As 10 regras de etiqueta para ensinar nossos filhos a comer corretamente!

De Mãe para Mãe03/11/18 By: Renata Pires
(22) Comentários

 

Oi, meninas!

 

No post de hoje vou falar sobre como introduzir regras de etiqueta para os pequenos na hora das refeições!

 

 

refeicao1

 

 

Desde que me entendo por gente, ouvia minha mãe dizer mil coisas sobre o que eu deveria ou não fazer na hora de comer. Tenho certeza que vocês também ouviram bastante!

 

Ensinar nossos filhos a se comportarem à mesa pode exigir paciência (e muita insistência), mas vale a pena! Quando crescerem, eles terão desenvoltura para lidar com todo tipo de situação relacionado ao assunto.

 

 

refeicao4

 

 

Mas é preciso bom senso! A idade da criança é o que vai determinar quando ensinar certas regras de etiqueta. Além disso, o exemplo dos pais, mais uma vez, é o melhor caminho para esse aprendizado!

 

Para ajudá-las, separei algumas regras básicas e as idades em que elas deverão ser introduzidas:

 

 

refeicao3

 

 

Desde sempre:

1) Não comer de boca aberta!

Essa é realmente a regra número 1!! Mesmo quando ainda são bem pequenas, tentar criar esse hábito nas crianças é fundamental!

 

Até os 2 anos:

2) Incentivar a criança a comer com a colher!

Apesar de ser importante a percepção do alimento com as mãos (é uma fase que as crianças passam e, no meu caso, deixei meus filhos fazerem bastante), experimente, sem repressão, fazer com que ela própria tente pegar os alimentos com a colher! Aqui em casa, cada um tem sua colher: eu tenho uma, para dar a comida e eles têm outras, para tentarem comer sozinhos!

 

Aos 3 anos:

3) Os pais podem começar a oferecer o garfo no lugar da colher e trocar o prato infantil por um fundo.

Claro que o garfo será o infantil, com pontinhas mais arredondadas, para iniciar essa transição!

 

4) Aproveite essa idade para ensinar que não se deve ficar batendo os talheres na mesa!

Meus filhos estão nessa fase de bater a colher na mesa, que já está toda riscada… Eu falo mil vezes, mas eles ainda não entenderam…ahhaaha!!

 

Aos 4 anos:

5) A faca sem ponta já pode ser oferecida!

Comece a estimular seu filho a cortar alimentos moles, como a batata, e já posicione as mãozinhas dele segurando a faca corretamente! Além disso, ensine-o a usar a faca (e não o dedinho), para empurrar a comida até o garfo!

 

Aos 5 anos:

6) Substitua o prato fundo pelo raso.

Quando a criança estiver usando o garfo com mais habilidade, faça essa troca de pratos!

 

7) Acabou o uso de cadeirão!

Muitas vezes, podemos liberar a criança do cadeirão antes dessa idade. Mas, é nesta faixa etária que os pequenos já conseguem ver a mesa de cima, o que facilita a alimentação na mesa normal com maior autonomia !

 

8) Levantar no meio da refeição? Não!

Após a saída do cadeirão, a criança tem livre acesso ao chão. É aí que entra essa regrinha de não se levantar durante as refeições!

 

Aos 6 anos:

9) Troque o copo plástico pelo de vidro.

Sempre supervisionando tudo para que não ocorra nenhum acidente! O ideal é sempre encher o copo até a metade, não mais do que isso! Ai, que medo dessa hora..

 

A partir dos 7 anos:

10) Seu filho está pronto!

Você pode ensiná-lo a colocar a mesa corretamente: facas do lado direito, garfo do lado esquerdo e assim vai… É hora também de ensiná-lo a se servir, colocando os alimentos que estão na mesa em seu prato.

 

 

Outras 6 dicas importantes para ensinar aos filhos conforme eles forem crescendo são:

 

1) Não mastigar fazendo barulho;

 

2) Não sair da mesa até que todos tenham terminado a refeição.

 

3) Quando quiser algo que está na mesa, pedir de forma educada, ou seja: “Passa a batata!” está errado! O ideal seria: “Mamãe,  passa a batata para mim, por favor?”

 

4) Não apoiar os braços na mesa.

 

5) Manter a postura! Nada de pernas em cima da cadeira ou coisas desse tipo.

 

6) Aprender o valor da refeição e ver nela um momento agradável com a família reunida! Afinal, são nesses momentos que aproveitamos para nos aproximarmos dos nossos filhos e eles de nós!

 

 

refeicao2

Fontes: Revista Crescer / Universidade da Família

 

Conteúdo exclusivo do site Just Real Moms. 
Categoria: Gravidez, maternidade, blog de mãe, blog para mãe, dicas de mãe, dicas para grávidas, dicas de maternidade.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

22 Comentários:As 10 regras de etiqueta para ensinar nossos filhos a comer corretamente!
  1. Juliana

    Adorei as dicas e seus momentos certo. E vc disse tudo: paciencia e insistência hehehe. Bjs

    • Renata

      Ju, que bom que vc gostou!!! Muita paciência e MUITA insistência! Ahahah!!! Bjsss

  2. Maria Isabel

    muito legal esse tipo de post, estou achando super úteis! quanto a esse assunto, faltou incluir a carinha de nojo pra certos alimentos, rs. Tenho um menino de 2 anos e oito meses, e ele deu pra fazer cara de “eca” quando eventualmente não quer experimentar algo ou quando se sente satisfeito. Tenho ensinado que ele deve simplesmente falar “não quero, mamãe”, “estou satisfeito”.

    • Renata

      Oi Maria Isabel!! Fico muito feliz!! Muito obigada pelo elogio ao post!! Nossa, a carinha de nojo é báááásicaaa, fora quando eles cospem a comida (os meus direto!!)… Vou repetir o mantra “muita paciência e muita insistência…”ahahah! Bjsss

  3. Larine

    E como faz quando a mamãe aqui trabalha, e a ajudando acostumou seu pequeno de 1ano e meio a comer andando…
    Ela fica sentanda e ele come, vai brincar, depois volta e come mais… e assim por diante! Aos finais de semana tenho sofrido para faze-lo comer conosco na mesa…
    O problema é que não comprei cadeirão, só o adaptador! Será que ainda vale a pena comprar?
    O que vcs acham meninas…
    Agora, tudo bem que o importante é que ele coma bem (disso não posso reclamar), mas e para conseguir faze-lo ficar quietinho em restaurantes, praças de alimentação…

    • Renata

      Oi Larine!!! Você não consegue estipular um horário certinho para ele sentar à mesa todos os dias? Com certeza te facilitará! Ele vai bem no adaptador? Você não tem alguém que te empreste um cadeirão, para você não precisar comprar ã uma altura dessas do campeonato?
      Nossa, mas dê Graças a Deus que ele come bem!!!! Isso já é incrível!! Porque aqui em casa tá difícil… só querem macarrão!!!!!
      Leva brinquedo, IPad e um copinho dele quando você levá-lo para restaurante. E passeia bastante com ele, leva ao banheiro, no jardim, enfim…em algum lugar q dê para ele olhar outras coisas! Com certeza ajudará!!
      Mil Bjss

  4. Mariana

    Oi Rê,
    AMEI! É sempre bom ter esse roteirinho à mão.
    Pego tanto no pé das meninas que já aconteceu de estarmos em um restaurante, e uma delas falar (ALTO): “Mamãe, aquele menino tá comendo de boca aberta, e com o cotovelo na mesa!” E completou:” E ele é grande !!!”

    PODE?? Bom, pelo menos, isso ela aprendeu…
    Beijos

    • Renata

      Oi Mari!!!! Fico muito feliz quando você comenta aqui!!!! Elogios vindos de vc, que considero uma SUPER mãe, são uma honra! Muito Obrigada mesmo!!
      Ahahahhahaahah dei muita risada com uma delas falando alto que o menino tá comendo de boca aberta!!!! Fofa demais!!!!!! É para vc ver como está dando certo o jeito que vc faz!!!!!! Mil bjss e muito obrigada novamente!!!

  5. Juliana

    Gostei muito desse post, tenho dois filhos, uma menina de 4 anos e um menino de 2 anos e 3 meses, e nao usam mais o cadeirao a muito tempo, tirei eles do cadeirao com 1 ano e meio e deu super certo, achei 5 anos muito tarde.
    Eu coloco uma almofada alta na cadeira e eles sentam-se a mesa comigo e meu marido, e jantamos/almocamos todos juntos.
    Acredito que ensinar, ter uma rotina de sempre sentar a mesa junto durante as refeicoes da super certo, e ai quando quiser sair pra comer fora, ou ir a casa de alguem as criancas sabem se comportar.

    Um beijo 🙂

    • Renata

      Oi Ju! Fico feliz que tenha gostado!! Talvez 5 anos seja um pouco tarde mesmo para tirar o cadeirão… Concordo com vc que a rotina de jantar/almoçar na mesa faz com que as crianças se comportem melhor em lugares públicos!! Vou tentar desde cedo fazer com meus filhos também! Tomara que funcione!!! Mil bjs e muito obrigada!

  6. Lílian Nunes

    Olá
    Gostei da matéria.Confesso que estou um pouco sem rumo,pois meu filho vai fazer 1 ano e 11 meses e não come com a colher.Ele come com a mão,deixo uma colher para ele,mas fica mas como enfeite…rara são as vezes que ele a pega.
    Ainda não frequenta escolinha.
    Mamães vcs teriam alguma dica???
    Obrigada

  7. Gabriela

    Boa tarde! Sempre leio o seu blog mas dessa vez tenho que comentar que não consegui concordar com ele. Minha filha tem 1 ano e 7 meses e nunca consegui fazer ela realizar nenhuma refeição no cadeirão ela chorava ate a gente tirar ela. Desde os 7 meses ela se senta na mesa comigo e meu marido, primeiro no nosso colo até passar a cadeira sem nenhum adaptador. Ela usa exatamente o mesmo prato que nós somente os talheres são diferentes para que ela possa se alimentar. Acho que o mais importante em qualquer refeição é a criança estar confortável. Minha filha tem uma alimentação excelente adora frutas e verduras e é daquelas crianças que preferem uma fruta a una guloseima.

    É importante ressaltar que cada criança tem seu ritmo ! Bjs s .

  8. silwyane dias

    Achei super legal esse post pois meu filho estar entrado nessa fase de começar a comer sozinho ele tem 1 ano e 6 meses me serviu para esclarecer muitas coisas !

  9. Jaqueline

    Meu filho já está com quase 6 anos e aprendeu tudo certinho. Com paciência da tudinho certo. E é muito gratificante estarmos em um restaurante ou na casa de outras pessoas e recebermos elogios por isso!

  10. Fatima

    Minha filha tem 5 anos já está comendo em prato raso com garfo e faca. E já estamos ensinando a por a mesa. Uma graça, adora ajudar em casa.

  11. Lourdes

    Juliana e Renata
    Talvez seja bom incluir nos últimos tópicos, que maneira pegar o garfo.
    Há pessoas que pegam o garfo como se estivesse num guidom de bicicleta, e aí as mobilidades do mesmo ficam
    restritas.
    Se pegar o garfo como se pega um lápis por exemplo a mobilidade com o mesmo são infinitas.
    Obrigada por usar a internet para o bem!
    Um abraço Lu… (avó dá mimos, mas também educa rss..)!

  12. edna oliveira

    Disse coisas cheio coisas que ja seimais aguda outros que nao sabe otimo parabens.

  13. Maura

    Estou na fase de 3 e de 5 está dificil tudo isso rs

  14. Catarina

    Usei todas as dicas que você deu, só que todas com um ano a mais. Deu muito certo aqui. Meu mais velho tem 8 anos e o do meio 5 anos. Bom,o bebê ainda é muito bebê. 🙂

    • marina

      amei, perfeito, obrigada.

  15. Hannaly patuzzo

    a minha mãe sempre diz essas coisas para mim quando estou à mesa de alguém ou na nossa mesa.Mamãe sempre gosta que comemos todos juntos. Gostamos demais dessas dicas!!!!!!!!

    quem obedece a essas regras de etiquetas heimmmmmmmmmm

  16. Jucelei de Jesus

    Tenho uma neta de 8 anos que esta me deixando mis velha do que já sou,não obedece, faz manha, birra, quero,quero.
    Até já bati nela mas não adianta, gostaria que ela se comportasse gosta muito de se exibir, chamar a atenção para si não é responsável com suas coisas, tem tudo em todo canto da casa. Não esta nen ai quando falo com ela .

    Ela esta comigo desde 4 mese de idade, ela e o pai, ele passa muito a mão na cabeça dela muitas veses apoia a choradeira outras não.

X Leia também: