Mãe tigre ou mãe coruja? Impactos na personalidade dos nossos filhos!

De Mãe para Mãe02/02/20 By: Juliana Freire
(6) Comentários

Oi, meninas! Tudo bem?

Virei super fã do escritor Marcos Meier e resolvi colocar mais um texto dele para vocês… Já publicamos dois outros textos dele aqui no blog sobre como elogiar seu filho da maneira correta (AQUI) e como criticar seu filho da maneira correta (AQUI).

O texto que selecionei para hoje explica como o perfil da mãe impacta na criacão da personalidade das crianças. Sou uma mãe MEGA coruja e protetora e depois que li esse texto repensei um pouco sobre minhas atitudes… Esse tipo de texto faz a gente refletir e tentar melhorar a maneira de educar nossos filhos para que eles sejam pessoas SEGURAS e principalmente FELIZES!

Vejam o texto:

 


 

Disciplina excessiva! A mãe-autora do livro “Battle Hymm of the Tiger Mother” (Hino de Batalha da Mãe Tigre) critica a maneira ocidental de criar filhos dizendo que somos muito permissivos e não exploramos o potencial deles.

Mas afinal, o que é certo e o que é errado na criação dos filhos?

Há inúmeras pesquisas científicas de psicólogos e educadores de renome apontando o melhor perfil na hora de educar as crianças. Ao passo que a mãe tigre não é psicóloga nem educadora de crianças, tampouco pesquisadora. Trata-se de uma especialista em direito e professora de adultos.

Para não ficar teorizando aqui, vejamos os três perfis mais “problemáticos”:

Perfil autoritário – atrapalha o desenvolvimento da autoestima e da personalidade das crianças. O maior índice de suicídio entre crianças e adolescentes está aqui.

 

mom

 

Perfil superprotetor – não desenvolve a autonomia das crianças fazendo-as frágeis emocionalmente e dependentes de alguém que oriente e diga o que fazer em cada situação. Quando adultos, têm dificuldades em aceitar novos projetos e medo de tomar iniciativa.

 

mom2

 

Perfil negligente (a maioria dos pais ocidentais) – é o pior perfil de educador. Seus filhos não desenvolvem autonomia, têm baixa autoestima e não resistem às frustrações da vida.

 

mom3

 

Os três perfis trazem problemas para o desenvolvimento da personalidade das crianças. Mas então, o que fazer? O melhor é assumir o perfil “participativo” no qual os pais equilibram muito bem as exigências e as obrigações com o estar junto, brincar, ouvir, conversar, incentivar e, principalmente, construir um bom vínculo com os filhos. Pais participativos têm filhos felizes e realizados como seres humanos. Se a “mãe tigre” tem perfil autoritário, erra. Se a “mãe coruja”, que tem a tendência de superproteger aceitando como “lindo” qualquer resultado de seus filhos, também erra. O ideal é o equilíbrio: ser participativo. É científico, real, de muito bom senso e ideal para crianças emocionalmente saudáveis!

 

MARCOS MEIER é mestre em Educação, psicólogo, escritor e palestrante. 

Conteúdo exclusivo do site Just Real Moms. 
Categoria: Gravidez, maternidade, blog de mãe, blog para mãe, dicas de mãe, dicas para grávidas, dicas de maternidade.

6 Comentários:Mãe tigre ou mãe coruja? Impactos na personalidade dos nossos filhos!
  1. mariana

    Jú,
    Parabéns! AMEI!
    Beijos Mari

  2. Juliana

    Sempre o bom é o meio termo, mas confesso que não é fácil deixar de ser mae coruja ou mae protetora etc etc. Adorei o post, bjs!!!

  3. debora castilho

    Posso dar uma dica ?? falta o botaozinho de compartilhar os post de vocês pelo face…para mim aqui só aparece o curtir…
    bjus amo amo amo ler cada post.

    • Juliana

      Oi Deborah, vc nos deu uma excelente idéia! Vou pedir agora para o programador do site tentar incluir esse botão. Muito obrigada
      beijão

  4. Isabella Palhares

    Adorei o post! Amo o blog de vcs.

  5. Luciana Dias

    Não sei como agir. Não sei dosar.

X Leia também: