Super-Bat-Mãe-Maravilha – por Patrícia Chaccur

De Mãe para Mãe19/06/17 By: Renata Pires
(0) Comentários

 

Olá!

No post de hoje, mais um texto maravilhoso da nossa colunista Patrícia Chaccur! Tenho certeza de que vocês se identificarão!

Mil Bjss

 

patricia chaccur

 

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………

 

São 6:09 da manhã de sábado e você recebe essa mensagem do seu filho, no primeiro dia em que ele saiu de casa com um celular para poder se comunicar se tiver algum problema.

Está numa festa do pijama. Tem 9 anos. Ficaram brincando até 1:30 da manhã. Às 5 ele acordou e perdeu o sono. Está muito escuro, os amigos todos dormem e ele está inseguro. Duas palavrinhas na mensagem dele cortam seu coração: “me ajuda”.

O que você faz?

Seu desejo imediato é entrar na máquina de teletransporte e se materializar lá, no meio de 14 cabanas, 14 colchonetes e 14 moleques, para fazer um cafuné no pequeno até que ele durma, sem que ninguém perceba. Afinal, você não pode ser menos eficiente do que os super-heróis que ele tanto venera.

Você tira a máquina do esconderijo secreto, mas ela está sem bateria. E agora?

(a) Sugere que ele conte carneirinhos – ele vai te achar louca.

(b) Grava um áudio com a canção de ninar que cantava para ele no berço. Ai, que démodé…

(c) Pede para ele escutar a playlist “Deep Sleep” no Spotify. Não, moderno demais.

(d) Recolhe-se à sua insignificância como simples mortal e manda mensagem para a mãe do aniversariante, morrendo de vergonha por acordá-la, e pede que ela vá acalmá-lo.

Mães deveriam ter superpoderes. Ponto.

 

Super-Bat-Mãe-Maravilha - por Patrícia Chaccur

 

Para reler o post anterior da Patrícia Chaccur, clique AQUI.

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Leia também: