pé todos os dias por amor ao meu filho. Pois a parte melhor disto tudo ainda é cuidar do meu filho. Faço tudo e luto todos os dias para ver ele feliz. Apesar das criticas amo meu marido. Amo minha familia, apesar de nao ter a vida que sempre sonhei.

    • Renata

      Oi Ana! É isso aí, tudo pelos nossos filhos e não há prazer maior do que poder estar perto deles todos os dias. Também dependo financeiramente do meu marido. Mas é uma opção que fazemos! Mil Bjss e fique bem

  42. Andrea

    Achei lindo a maioria das mães ficarem com seus filhos,existe o lado “bom”que é o lado de educa-los e acompanha-los em toda e qualquer situação,todavia procurem saber se não conseguem uma pessoa de extrema confiança que possa ficar com a criança,quero dizer extrema confiança,porque se não é melhor realmente ficar com a criança,melhor dar o melhor para seus filhos do que seus olhos contemplar futuramente o pior.Lado ruim eles crescem e vc fica pra traz,isso é a maior realidade.Vivi a vida de meus 2 filhos e a do meu marido,hoje os dois estão casados e bem em todos os sentidos,porém teitei voltar pro mercado de trabalho,que derrota nem conto,pra finalizar estou estudando pra concurso,quem sabe?Filhos casam e não estão nem aí pra vcs vivem a vida deles,mas se tiverem quem olhe vale a pena,um abraço a todas as mães.

    • Renata

      Oi Andrea! Mas acho que temos que fazer isso sem cobrar nem esperar nada em troca depois. Mães que ficam em casa, fazem isso de coração. Acho super importante fazer cursos, manter as amizades, estar sempre ativa. Mas nunca esperar alguma coisa em troca ou achar que eles nos “devem” alguma coisa por termos feito direito nossa obrigaçnao como mãe. Mil Bjsss

  43. Fran

    Aaameiiii…isso é pouco ainda do que dizem !!
    Adorei suas respostas

    grande beijo

    • Renata

      Oi Fran! É pouco mesmo!! Rsrs!!! Mil Bjss e obrigada!

  44. Luciana

    Nossa, parece que esse email veio na hora certa. Tenho andado deprimida, triste por escutar essas coisas, acho que já escutei todas essas frases e me incomoda por de mais. Ninguem tem nada haver com minha vida, mas me deixa mal. Igual um dia que a supervisora da escola dos meus filhos veio para mim, ( no inicio do ano eu passo a primeira semana a tarde toda em volta da escola e dando incertas para ver como meus filhos estão sendo tratados. Durante o ano também, alguns dias eu dou incertas na escola) e insinuou que eu era a toa, que eu não tinha nada para fazer, falei que não ia ter tempo para entregar sei lá o que para ela durante a semana e ela ironicamente disse: – Vc, sem tempo? Não acredito!
    Não tive reação e infelizmente não dei uma resposta altura dela. Mas fiquei mal, muito mal por semanas. As pessoas antes de falarem besteira para uma mãe que se dês pôs a largar tudo para criar, educar, os filhos, tinha pensar muito que pode estar magoando e muito a outra pessoa. Agora, meus filhos uma com 7 e outro com 4 que estou tentando voltar ao mercado de trabalho, mas somente no horário escolar deles. Estou tendo que me reinventar, porque além disso tudo eu não tenho baba, diarista e algo parecido rsrs. Simplesmente amei esse post, veio na hora certa. Beijos

    • Renata

      Oi Luciana! É muito desagradável mesmo ouvir este tipo de coisa! Mas se vc está segura em ter optado por cuidar integralmente dos seus filhos, não se sinta mal! É um bem enorme que está fazendo por eles! Sinta-se orgulhosa! Mas, se é uma coisa que a incomoda, vai atrás de um emprego onde possa ter orgulho da sua posição! Mil Bjss querida

  45. SOl

    Menina, como tem gente que não tem o que fazer, né?! Gente de vida vazia, que precisa cuidar da vida do outro! Imagine, também tenho dois filhos pequenos, e SEMPRE sou criticada. Se não saio, “você não se diverte, vai perder seu marido”, se saio, “deixou seus filhos para se divertir? isso não é ser mãe!”. É inacreditável o quanto as pessoas são cruéis. Criticam só por criticar! Vamos ignorar! rs Beijão

    • Renata

      Oi Sol! Nossa, é verdade mesmo… ninguém está satisfeito nunca, né?! Então, o que nos resta é pensarmos apenas na nossa família e em nós mesmas! Deixe que os outros pensem o que quiser!! Rsrs! Mil Bjss

  46. katiani

    gente paramos pra pensar! pq a gente liga tanto pra opiniao dos outros?faça oque seu coraçao mandar!e sejam felizes!

    • Renata

      É isso aí Katiana!!!! Tem TODA razão!!! Mil Bjss

  47. patrick

    Dei uma olhada com carrnho

  48. Juliana

    Adorei! Aqui em casa é dose tripla.. mas larguei tudo desde a primeira filha! Nunca fui criticada, mas sempre tem uma cunhada que inveja!

  49. Grace Kelly

    Kkkkkkkkkkk!!! Uma resposta melhor que a outra!!! No meu caso, sinto falta de conversar com outros adultos, pois estamos longe da nossa família e dos meus amigos. Mais uma para as minhas listas prediletas. Bjs!!!

  50. Maria Cristina F.C. Bergamo

    Obrigada, achei, de verdade, que só eu ouvias essas frases sem noção. Meu Deus quando é que as pessoas vão parar de se preocupar com as nossas vidas e cuidarem das próprias. Que horror ter que ficar ouvindo essas frases e não poder das uns gritos.afffff.

  51. nena

    nossa estou sempre ouvindo essas coisas e as vezes fico ate trite, tenho um menino de tres anos e dez meses e acabei de parir uma menina esta agora com dez dias, e ouvir certas cvoisas inclusive do marido e muito chato, bom mas ser mae foi uma escolha minha e amo meus pqnos e faria tudo p esta sempre pertinho deles…

  52. Priscila

    Sensacional esse post!!!!! Finalmente alguém teve coragem de publicar algo do tipo!!!
    Vontade de imprimir esse post e sair colando por aí!!!! Heheheh
    Adorei!!!
    Beijos Pri

  53. Cátia

    Essas coisas e outras mais geralmente são ditas por mulheres recalcadas q são obrigadas a trabalhar fora para ter algum dinheiro pois o marido não as apoia em nada, muitas até dependem dos favores de mães e parentes para ficar com os filhos. Não trabalho fora por opção prefiro meu trabalho em casa qto ao dinheiro meu marido e eu temos conta conjunta e tenho meu cartão e compro tds as coisas pra nós e para casa. Hoje meu filho ja cresceu,eu continuo com meus afazeres em casa ou fora dela.Feliz de nós q podemos cuidar de nossos filhos.

  54. Tatiana

    O pior é quando escuta do próprio marido que você tem vida boa . Minha filha é bem agitada e ativa, quando chega final de semana, depois de uma hora com ela meu marido fica tenso. Ou o trabalho dele é muito tranquilo ou ele não tem noção da minha rotina em casa.

  55. Luciana

    Apoiada! Tenho uma menina de 3 anos e uma bebezinha de 6 meses a mais velha foi para creche onde era meu local de trabalho sofri tanto em acorda-la cedo, e ela me pedindo para dormir mais 🙁 praticamente chorava todos os dias tendo que tira-la da cama cedo quando descobri que estava grávida pela segunda vez não tive dúvida que ficaria em casa para ver os primeiros avanços da minha filhinha mais nova e ESTOU MUITO FELIZ pela escolha!!!! \o/
    E não vou trabalhar fora de casa tão cedo… 😛

  56. Paloma

    Nossa!
    esta foi uma das melhores postagens. Amei!!

  57. Isa

    Souo mãe trabalho fora e nem por isso deixo de aproveitar minha filha quando estou em casa ela é meu grude. E ainda faço meus afazeres domesticos. Acho que cada um se esforça como pode

  58. Raquel Volpe

    Há na questão do dar satisfação de tudo que gasta, satisfaçao pq? As manães estao mais do que no direito de gastar com que precisam, funçao mãe e dona de casa nao é NADA fácil!! E se casou o dinheiro é de ambos, a mamãe e esposa ajuda muito em casa!!!

  59. Pedro

    Mulher tem que trabalhar também nada disso de ficar em casa sem fazer nada, gastando o dinheiro da família. Isso é coisa de mulher preguiçosa, que não produz. Trabalhar em casa não gera dinheiro. Não sei como os homens aceitam mulher malandra hoje em dia. Pior ainda são as mulheres que não trabalham e tem babá ou empregada diarista. Não há argumentos para justificar.

  60. Denise Ulian

    Tenho uma filha de 15 e outra de 20 anos e SIM!!!Eu optei e tive o privilégio de poder cuidar pessoalmente da minha família,deixei consultório e emprego público!!Me formei dentista mas nada me trouxe tanta felicidade quanto ter educado minhas flores praticamente sozinha!!Limpo casa,cozinho,pago contas,lavo,passo,banco secretária do marido, professora particular e antes que vc me pergunte tb. vou a salão, saio com amigas e estou por dentro das últimas notícias, não me considero nenhuma alienada ou coitadinha!!FEMINISTAS ATIREM-ME PEDRAS!!Por que a mulher moderna tb. não pode escolher entre família e ascensão profissional?Conciliar??Pode sim!Mas vão ficar lacunas a serem preenchidas,tenho certeza porque já tentei!Já ouvi várias vezes as 10 perguntas abaixo…antes me engasgava…hoje simplesmente SORRIO e sabe que até sinto que as perguntas vem acompanhadas de uma pitadinha de dor de cotovelo?

  61. Ana Paual

    Adorei o texto!!! Acrescento um comentário que ouvi e doeu na alma, você tem que dar limites firmes a ele, tem que dar uns tapas, mas não tapinhas, se não der limites vai ficar mimado com você em casa…A minha vontade era dar um tapa na pessoa…(meu filho tinha 1 ano e meio). bjos

  62. Haylla

    E quando falam: Mas vc vai deixar seu emprego pra cuidar dele? Essa fase passa rápido,ele vai crescer logo.
    Minha resposta: Exatamente porque passa rapido que eu quero ficar com ele. Emprego eu arrumo outro e ele não será pequeno nunca mais!

  63. Divina Lopes Medeiros

    bem legal essa publicação, é bem assim, não sabemos a quem agradar ou desagradar….

  64. Paula Guimarães

    Adorei

  65. Ila

    A questão de pedir dinheiro pro marido é fácil resolver: só você ter uma cópia do cartão dele. Pronto acabou! Porque ficar pedindo dinheiro é muito ruim!. 😉

  66. isis

    Amei , bem verdade …
    Já escutei algumas , tem gente q acha q filho n da trabalho , acha q é um spar

  67. mariana

    Sem falar que fim de semana e feriado, em vez de descanso, é dia de trabalho dobrado…. férias da criançada é cerão!Devia exitir sálario mãe tempo integral ( isso inclui manhãs de domingo e madrugadas…)

  68. Gisele Bueno

    Bom dia Renata!! Eu ameeeei seu post, é animador saber que isso não acontece só comigo, rsrs. A minha situação acho que e mais complicada, tenho um casal de filhos, 4 e 5 anos, eles moraram com minha mae ate um ano atras, eu nao tinha condições de sustenta-los, ja que o pai deles se mandou e me deixou com uma mao na frente e outra atras, sempre sofri muito por nao estar com eles, mais Deus me deu uma chance, conheci uma pessoa maravilhosa a qual estou casada há um ano, vim morar em outra cidade e pude trazer meus filhos pra morar comigo, mais isso teve um preço, tive que largar meu trabalho porque não tinha onde deixa-los e nao achei nenhuma baba pra ficar com eles, depois de 2 meses em casa resolvi fazer alguma coisa da vida pois ja estava ficando louca, não consigo ficar sem trabalhar, enfim comecei fazer artesanato, faço camisetas e fantasias personalizadas, montei meu ateliê em casa, trabalho 15 horas por dia, contando com serviço de casa e as encomendas, e ainda tenho os babys pra dar atenção, fazer tarefa, dar comida, cuidar do marido, ainda faço faculdade, e cada vez que escuto uma frase dessas ai, me da em desanimo, fico pensando sera que tanto esforço é em vão? Sera que nunca ninguem vai reconhecer tooooodo o meu trabalho e sacrificio???

  69. Michele Kaiser

    Concordo com tudo, principalmente com aquele da babá, o último. No entanto, o contrário também é verdadeiro. Quem trabalha tendo filho pequeno também é criticado. Tenho quatro filhos e trabalho fora. As pessoas me olham atravessado quando falo sobre isso. Fiz um post sobre isso no meu blog http://www.ostrigemeosdamichele.com.br. Abraço!

  70. Marina

    Tirando a ultima, acho que todas sao super verdadeiras. Penso muito nisso de grana – estou gravida do meu primeiro filho, e mega na duvida de que caminho seguir – so a ultima que nao consigo absorver bem… Acho mto estranho qdo vejo mae, filho e baba no shopping por exemplo. Me da uma sensacao de “pessoa folgada” …. Mas realmente a primeira coisa que meu marido me falou é que ok nao termos baba mas temos que ter alguem que possa ficar com o bebe para que eventualmente possamos sair só os dois. Sobre isso… Aqui no Brasil tem esse servico? De baby sitter por algum periodo, só? Vcs recomendam algum? Bjs – adoro o blog!

  71. carina silva

    E daí se fica em casa?
    Cansa mais o trabalho de mãe que o trabalho de salário.
    Muita força nessa hora.

  72. Catia Isabel

    Acho que a resposta para todas elas seria “Metam-se na vossa vida!” 😉
    Parabéns pelo trabalho, tenho vindo a acompanhar o blog e é muito bom.

  73. Carol Mourao

    Eu acho que cada um sabe de si. Meu filho frequenta a creche desde que tinha 5 meses. E assim que eu soube da minha 2a gravidez, sai do trabalho e me dediquei a gestação. Minha filha tem quase 2 meses e do deve ir pra creche com 9 meses, pq queremos viajar no verão e vou pagar um mes a toa? Então vamos economizar 4 meses (quase 2mil euros).
    Agora… Eu nao concordo com o item 10, mas é uma coisa minha. Como tenho meu filho na creche o dia inteiro, o que posso fazer durante o dia faço. E se eu quiser sair a noite, fazemos tudo em família. E sinceramente? Das poucas vezes que saímos so nos dois senti uma falta enorme do meu filhão…
    Portanto, ja me perguntaram se eu tiraria ele da creche quando ficasse em casa o tempo todo. Resposta: Vai mudar algo na sua vida se ele continuar na creche?

  74. Daniela

    Nossa! Sei que essa publicação é antiga, mas só vi agora através de uma amiga que curtiu no face…É exatamente isso que ouvimos todos os dias. As respostas são as melhores!!! Graças à Deus eu não me encaixo na 5… Sempre tive um relacionamento muito bom com meu marido com relação às finanças…sei o quanto ele ganha e então sei quanto posso gastar, compro o que preciso sem ter que dar satisfação, ele me dá toda liberdade, como se fosse meu salário…essa resposta está na ponta da língua para dar às bisbilhoteiras de plantão!hahaha
    Parabéns pela matéria!

  75. Alessandra

    Post excelente! Amei o texto. Ouço isso com frequência. Bjs, ale

  76. Vanessa

    Eu voltei a trabalhar pra ter hoda do cafezinho e tempo pra pensar em paz! Hehe. Brincadeira, eu sempre soube que iria voltar, mas Sempre brinco que quando estou no trabalho é a minha folga! Mas trabalho só 3 dias na semana, porque não conseguiria ficar longe tanto tempo assim!

  77. Talita

    O melhor texto de todos!!! A pergunta 2 é minha favorita, e as vezes vem complementada: mas como você não fez tal coisa se SÓ fica em casa?!

  78. michelle

    Cansei de ouvir tudo isso..a ultima que escutei “Queria ter a sua vida de madame”…é demais né rsrsr..bj

  79. jordana

    Ja me falaram todas essas frases kkk muito boa

  80. Giih

    Somos mães e apenas cuidamos do que é mais importante para nós

  81. Roberson

    Pessoal, belíssimo texto… concordo com todas as coisas que você diz… mas sinceramente… sempre que vejo comentários desse tipo… tenho a impressão de que as mães que fazem a escolha que você fez… parecem não ter certeza das escolhas que fizeram… pois se a escolha é de coração… e se a escolha te faz feliz… nada do que os outros pensam ou comentam deveria ser capaz de abalar, ainda que minimamente, a tua felicidade… comentários desse tipo que você menciona só continuam a existir porque as pessoas se incomodam com eles… são como apelidos… esses comentários não precisam de resposta… o silêncio e a indiferença serão sempre a melhor resposta… nenhum desses seus comentários é capaz de abalar as perguntas ou quem as fez… por outro lado… o beijo… o carinho… o abraço… o sorriso… a cumplicidade e os momentos que viverá com os seus filhos serão sempre… a melhor e mais sarcástica resposta a esse tipo de pessoa… e serão sempre a sua melhor recompensa e motivo para continuar com essas escolhas…
    Eu e minha esposa decidimos que ela não se dedicará a nada mais na vida que não seja aos nossos filhos e a nossa família… e isso já é muita coisa… ou melhor isso é tudo… e é muito mais do que eu faço… emprego… trabalho… posição… dinheiro… posso arrumar outros e vários… mas filhos…. esses são únicos… e mulheres dispostas a cuidar deles e ainda de nós homens…. essas são poucas… por isso digo que vocês são únicas e especiais… não dê bola para quem te critica… quando ouvir uma frase dessas vire-se de costas e olhe para o seus filhos… você logo se lembrará do porque fez suas escolhas e essas frases serão apenas frases jogadas ao vento…

  82. Caroline

    Sou mãe de dois meninos, hoje com 14 e 11 anos, e minha profissão é ser mãe desde que o primeiro nasceu. Sabe o que é melhor? Com o passar dois anos a opinião dos outros não tem a menor importância. Muitas amigas minhas sentem inveja da oportunidade que me dei. O respeito que tenho dos meus filhos e do meu marido são minhas maiores realizações. Agora chegou o tempo de eu voltar pro mercado de trabalho, madura, feliz, realizada. Posso escolher o que quero fazer sem medo de errar. Não me arrependo nem por um só segundo. Sejam felizes, os filhos crescem depressa.

  83. DAMARES

    Legal!! Fiqu e i em casa com meu filho até os 4 anos e não me arrependo. Foi a melhor escolhi que fiz na época. Hoje ele é um adolescente super carinhoso e apegado. Agora é outra fase mas, lembro-me que quando fiquei em casa, trabalhava mais do que agora que trabalho fora rs

  84. Conceição

    Sou feliz. Eduquei, criei , brinquei, amei, fiz tudo que tinha direito. Fui mãe. Dane-se a sociedade. Exerci meu papel de mãe. Como sou grata por isso. É para poucos.

  85. Cynthia Cândido

    Kkkkkkkkk… Amei Renata! Rindo litros aqui! Já que estou em casa, sem fazer nada né! Rssss…

  86. lurdes Abreu

    Boa tarde, adorei suas respostas, as pessoas estã sempre prontad a te criticar
    Por algo mas ficar no seu lugar nem pensar.
    E mais, a educação de seu filho é prioridade, uma criança que tem a presença dos pais no.diaa dia psicologicamente é uma criança segura e mais inum
    eras qualidades

  87. Walkiria

    Adorei o blog de vocês desde o primeiro post lido, me identifico com várias situações,e as quais não me identifico sempre gera uma reflexão!!!
    Parabéns pela lucidez e pela forma clara nos textos.

  88. maria turina

    Ótima as 10.
    Uma boa tbem é: nossa você troca a fralda só 10 vezes por dia???

  89. Thais

    Adorei este post! Eu, por outro lado, trabalho freelancer em casa justamente pra ter mais tempo de cuidar da casa e poder passar mais tempo com meu filho, não perder tempo com transporte, reuniões, horas extras, etc. Daí me perguntam pq eu coloquei ele no berçário, se eu trabalho em casa. Comecei a responder “pq é um menino de 2 anos, não um cachorro. Não posso bater nele com o jornal sempre que vem pedir atenção…” ¬¬
    (falo isso só pra assustar, tá? jamais bateria num cachorro :))

  90. Luiza

    hahahaha…. rolei de rir, adorei todos os itens e as respostas a eles 😉

  91. Fabiane

    Meu príncipe tem 3 anos e desde que ele nasceu não trabalhei . É muito cansativo pois ele tem uma energia :)) . Mas valeu a pena como amo vê-lo crescer formando carácter vendo suas necessidades seu desenvolvimento amo cuidar do meu lar s2 . Quanto às frases Aff ouço o tempo todo , mas sou tão feliz que passo à frente , não do importância rsss. Muito bom seu blog

  92. Graci

    Kkklkk
    Post Maravilhoso!! Também sou mãe de gêmeos e optei por cuida-los!! É inacreditável, mas é bem assim!! Obrigada por me fazer rir.

  93. Fernanda

    Nossa ! Ouvi tanta coisa. Trabalhava num emprego concursado a 15 anos. E sempre que alguém fica sabendo que larguei pra me dedicar aos meus 3 amores , me perguntam : como você teve coragem ? Meu Deus, é só um emprego. Sempre digo que por mais puxado que fosse meu emprego, antes eu estava empregada, agora eu trabalho !!

  94. Cassia

    Ahahaaaa… Cada uma que nós ouvimos, quando não é referente ao trabalho, é referente ao modo que criamos nossos filhos, aff. Pois aqui eu não preciso pedir dinheiro pra comprar calcinha e nem nada porque quem administra o dinheiro aqui sou eu. Sim, nós somos assim. Ele trabalha e quem fica com o dinheiro sou eu. Nem da pra falar que eu não ligo muito para o que as outras falam, porque tem hora que dá vontade de voar no pescoço de uma…
    O post ficou ótimo. Amei!

  95. Alessandra

    Kkkkk… Rir para não chorar… É bem assim. As pessoas sentem a necessidade de falar da vida do outro. Tenho 3 filhas, a mais velha com 3 anos e 4 meses e 2 gêmeas de quase 7 meses. Vendi minha empresa pra me dedicar um tempo a minha mais velha e porque pretendia engravidar. Com a notícia das gravidez gemelar decidi permanecer em casa por mais tempo cuidando delas. Estou num momento muito feliz, menos estressada, vendo-as crescer, dando meu amor. Sou grata por ter um marido amigo que cuida de nós quatro e me dá um suporte pra estar vivendo isto. A vida passa, os filhos crescem e o vivemos fica no coração.

  96. Mõnica

    Pois é … ouvi muita coisa pior do meu marido, essas que li acima foram fáceis … o preço é alto …

  97. Lorena

    Nossa adorei o post.,ouço muito isso resolvir que queria ser mãe em tempo integral e me cheguei a ouvir que sou louca,vê se tem cabimento.,louca por só porque quero cuidar inteiramente em meu filho???? Quero morrer louca então.!!!

  98. carla

    Você não pede dinheiro para seu marido! VC pega a sua parte!
    Afinal, ele consegue trabalhar em paz e se dedicar a sua profissão pq tem a segurança de que o tempo dele pode ser gasto com isso, de que você exerce a profissão de mãe (ou seja cuida, brinca,alimenta, ama, protege, orienta … Enfim).
    Diz para ele que ele terá que atrasar no trabalho por conta do pediatra, da reunião da escola, pq a babá atrasou ou que terá que faltar pq o filho tá com febre e VC tem uma mega reunião com os diretores da empresa …
    Diz que sábado vcs tem que comprar roupas e sapatos, mercado, farmácia e lição de casa acumulada … portanto, nada de descansar … bora fazer as coisas acumuladas da semana. E muitas outras coisas kkkk no final pergunta qual é o seu percentual no salário dele.Garanto kkk é muito mais do que VC realmente gasta!

    • Virginia

      👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  99. Luana

    Ameeei…. então estou nos preparativos para engravidar talvez até já esteja gravida não sei. Tmb sai do emprego quero curtir esse momento quero aproveitar tudo o que eu puder e desde de já estou ouvindo criticas e mais criticas mais acho que todas que optam por essa opção passam pela mesma situaçao né ou estou enganada bjos meninas

  100. Vera

    Meus filhos tem 10 e 12 anos, parei tudo para cuidar deles é não tem um só dia que eu tenha me arrependido da minha decisão, pois vejo segurança e independência e eles têm certeza de que são amados.

    Quanto às questões, ouço sempre e já desenvolvi ouvido seletivo, nem me preocupo mais em responder … Só falo: Ahammmm ….

    Ótimo post !

  101. Nath

    Realmente escutamos muito isso, minha mãe fala muito. Meu esposo ja veio com a cara de pau de falar ‘Nath você só fica o dia todo com ele em casa e sai para festinha’, juro que quiz avançar no pescoço dele, mas não falei nada na hora deixei para falar tudo depois, eles acham que é facil cuidar dos filhos, passar o dia inventando mil e uma brincadeiras novas para entrenter eles, a coisa mais rara do mundo é eu sair, as festinhas que ele veio jogar na minha cara são 1 baby chá de uma prima, aniversario de outra prima e uma festinha de carnaval kids que acabou acontecendo duas vezes por causa de um temporal que deu a primeira vez e foi cancelado, 1 vez fui no parque para meu filho conhecer e um messario de 2 meses do primo dele e pronto contado as vezes que sai, não saia de casa desde os 7 meses de gestação porque ele estava agoniado para vim ao mundo, fora que eu queria voltar a trabalhar só para não ter que depender dele, mas infelizmente não posso deixar ele com ninguém que não seja devidamente treinado, ele tem 11 meses hoje e é um menino alergico a leite, não pode nem triscar em nada que contenha qualquer composição do leite, mas ainda assim ele acha facil minha vida de só ficar em casa

  102. Andreia

    Parabéns pelas respostas. Estou passando por isso não trabalho fora da cuido da casa e dos meus 2 meninos um de 8 anos e o outro de 2 anos.

  103. ronaldo

    minha cara!!!!

  104. marcia

    A vida passa muito rapidamente e as cc crescem. Quem não tem uma profissão, uma carreira poderia até ficar com seus rebentos, mas quem tem uma boa profissão nao vai deixar por nada ptincipalmente quem tem objetivos como por ex comprar uma casa própria (e logico vc ficar vpm seus filhos pq vc ja tem um patrimonio ou veio junto com o maridao) quem trabalha fora geralmente é pq o salário vai fazer a diferença ns família

  105. Bruna

    Meninas….
    Encarei bem isso… No meu caso… Engravidei no terceiro ano de faculdade. Tive minha boneca e terminei.. Tudo com apoio do meu esposo… Cinco anos se passaram… E agora enfrento a frustração de não conseguir emprego… Fiz pós.. Cursos.. Estou no mestrado.. Mas quando digo que sou mãe parece que as portas se fecham… Não medem minha capacidade de trabalhar e administrar minha vida… Nessa região que resido emprego já é complicado, inclusive na minha área. Porem tento em outros setores… Esta complicado e triste para mim….

  106. janaina

    nossa é bem isso que eu esculto tbm. meu bebe tem 1 ano e 9 meses e me perguntaram se ele vai pra creche, agora me fala pra que que eu vou clocar ele na creche se eu não trabalho. ja falei que qd ele tiver ma idade de eu coloco, é cada coisa que a gente esculta….

  107. Vanessa

    Realmente não é fácil, cuidar de filhos, casa, marido….infelizmente tem muitas pessoas q falam isso, já escutei, kkkk

  108. Jane Eyre

    Amei ! Realmente tem muita gente sem noção por aí.
    A pouco tirei licença sem vencimentos de um vínculo educacional, mas permaneço em outro pela necessidade. Vou dar assistência a meu filho de 6 anos. o melhor q posso fazer pra aproveitar esse presente de Deus na minha vida.

  109. Carla

    Adorei….simplesmente demais.
    Aproveito para dizer q alem disso sofremos preconceitos, hoje tenho uma filha linda de 5 anos, e nao consigo voltar ao mercado de trabalho, pq perguntam : mais mae e se a criança passar mal. A vontade e de responder, vou fazer igual a sua mae fez…..poxa mae e mae.

  110. Daniela
  111. Leda

    Adorei, só verdade.

  112. Helena

    E to passando por isso..criei 4 meninas e tem 3 netos…eu não quero fala aki…..pode ser aberto…so de uma coisa tenho certeza qro trabalha fora e depois ti explico melhor no email.

  113. claudia

    Renata, parabéns por sua decisão. As mulheres têm todo o direito de optarem por cuidar de sua família e de seu lar. É preciso freiar essa patrulha de pseudo feministas, que pelas reinvindicações só nos faz pensar em uma profunda inveja da felicidade de outras mulheres que absolutamente não concordam com elas. Fique com Deus e seja feliz!

  114. Tatiane

    Oi Renata, é uma pena encarar essa realidade, que as mulheres lutaram pelo que chamavam de liberdade e agora somos escravas de uma necessidade imposta pela sociedade. Trabalhar ou não com filhos pequenos não é só uma escolha, filhos em creches com 4 meses causam consequências para a criança. E quando não temos plano B para casos de crianças que adoecem com facilidade ou quando o berçário está de férias, a escola do mais velho emendou o feriado, e aí? Vc faz o que? Além de tudo isso o maior absurdo é termos que nos justificar pq usamos de liberdade para fazermos o as mulheres fizeram nos últimos 10 mil anos!

  115. Jessica

    As pessoas q fazem esses tipos de perguntas e não conseguem ver o quanto é gostoso e prazeroso ficar em casa cuidando ddos filhos do lar e do mmarido é por que simplesmente não tem felicidade no lar precisam estar cercadas de pessoas falsas no serviço as felicidade delas depende dessas coisas vivem em função de trabalho não curtem a vida dentro de casa e com o marido aliás muitas mulheres não cuidam nnem do marido depois não sabem porque ganham um chifre bem grande

  116. Tânia

    Amei! É assim mesmo!

  117. élida

    Ouvi estas e muitas outras, e escuto até hoje onde o João está com 10 e o Pedro está com 8…

  118. Dirlene

    Sobre o 5:Qual o problema em pedir dinheiro ou se justificar para o marido? Estamos falando do meu esposo,companheiro e não de um homem qualquer, ou de um cara casado com outra … No casamento tem dessas coisas mesmo . Não vejo mal nenhum. Rsrsrsrs

  119. amanda

    Amei o que vc disse,as pessoas perguntam mesmo tu das essas coisas . Eu também deixei o trabalho para ficar com meus filhos, e foi minha melhor escolha na vida . tenho seis lindos e maravilhosos filhos,e faria tudo de novo.

  120. fernanda

    Oi mamaes lindas sou fernanda parei de trabalhar fora quando beatriz nasceu e trabalho em casa e voutei a estudar nao sou casada e no meu bairro n tem maternal minha mae n consegue olhar minha pequena e ainda ouso q fico em casa o dia todo sem fazer nada e q tenho a vida muito sossegada oi seja minhas roupas se lavam sozinha a casa se limpa minha filha cozinha p ela mesmo kkk etc

    • Rosilene

      Olá, adoro o blog!
      Estou grávida de gêmeos, e também penso em parar de trabalhar para ficar com eles. Quero que eles sejam educados por mim e meu marido, e não quero perder as descobertas deles, a melhor fase deles. Muita gente critica se você fala que não vai mais trabalhar, outros criticam se você trabalha e deixa na escola, mas não me importo, o que importa é a minha vontade de ficar com eles e que meu marido concorda e acha ótima minha decisão.Penso em voltar um dia, talvez daqui a uns dois anos, se der certo ótimo, se não der continuo curtindo meus filhos.
      Beijos

  121. Virginia

    Renata! PARABÉNS por sua postura e obrigada por contribuir com tantas outras mulheres que já estiveram em seu momento atual de vida, ou que ainda vão chegar lá!!
    Cá pra nós, um decálogo? Vc foi muito generosa…
    Pode aumentar sua lista de perguntas que nunca deveriam ser feitas a uma mãe em tempo integral!
    Estive 2 vezes nessa missão insubstituível: um com 35 e outro com 28 anos. Vale muito a pena!
    Felicidades!

  122. Flavia

    São essas frases mesmo

  123. Tanny

    Olá Meninas… muito bom ouvir as histórias de “gente como a gente”.
    Também larguei o trabalho para ficar com minhas filhas. Na verdade não tive esse privilégio com a mais velha, pois logo depois que ela nasceu a relação com o meu ex-marido não ficou muito boa e nos separamos. Logo, tive que voltar a trabalhar e quase não via minha filha. Hoje ela está com 7 anos e enfrento muitos problemas com as regras e comportamento. A mais nova tem 6 meses e espero poder cuidar dela de uma forma que não pude fazer com a mais velha. Graças a Deus meu marido super apoia essa escolha, mesmo que as vezes ele também sote uma pérola.
    A tal CULPA fica martelando na minha cabeça constantemente, principalmente pelo fato de haver essa diferença de criação de uma para outra. Porém, somos guerreiras e não devemos nos abalar por qualquer comentário sem noção conforme disse nossa querida Renata.
    Sou nova leitora aqui no blog, mas já me sinto em casa e adoro as postagens.
    Ahhh… infelizmente não tenho babá e nem quem me ajude na arrumação da casa. O que me deixa mais irritada ainda quando alguém fala que não faço nada. Enfim… o melhor é sempre fazer o que NÓS mães achamos que é o certo para NOSSOS filhos.
    Bjsss

  124. ana paula cerqueira

    me indentifico em todas…

  125. Delicia

    Tenho uma excelente resposta para a frase de número 5… “Adoro ganhar presentes”

  126. Alessandra Calandrini

    Vou deixar tudo isso que VC colocou e que realmente é o que vivo a mais de 15 anos cm minhas três filhas, p o Juiz e o meu ex marido pai de minhas três filhas p ver se eles se espertam e virem verdaxeiros homens e seres humanos

  127. Vanessa Orlandi

    Adorei é bem isso que falam, tenho uma bebê de um ano e dois messes parei de trabalhar para ficar com ela mas escuto isso o tempo todo.

  128. Ju

    Realmente é muito constrangedor certas coisas q ouvimos por ficarmos em casa cuidando dos filhos!

  129. Neida Rodrigues

    gente docéu é bem assim mesmo mais que nada ninguém paga as contas dagente deixe que falem eu ja tive que ouvi que trago minha filha debaixo das minhas asas só prq quero que ela estude se dedique e por amar ela quero sempre perto de mim pois pessoas que agente não gosta não queremos por perto queremos distancia tem filhos que a mãe deixa sair pois não há respeitam batem boca com a mãe maior falta de respeito to nem ai quero minha filha perto de mim mesmo parabéns Naiane é isso ai

  130. Debora

    Pura vdd

  131. Tainá

    Adorei seu post. A minha princesa ainda não chegou falta pouco agora. Trabalho com meu marido na nossa empresa. No começo da gestação precisei fazer repouso e como tive que tomar remédios que me davam bastante sono, cansei de ouvir da sogra que quando ela estava grávida, ela conseguia trabalhar fora e cuidar da casa, enquanto eu não estava fazendo isso. A impressão que tenho é que as pessoas cobram que sejamos perfeitas, mas ninguém é perfeito e vendo relato de vocês vejo o quanto todas nós somos super mulheres e que as pessoas só enxergam os pequenos momentos que falhamos e esquecem de valorizar o quanto batalhamos para sermos mães.

  132. adriana

    perfeito exatamente so faltou uma coisinha voce esta ficando desatualizada

  133. inez amurim

    depois tive minha filha 9 anos continuo depressão,as pessoas falam é frescura,pr isso,to trabalhando em casa.fui chamaada feia,ridicula,implicante.. ore por mim..ja sofri bullyng,na infancia,cuide de seus filhos,para cresça adulto doente,acho ninguem gosta demim..

  134. Aula Focus

    Bom artigo, suas dicas são muito boas. Parabéns pelo seu trabalho

X Leia também: