Como é a pirâmide alimentar por faixa etária?

Alimentação - De Mãe para Mãe - Fases - Publipost11/04/16 By: Juliana Freire
(0) Comentários

 

Oi, meninas!

Tudo bem?

A maioria de vocês já deve ter ouvido falar na pirâmide alimentar. Ela mostra proporcionalmente a quantidade de alimentos que devemos ingerir. Para entender melhor, mostramos aqui uma típica pirâmide alimentar:

 

piramide

 

Na base da pirâmide, são mostrados os alimentos que mais devemos consumir. Quanto mais no topo da pirâmide, menor é a quantidade indicada.

Ou seja, o que mais temos que comer são cereais, pães, tubérculos (batata, mandioca, inhame, cenoura, beterraba…), raízes e massas. Basicamente são os alimentos que têm farinha, os carboidratos que são fonte de energia, por isso devem sim estar presentes em refeições. No nosso cotidiano eles estão presentes no arroz, macarrão, no pão, cereais matinais, torradas etc. Mas atenção: açúcar também é considerado carboidrato, mas está no topo da pirâmide, por isso deve ser consumido em pequenas quantidades!

Logo acima dessa categoria encontramos as hortaliças (alface, acelga, abóbora, couve-flor, espinafre, couve, feijões, entre muitas outras) e as frutas. Isso quer dizer que devemos ingerir esses alimentos sempre, pois são importantes, mas não tanto quanto os carboidratos.

Na categoria acima temos os legumes, carnes, ovos, leites e derivados. Esses são alimentos que são fonte de proteína e ferro, portanto são indispensáveis. Para famílias vegetarianas e veganas, é importante encontrar outras fontes para tais nutrientes, pois eles são muito importantes para o pleno funcionamento do organismo. Para quem come carne, é indicado o consumo de peixes, principalmente de água salgada, que são fonte de ômega 3. Mas lembre-se de não exagerar nas quantidades!

Por último, no topo da pirâmide, encontramos óleos e gorduras, açúcares e doces. Ou seja: sim, eles também são importantes para o organismo, mas devem ser consumidos sem exagero! Gorduras e açúcares são importantes fontes de energia. Além disso, a gordura ajuda a manter a elasticidade da pele e ajudam a regular a temperatura corporal.

Mas afinal, qual é a quantidade indicada para as crianças de todos esses alimentos? Existe uma tabela padrão criada para mães se orientarem na hora de darem comida para os filhos. Confiram como são essas quantidades:

 

piramide1

 

Notem que o modelo segue a pirâmide alimentar que mostramos acima, só com quantidades adequadas para crianças. Também é muito importante lembrar da importância do leite materno no primeiro ano de vida.

 

Esse post é um oferecimento de Sustain, que pode ser oferecido ao seu filho ou filha a partir de três anos como complemento, misturando no leite (confiram na tabela acima que o leite é um item importante na alimentação da criança). Sustain é recomendado porque tem menos açúcar em sua fórmula quando comparado a outras marcas! Os sabores são de chocolate, baunilha, morango e vitamina de frutas com zero de açúcar. Assim, você regula a quantidade dos alimentos do topo da pirâmide!

 

publipost

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Leia também: