10 coisas “não glamourosas” sobre a maternidade

De Mãe para Mãe11/04/19 By: Renata Pires
(15) Comentários

 

Oi, meninas!

A maternidade, sem dúvidas, é a melhor coisa que aconteceu comigo. Minha vida se resume em AM (antes da maternidade) e DM (depois da maternidade). Foi realmente um marco para mim! Mas todas nós sabemos que a frase “A maternidade é uma maravilha 24 horas por dia” não é real.

Desde que estamos grávidas, somos bombardeadas por imagens lindas de recém-mães perfeitas (e magras) que estão estampadas por toda parte, em todas as mídias. Além de crianças impecáveis, com cabelos sem um fio fora do lugar, meninos com roupas limpíssimas, menininhas com penteados incríveis e bebês que dormem a noite inteira desde os 2 meses de vida… Pois vou contar uma coisa (que provavelmente vocês já sabem): nem tudo é glamour na maternidade.

Pensando nisso, fiz uma seleção com as coisas menos glamourosas da maternidade! Tenho certeza de que com algumas delas vocês se identificarão!

 

maecansada1

 

Vamos à lista:

1) As recém-mães não conseguem viver impecáveis!

Sem querer desanimar, mas não tem como as mães (principalmente de recém-nascidos) viverem impecáveis. Não quero dizer que depois do nascimento de nossos filhos somos privadas de nossa vaidade e passamos a viver largadas. Mas, sim, que a maternidade é mais do que a plenitude da mulher, é também um marco de mudança de prioridades, no qual nós mesmas ficamos naturalmente em segundo plano. O bebê precisa de cuidados, a amamentação requer tempo. E, como disse acima, a prioridade no momento é outra.

 

maecansada

 

2) A casa não ficará tão arrumada!

Da mesma forma em que as recém-mães não conseguem viver impecáveis, os cuidados da casa, então… Ficam para terceiro plano! Com certeza nós preferimos tomar um banho mais demorado ou dormir (se é que é possível), do que deixar a casa perfeita. Além disso, se despeçam da decoração… Os brinquedos e acessórios do bebê vão tomar conta da casa inteira!

 

casaposfilhos2

 

3) Amamentar não é tão fácil!

Requer paciência e no começo dói. É um ato maravilhoso e um dos mais nobres, porém, não é tão simples. No início pode rachar o bico do seio e até sair sangue, pode empedrar o leite, mas quando a gente “pega o jeito” não tem coisa melhor!

 

amamentar

 

4) Sim, existirão MUITAS noites sem dormir!

Poucas são as sortudas cujo os bebês dormem a noite inteira sem chorar! Quando você se torna mãe, tem que ter disposição para essa vida noturna. Muitas vezes vocês vão implorar por uma boa noite de sono (ou apenas algumas horinhas)! Vocês aguentarão ficar sem dormir, mas o desejo de fechar os olhos por horas seguidas irá persegui-las muitas e muitas vezes!

 

maecansada3

 

5) Seus carros nunca mais serão os mesmos!

Sabem daquele carro sempre limpinho, com cheirinho gostoso? Eu não sei mais!! Depois de ser mãe meu carro virou um verdadeiro ninho de rato! Migalhas de biscoito de polvilho, bolachas, brinquedos, pés de meia avulsos, garrafinhas de água, e o que mais vocês imaginarem! Por mais que eu mande o carro para lavar, ele está sempre parecendo bagunçado e sujo!! Já me conformei com isso, apesar do meu marido (que não leva quase nunca as crianças no carro dele), sempre reclamar de mim!

 

carroposfilhos

 

6) Preparem-se para ficarem muito mais doentes!

Quando as crianças entram na escola, as tais das viroses começam a atacar os pequenos, o que já é de partir o coração de qualquer mãe. Mas, o que ninguém me contou, era que nós, mães, também pegaríamos essas viroses! Se eu falar que quintuplicou a quantidade de vezes em que eu fico doente, não estarei mentindo. Dor de garganta, febre, virose que ataca o estômago etc. Toda hora é alguma coisa! Socorro!

 

maedoente

 

7) Vocês não passarão (por um bom tempo) nenhum dia sequer sem ouvir um choro!

Durante os 3 anos e meio em que sou mãe, não passei nenhum dia sequer (a não ser os que viajei sem eles), sem escutar um choro! Mesmo que sejam aqueles fingidos, de pura manha ou chantagem emocional! Tem dias que é o dia inteiro e eu fico de cabelos em pé! Mas, em contrapartida, não teve um dia sequer que não ganhei e não dei um sorriso, um abraço, um beijo…

 

bebechorando

 

8) O cocô e o xixi de seus filhos serão parte de vocês!

Antes de ser mãe vocês tinham nojo de cocô e de xixi? Pois bem, após a maternidade, isso começa a fazer parte da gente. Muitas vezes em nossas roupas e mãos. Outras, no chão ou até no sofá com estofado branquinho da sala, que disfarçamos com uma manta jogada por cima ou almofadas que não têm muito a ver. Quando são bebezinhos, o cocô mal tem cheiro, mas quando crescem um pouco mais o “bicho” começa a pegar…

 

trocarfraldas

 

9) A vida social ficará um pouco de lado!

Para não dizer muito! Quando o bebê é recém-nascido não tem nem como, pois mamam em curto espaço de tempo e acordam bastante durante todo dia e noite. Mesmo depois que crescem um pouco, vocês sairão de vez em quando para jantar, mas não se iludam: vocês não sairão com a frequência com que saíam antes de ter filhos.

 

sabadoanoite

 

10) Cansadas, porém, felizes!

Apesar de todo o lado “B” (que poucas pessoas assumem sobre a maternidade), o lado “A” glamouroso, delicioso, e prazeroso é totalmente predominante! Vocês ficarão exaustas, haverá dias em que só irão querer dormir ou ficar sem ouvir um choro. Mas, na grande maioria das vezes, estarão realizadas de ter um serzinho que nasceu de dentro de vocês, olhando para vocês, sorrindo, e se desenvolvendo dia após dia! Se permitam descansar e a ficarem cansadas! Respeitem a si mesmas! Lembrem-se de que seus bebês dependem de vocês e vocês precisam estar inteiras para eles!

 

maefeliz

 

 

Conteúdo exclusivo do site Just Real Moms. 
Categoria: Gravidez, maternidade, blog de mãe, blog para mãe, dicas de mãe, dicas para grávidas, dicas de maternidade.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 Comentários:10 coisas “não glamourosas” sobre a maternidade
  1. Carolina Scheuer

    Obrigada por este post, me identifiquei com TODOS os ítens. Hoje, em especial, me vi no número 6 pq estou de cama pela segunda vez em um curto espaço de tempo e, claro, sem poder realmente descansar pq com filho pequeno não dá para desligar total, mesmo tendo ajuda. De verdade, não tinha pensado que eu tb ficaria mais doente qdo ele entrasse na escola, mas faz todo sentido até pq, com a vida corrida que a gente leva, a resistência do sistema imunológico fica super comprometida. Acho, do fundo do coração, que a maternidade nós torna mais humanas por nos obrigar a reconhecer e a lidar com nossos limites e nossa impotência, mas, ao mesmo tempo, nos faz reconhecer nossas forças e coragens. Ser mãe é uma experiência única, caótica e transformadora, mas milagrosa e iluminada, olhar aquele serzinho crescendo primeiro dentro e depois fora da barriga e saber que vc tem uma participação ENORME e FUNDAMENTAL naquela obra prima, não tem preço 🙂

  2. cristiane

    Acho que poderia colocar mais um tópico:Os das Vacinas. Apesar de fazer parte da imunização de um série de doenças e uma das partes mais dolorosas do bebê. Dores nas perninhas, choros gritados,os olhinhos chorosos te pedindo ajuda …e de cortar o coração. Nunca vou esquecer destes dias.

    • Vany Zaky

      Eu concordo com a Cristiane. O tópico “Vacinas” é o único pesadelo da minha viagem como mãe. A minha princesa tem 3 meses e até agora considero que faço parte da baixa percentagem de mães sortudas, pois a minha princesa não da grande trabalho. Todavia o dia da vacinação e os 3 dias seguintes foram um pesadelo autêntico, sobretudo porque foi a primeira febre dela. Dói na alma!!!

  3. alda

    Muito boa a sua esplanaçao. E tudo assim mesmo. E com certeza o sentomento maior è de realizaçao.

  4. Fabiola

    Concordo, e adoraria ter lido esse post antes da minha bebê nascer! Rsrs.

    Eu acrescentaria os hormônios descontrolados e choros da mamãe …. Muito freqüentes logo após o nascimento!

    Beijos e parabens pelo lindo blog.

  5. Raquel

    Gente, eu sou mãe de uma menina de 8 anos e um menino de 6 anos. Quanto ao item 8, eu acrescento que o coco e o xixi farão parte de sua sobremesa… Você da de comer para as crianças e quando começa a comer fatalmente alguém vai gritar “Mãe, acabei!”… Acabou o quê???? o cocô! Você vai lá, limpa, as vezes mastigando a comida que acabou de colocar na boca, volta e continua a comer, como se nada tivesse acontecido!
    Outra coisa que comprovei é que filho é igual vídeo game, sempre tem uma fase mais difícil e você vai ter que matar ou ajuda-lo a matar o monstro daquela fase! Kkkk
    Tem que ter muito bom humor senão a gente pira!

  6. Eclésia Silva Lisboa.

    Amei

  7. nena

    Adorei o comentário da Raquel principalmente a parte do ;mãe acabei!!! Cabou o q??? O cocô kkkk…me lembro q era assim mesmo. Agora sofri demais com os seios q parecia q o bico iria cair,me idendifico com esse…se fosse hoje não seria mais assim pois minha filha thamiris teve um bb Lorenzo e amamenta com um bico d silicone … graças a Deus num agredio o bico dos seios dela.Eu indico pois ele ja esta com trez meses e só mama com o bico…Meu netinho eh lindo Lorenzo Bismark Martins Nascimento

  8. ELIANDRA GUTH

    Oi Pessoal! Adorei o Post! E é isso mesmo! Tenho uma menina com 1 ano e 7 meses chamada Maria Fernanda e estou grávida de 7 semanas do segundo filho! Estou muito feliz por já ter engravidado. Com a Maria Fernanda foi muito tranquilo, tive parto normal (porém nasceu prematura com 34 semanas mas muito forte), amamentacão foi legal, dorme super bem desde os 8 meses em seu quarto já, não acorda a noite, e muito amada e querida, mas também tem muita energia! Próximos dias vai comecar a frequentar a escolinha, espero continuar assim com essa tranquilidade. E espero também o bebe que estou esperando ser traqnuilo como foi com ela. Um item que acho indispensavél ter em algum artigo de voces é sobre o parto normal.. é algo divino, todas as mulheres deveriam ter essa experiencia e também as pessoas pararem de falar mal sem saber como é antes. A dor é suportavél, o orgão genital volta ao normal e sem contar que ajuda muito para o bebe ser querido. Amo ser mãe!!!

  9. Elizangela

    Me identifiquei com todos os itens.Tenho uma Filha de 1 ano e 2 meses.A maternidade pra mim foi muito difícil no começo,tive os seios rachados, minha bebê teve cólicas que duravam da 24:00 até 07:00 da manhã, isso durou 3 meses.
    Sem contar que tive depressão pós parto, Deus me livre, não desejo isso para ninguém. Mas graças a Deus passou.
    O bebê tem cada fase. A fase dos dentinhos, que a minha filha sofre desde o primeiro dentinho, fica mto agitada, chora noite, etc.
    Mas enfim, a maternidade é difícil, mas sem sombra de dúvidas é a mrlhor coisa que poderia acontecer na vida de uma mulher, e concerteza passaria por tudo isso novamente. AMO SER MAMÃE 🙂

    • maria Fernanda

      Sou mãe de gêmeos também e, embora ame a maternidade passei por tudo isso. Foi difícil, o primeiro mês dificílimo. Mas sobrevivemos. Sou mãe visceral, leoa, nasci pra ser mãe. Hoje eles estão com 5 anos e cada fase tem sua magia.

  10. Alice

    muito bom esse blog amei …

  11. Gi Magalhães

    Valeu pelo post, ri muito, tenho dois bebês um de 2anos e 9meses e outro de 1aninho, nesse período não me lembro de ter ficado doente, acredito que não fiquei mesmo, mas todos os outros itens retratam minha realidade, o carro então …rssssss… vocês fotografaram o meu? rsssss…É mesmo muito trabalho, são mesmo muitas noites sem dormir ( domir? o que é isso mesmo?) mas a felicidade é a maior já existiu. Bjos, força, foco e fé.

  12. Doroty Elias

    Mas vale.a pena muito bommmmm compensador!!!!

  13. Karina

    Gostaria de receber novidades por e-mail é possível?
    Obrigada

X Leia também: