728 X 90

“Sogra vs. Nora”: afinal quem é a vítima ou a vilã? As 10 regras para melhorar o relacionamento!

— Por Juliana — outubro 10, 2012

 

Oi, meninas, tudo bem?

 

Esse foi, sem dúvida, o post mais difícil que escrevi até o momento! Tenho muitas amigas que reclamam sobre a relação com a sogra e tive a ideia de escrever sobre esse assunto que, apesar de polêmico e delicado, é extremamente interessante.

 

Descobri que essa relação começa, de fato, depois que nascem os netos! Nascem os netos e, também, as sogras e as noras! rsrsrrs…

 

 

Minha relação com minha sogra é maravilhosa, ela me trata como filha e amo ela de paixão! Então, para buscar inspiração para escrever este post, fui conversar com algumas amigas “noras” e com algumas “sogras” para entender os reais problemas desta relação!

 

Não tenho nenhuma experiência técnica ou profissional para dizer o que é certo ou errado, simplesmente juntei as reclamações dos dois lados e elenquei os pontos mais críticos. É importante sublinhar que a relação entre noras e sogras só vai melhorar se as duas partes estiverem dispostas e abertas para isso!

 

Adorei a citação que encontrei no site Agir e Pensar: “As noras certamente não sabem como é difícil abrir mão de um filho para que ele vá viver com outra pessoa, mas elas um dia saberão, pois terão os seus próprios filhos e as sogras um dia também já passaram por situação semelhante ao se casarem com filhos de outras mulheres. Existem sogras que aprenderam com sua própria experiência e procuram fazer diferente em sua relação com as noras. E as noras, que um dia serão sogras, também terão essa oportunidade. É um ciclo sem fim. Essa é a reflexão que deve estar aberta nessa relação. Não existe vítima ou vilão, apenas duas pessoas exercendo papéis da forma como a vida ensinou à elas.”

 

 

 

As 10 regras de comportamento IDEAL para as SOGRAS:

 

1) Independentemente da intimidade que você tenha na casa de seu filho, é importante sempre ligar antes de qualquer visita. Lembre-se: ligações antes das 8h ou depois das 22h são inconvenientes para casa com crianças!

 

2) Dê preferência para as visitas no período do dia, pois a noite é a hora do jantar, do banho e do sono e, com certeza, uma visita neste horário irá atrapalhar toda a rotina do bebê. É legal, também, ligar antes da visita para ver se estão precisando de algo como fraldas, comidinhas ou qualquer outra coisa do tipo. Não visite a casa do seu filho apenas para ver o neto, pelo menos disfarce!! rsrsrsr…

 

3) Arrume sua casa para seus netos! Quanto mais aconchegante a “casa da vovó” estiver, maior a vontade deles de lhe fazer uma visita. Tenha brinquedos, berço (se possível), comidinhas para crianças etc. Toda mãe gosta de ver seu filho bem recebido!

 

4) Quando estiver tomando conta dos netos, dê 100% de atenção para eles. As mamães (principalmente as de 1º viagem) ficam bem inseguras em deixar os filhos para outras pessoas cuidarem, então transmita a segurança que ela pode contar com você! “Devolva” o neto limpinho, se preocupe com os horários corretos da rotina dele, tenha atenção absoluta quando ele estiver brincando. Dedique-se 100% à ele enquanto estiver sob sua responsabilidade!

 

5) Respeite a rotina e hábitos de seus netos: não interfira na educação que sua nora quer transmitir, respeite os horários estipulados e, principalmente, a alimentação. Se a mãe não quer dar chocolate ou fritura (por exemplo), não é para insistir e nem julgar!

 

6) Não tente tirar informações com as babás! Algumas amigas me disseram que as sogras fazem isso!! rsrsrs… Acredite que, independentemente do assunto, ela contará tudo para sua nora, por mais discreta que tenha sido a pergunta!

 

7) Dê um tempo para que eles possam sentir sua falta! Por mais legal que seja a relação entre sogras, noras e netos, ninguém gosta de visitas TODOS OS DIAS… Tenha bom senso! Dê espaço para não ser uma intrusa no dia a dia da família de seu filho!

 

8) Você também já foi mãe de primeira viagem e, com certeza, cometeu erros! Deixe sua nora errar e aprender com os erros dela, não é legal você interferir em todos os assuntos! Esteja pronta para ajudar sempre que ela solicitar ajuda, caso contrário, contenha-se!

 

9) Acredite: sua nora é sim capaz de ser uma boa esposa, mãe e dona de casa! Se o seu estilo de vida for muito diferente do estilo de vida de seu filho e nora, não interfira! Não é por que seu filho foi criado de uma forma (com a sua educação) que ele não é capaz de (ou até prefira) viver de outra forma! Não tente incluir seu estilo de cuidar da casa ou de sua família o tempo todo. Respeite o estilo de vida de cada um!

 

10) Esteja disposta a melhorar a relação! Esforce-se para agradar e, apesar das diferenças, respeite sempre sua nora!  Não use indiretas, seja franca em seus comentários e seja a mesma pessoa na presença ou não do seu filho! Já ouvi histórias em que as sogras se transformam quando estão sozinhas com as noras!!!

 

As 10 regras de comportamento IDEAL para as NORAS:

 

1) Estipule um dia da semana para ser o “dia da vovó”! Isso vai “acalmar as sogras” que vão se sentir seguras de que terão um tempo com seus netos. Esse dia pode ser na sua casa ou na casa dela. Acho superimportante a relação entre vovós e netos e não podemos jamais tirar essa experiência de nossos filhos, certo? Aproveite esse dia para ter um tempo só seu e fazer suas coisas com tranquilidade… Acredite, seu filho voltará inteiro!

 

2) Não envolva seu marido em todas as discussões, tente resolver os problemas diretamente com sua sogra! Isso mostrará maturidade da sua parte e, com certeza, ela passará a lhe respeitar mais. Entenda que seu marido está em uma situação complicada: “O homem fica no meio de dois pólos importantíssimos de sua vida, a mulher que ele escolheu e a mãe. Nenhuma pode, em absoluto, ocupar o lugar da outra, isso não existe e quando se aceita essa condição tudo se torna mais fácil. Se o respeito predominar e cada uma respeitar o espaço da outra esses dois pólos não precisarão ser opostos e sim complementares.” (citação do site Agir e Pensar)

 

3) Esforce-se para ter uma boa relação! Não tem nada pior do que uma nora em casa de cara fechada e emburrada! Lembre-se que, antes de casar, certamente você se esforçava mais para “agradar” sua sogra, não é mesmo?

 

4) Tente ser coerente nas proibições. As mesmas proibições e regras para sua sogra deverão valer para sua mãe também! Descobri que o que mais incomoda as sogras são as diferenças de direitos entre as duas vovós!

 

5) Chame sua sogra para uma conversa franca e de coração aberto para melhorar a relação: se estiver com algum problema, não finja que nada está acontecendo! Tente falar o que incomoda em uma única conversa, de forma “delicada” e, de preferência, longe dos outros. Chame-a para um café, só vocês duas. De forma madura, junte todos os pontos que a incomodam… Mostre-se desarmada e diga que quer o melhor para a família dela e sua!

 

6) Confie na sua sogra! Ela tem seus méritos, afinal soube criar muito bem o filho dela que você escolheu para ser seu marido, certo? Se ela te der algum “conselho de mãe”, esteja aberta e acredite na experiência dela.

 

7) Não entre em competição explícita com sua sogra. Nunca peça para seu marido escolher entre as “duas famílias”. Lembre-se que sua sogra conviveu com o filho muito mais do que qualquer pessoa, por isso, nem pense em tentar afastar o filho da mãe. Isso nunca funciona!

 

8) Intimidade com ressalvas! A intimidade do casal deve ser preservada acima de tudo. Se você dá intimidade, também concede liberdade para que ela entre em sua vida!

 

9) Reserve (um pouco) do seu tempo para ela: se ela valoriza “mostrar os netos para as amigas”, por exemplo, faça-o de vez em quando. Participe um pouco da vida dela (esporadicamente e na medida do possível) ou mostre interesse.

 

10) Deixe as regras claras: informe os horários, rotina, cardápios e vontades do seu filho de forma clara! Quanto mais claras as regras estiverem, melhor para todo mundo! Não ache que alguns temas ou assuntos são óbvios, pois cada um tem sua forma de ver e viver a vida!

 

 

(52) Comentários do Leitor

  1. Fernanda
    Responder →
    10 de outubro de 2012 at 17:01

    AMEI o post! Como eu faço para miha sogra ler? E agora? Estou desesperada pois ela não tem o habito de entrar nainternet!

    • Juliana
      Responder →
      10 de outubro de 2012 at 17:06

      Oi Fe, que bom que você gostou! O que acha da idéia de imprimir e mostrar para ela? Ahahahah situação difícil! Beijos e muito obrigada por entrar no blog! Mil beijos

  2. 10 de outubro de 2012 at 17:58

    Parabéns pelo post!!! Sempre entro no site, mas não tenho o hábito de comentar, mas este não resisiti!!! hehhehe

    • Juliana
      Responder →
      10 de outubro de 2012 at 18:06

      Oi Mi, que bom que você gostou! É um tema delicado mas que merece reflexão, né? O ideal é sempre buscarmos a melhor convivência familiar! Obrigada pelo comentário. Mil beijos

  3. 10 de outubro de 2012 at 18:25

    Esse post merece compartilhamento geral!!! Muito bom!!!! Principalmete o: respeite a rotina e hábitos dos seus netos! Ahahahahah! AMO o blog meninas! bj

    • Juliana
      Responder →
      10 de outubro de 2012 at 23:22

      LAura, fiquei muito feliz que vc gostou!Compartilha sim, é legal todos terem a oportunidade de ler. Mil beijos

  4. 10 de outubro de 2012 at 18:33

    Ju, muito bem escrito, parabens... bjs

    • Juliana
      Responder →
      10 de outubro de 2012 at 20:49

      Obrigada Ro. Mil beijos pra vc querida!

  5. Fernando
    Responder →
    10 de outubro de 2012 at 19:00

    Oi, gostei de ler sobre Esse ass unto! As 03fotos postas estao otimas!rs parabens,

    • Juliana
      Responder →
      10 de outubro de 2012 at 23:20

      Muito obrigada pela participação Fernando! é bom termos um olhar masculino no blog. Tks

  6. Fernanda Pires
    Responder →
    10 de outubro de 2012 at 19:09

    Amei! Parabens pelo post, sucesso bjao

    • Juliana
      Responder →
      10 de outubro de 2012 at 20:48

      Tks Fe, fiquei feliz que vc gostou. Mil beijos

  7. Pri Farisco Rocha Leite
    Responder →
    10 de outubro de 2012 at 19:54

    Meninas, post INCRÍVEL. Compartilhando já! Parabéns!!

    • Juliana
      Responder →
      10 de outubro de 2012 at 20:47

      Pri, vindo de você o elogio é maior ainda! Muito Obrigada, mil beijos Ju

  8. Nereide Vallido
    Responder →
    10 de outubro de 2012 at 20:43

    Excelente post , mabrouk

    • Renata
      Responder →
      13 de outubro de 2012 at 0:11

      Que bom que gostou Nereide!!!! Mil bjsss e muito obrigada!!

  9. 11 de outubro de 2012 at 0:24

    Bombou!!!!!! Vou compartilhar!!! Parabens Julianaaaaaa!

    • Renata
      Responder →
      11 de outubro de 2012 at 0:30

      Caruzita, compartilha! Vale a pena!! A Ju mandou muito bem neste post!!!! Mil Bjss bonita!

  10. 12 de outubro de 2012 at 13:26

    Adorei o post! Vou ter um bebe e certamente toda essa informaçao será muito util!!! Beijo

    • Renata
      Responder →
      12 de outubro de 2012 at 23:27

      Oi Erika!!! Que bom parabéns!!!! Está grávida de quanto tempo?? Essas informações são super importantes para manter um bom relacionamento com a família do marido!!!!! Mil bjs e obrigada!!!!

  11. Suzana
    Responder →
    13 de outubro de 2012 at 0:09

    Adorei o post, super útil!!! Bjs.

    • Renata
      Responder →
      13 de outubro de 2012 at 0:13

      Muito útil né Suzana!!! Para acabar com os atritos e desmistificar a relação entre nora e sogra!!! Mil bjs e obrigada!!

  12. 14 de outubro de 2012 at 11:47

    Oi Renata, Estou de 6 meses... Como é minha primeira filha, estou com medo de como será o relacionamento com minha sogra, que não é uma pessoa muito fácil. Mas acredito que sempre com uma boa conversa e deixando as coisas bem claras, ajudamos a minimizar os atritos... Parabéns pelo blog! Conheci recentemente e adorei. Agora leio sempre! beijos.

    • Renata
      Responder →
      15 de outubro de 2012 at 11:53

      Oi Erika!!!! Que delícia, parabéns!!!! Com certeza com você já sabendo destas dicas, irá amenizar a relação com sua sogra após o nascimento!!! No final, você tem que ceder a algumas coisas e ela respeitar seu modo de vida. Muito obrigada pelos elogios ao blog! Se tiver mais alguma ou algo que podemos te ajudar, nos avise que procuramos para vc, ok? Mil Bjs e muito obrigada! Continue entrando!!

  13. Fê Lima
    Responder →
    15 de outubro de 2012 at 18:00

    Ah amei!! Amo minha sogra tbm, me dou mto vem com ela!!! Vamos ver se vai mudar algo qnd neu baby nascer!Mais acho q não!! Bjos

    • Renata
      Responder →
      15 de outubro de 2012 at 18:35

      Que bom Fe!!! Eu tmb me dou super bem com minha sogra, graças a Deus!! Somos a minoria!! Acho que não vai mudar qdo seu baby nascer não!!! Depois vc conta pra gente!!!! Mil Bjsss

  14. 9 de novembro de 2012 at 13:53

    Nossa, caiu como uma luva esse post pra mim! Minha sogra não é das melhores, aliás, está longe de ser! Super implicante e adora provocar, "alfinetar" (defeitos que eu mais odeio em uma pessoa!)!! Para piorar acha que tem que viver a vida dos filhos até hoje, tem dois netinhos e acha que tem que viver grudada neles! Essa é minha primeira gravidez, não quero ela em cima do meu filho o tempo todo, porque se depender dela, a mãe nem pega o filho, fica no colo da avó (avó paterna, porque ela acha que avó materna não tem direito de nada) o tempo todo. Outro dia comentei que andei pesquisando tipos de educação e estou optando por dar uma educação para o meu filho em que não haja palmadas, e que eu acho que quem tem que educar filhos é pai e mãe, não avós, tios ou qualquer outra pessoa. Castigos e repreensões devem ser, na minha opinião, dados pelos pais. E ela, na hora já manifestou-se dizendo que avó tem direitos, sim, de dar uma palmadinha, colocar de castigo e chamar a atenção e eu disse que não vou admitir, pois o filho é meu e a educação quem decide sou eu e ela ainda quis argumentar! Meu marido não toma partido, mas já avisei que se ela não mudar essa concepção meu filho não vai passar um segundo sozinho com ela! Adoraria que ela lesse esse texto, dá vontade de mandar pra ela, mas vai parecer afronta! Ótimo texto!!

    • Juliana
      Responder →
      9 de novembro de 2012 at 15:14

      Oi Lella, Tudo bem? Tenta dar um jeito dela ler esse texto! Fiquei feliz que você gostou! Mil beijos

  15. karina
    Responder →
    14 de novembro de 2012 at 21:35

    Pessoal, eu tenho dois filhos, um com 4 meses e outro com 3 anos. Por enquanto, como vocês, eu tenho a perspectiva de nora. Mas não vi nenhuma sogra dando opinião por aqui. Vejam só, vou tentar analisar os fatos como a sogra que serei um dia. Eu educo os meus filhos com todo o carinho do mundo, eles são minha vida. Então, imagino que quando eles estiverem com 15 anos (hoje é cada dia mais cedo), eles estarão namorando, e pelo que percebi dos comentários, eu serei "excluída" da vida deles, ou pelo menos terei que ter um comportamento muito bem regrado para não desagradar minhas futuras noras. Para mim, isso é meio questionável, acho que como foi escrito no blog, as coisas tem que ser feitas de forma mais amigável, a nora nunca deve ver a sogra como uma inimiga, caso um problema apareça, deve-se fazer concessões e especialmente conversar. Pensem que todas nós seremos sogras um dia, umas de mulher, outras de homem, mas seremos. Vamos "pegar leve" com as sogras, pois todas carregam um sentimento enorme de perda de seus filhos ou filhas. Além disso, a nora acha que só sua mãe tem direitos de cuidar dos netos, será que isso é saudável para a família? Como você acha que o seu marido te vê quando você faz isso? Ele pode até não falar, mas deve pensar.

    • Juliana
      Responder →
      20 de novembro de 2012 at 16:01

      Ka simplesmente amei seu comentário! Vc disse tudo! Vejo que muitas noras são muito mais difíceis do que as sogras! Adorei sua participação. Beijos

  16. 18 de janeiro de 2013 at 0:30

    Superpertinente e atemporal esse seu artigo....parabéns pela clareza e objetividade!!

    • Juliana
      Responder →
      18 de janeiro de 2013 at 17:16

      Oi Carol, muito obrigada pelo comentário... é sempre bom sabermos se relamente agradamos nossas leitoras. Um beijo

  17. 5 de fevereiro de 2013 at 2:13

    Muito interessante! Tenho uma sogra complicadíssima de lidar, ela age como se não houvesse amanhã, deveria ser mais gentil comigo, já que pretendo contruir uma família com o filho dela, ter filhos, ou seja, ser mãe dos netos dela! Sempre a tratei bem... Mas ela se sente uma divindade intocável por ser mãe do meu marido, e trata a mulher do meu cunhado da mesma forma! Isso cansa! É intrometida demais, se mete muito, quer viver a vida dos filhos, grita, briga, manipula, se sente dona da minha casa, eu tento estabelecer regras, me impor, para que ela respeite o meu espaço, mas isso só faz com que ela me enxergue como um ser odioso... Ela é A sogra! Tenho muita vontade de ser mãe, mas tenho muito, muito, muito medo de ser mãe do neto dela, pois ela já disse que eu não presto pra ser mãe do neto dela... Posso com uma coisa dessa?

    • Juliana
      Responder →
      5 de fevereiro de 2013 at 22:51

      Nossa Wendy, estou chocada!Que mulher louca! Acho que seu marido tem que posicionar urgente! Vcs pretendem engravidar quando? beijos

  18. vania santos
    Responder →
    1 de maio de 2013 at 22:32

    tenho so um filho homem agora so por que ele casou tenho que ser escluida da vida dele isso e injusto pra ver meu filho tenho que ligar perguntando se posso ir meu deus nos mae que sofremos pra ter pra cuidar dar educaçao depois vem uma alem de tirar nossos filhos ainda ainda quer proibi eles de ter uma mae so uma pessoa que nao tem filhos para concorda com isso

  19. amanda
    Responder →
    5 de maio de 2013 at 22:25

    óla boa noite! preciso de ajuda, mim dê uma opinião. É que sempre penso mal da minha sogra, ela nunca fez mal p mim, mas sempre penso um lado negativo dela, ela tem dois filhos um é casado comigo a 10 anos e tenho um filho de 4 anos com ele, e meu cunhado é casado tbm e a esposa dele está gravida, e sempre quando estamos a familia juntos, vejo que minha sogra nao se aproxima de mim quando a outra nora dela esta por perto, e quando ela nao esta minha sogra fala normal pq? eu penso logo em falsidade certo. A familia do meu marido em geral principalmente as mulheres sempre quando a esposa do meu cunhado esta por perto elas ficam diferente comigo, e sempre chamando o nome dela p lá e p cá, fico com tanta raiva que saiu ate de perto, eu e a esposa do meu cunhado nós não nos falamos bem. eu não tenho nada a falar com relacao a meu filho com minha sogra ela é muito prestativa, sempre quando ela tem folga ela vem buscar ele para passear, uma boa avó. As tias do meu marido quando estamos juntas elas esquecem até meu nome sabia e sempre quando a outra nora está ah fala serio p mim é falsidade. Preciso muito de ajuda o que devo fazer? Dê de já lhe agradeço!

  20. Emannuely
    Responder →
    20 de junho de 2013 at 15:22

    Adorei todas as dica, acredito que agora para frente irei ter um convivencia melhor com minha sogra,ela tem muito ciumes do filho dela ate por que e filho unico, gostei muiito msm,minha relação com ela vai fica muito otima agora. Bjs floor :)

    • Juliana
      Responder →
      20 de junho de 2013 at 21:55

      Que bom que o meu texto te ajudou Emannuely! Fiquei muito feliz! Beijos e obrigada pela participação.

  21. 28 de junho de 2013 at 17:12

    Amei as suas dicas, acredito que ajudarao muito as noras que tem suas sogras morando em outra casa. E o que fazer quando a sogra mora com voce, nem passa na cabeca dela ter o canto dela e de quebra quer fazer o seu papel? Nao consigo achar nada que de ideias de como agir nesta situacao... rs beijos querida,

    • Juliana
      Responder →
      29 de junho de 2013 at 22:39

      OI Sonia, acho quando a sogra mora com a nora o relacionamento tem que ser muito bom para dar certo,né? Beijos

  22. Virginia
    Responder →
    5 de julho de 2013 at 5:34

    Amei!!!

  23. Silmara
    Responder →
    5 de agosto de 2013 at 16:40

    Olá,adorei o texto.Mas precisava de uma opinião.Minha sogra liga todo domingo nos convidando para ir na casa dela,só que eu acho que não preciso ir lá toda semana,pois trabalho e estudo a semana inteira e quando chega o final de semana quero limpar a casa,estudar, descansar e além disso visito minha família também. Meu marido não entende que digo não muitas vezes para ir lá e quando minha mãe convida fica bravo porque aceitei.Expliquei para ele que é diferente que além de ser minha mãe ela liga só de vez em quando, e a mãe dele é toda hora.Nunca proibi ele de ir ver a mãe dele toda semana,só que acho que eu não preciso vê-la sempre,apenas de vez em quando,já que não temos filhos ainda.

  24. Renata
    Responder →
    20 de outubro de 2013 at 23:49

    Adorei o texto. Sempre me dei muito bem com minha sogra. Mas realmente depois que meu bebe nasceu as coisas mudaram (e muito) para pior... (Eu desconhecia esse fenômeno). Não me agrada nem um pouco essa nova situação. Tenho que admitir minha parcela de culpa, pois sei que eu também mudei. Estou bem menos tolerante e pacífica. Já tivemos uma briga feia devido as visitas diárias acompanhadas de mil palpites. Hoje meu bebe está com nove mese e até estávamos tendo um bom relacionamento. Mas quando você tenta falar (explicar calmamente, com o coração aberto - juro!) de algo que te desagradou e a resposta vai para o caminho "eu não sou nenhuma menininha, sou uma adulta... eu já criei três filhos...". (Afff...!!!) Aí não tem jeito, voltamos a estaca zero!!! E agora vai ser difícil eu baixar a guarda novamente...

  25. 26 de dezembro de 2013 at 20:26

    Amei o post meninas . Vou tentar seguir direitinho as regras , para que eu e a mãe do meu amor possamos ter uma boa convivência sz !!!! Bjusss e fiquem com Deus sz

  26. 29 de dezembro de 2013 at 19:44

    serio amigas eu gostaria de saber porque minha sogra me odeia tanto!sempre tentei conviver com ela,engulo muitos sapos.porque amo o meu marido,porque ela é tão cruel?deveria ninguém se interessar por filhos de mulheres assim ,dai elas seriam mais felizes vendo seus filhos infelizes.tambem sou mãe e sei que nem sempre serei o suficiente para eles.quando crescerem quero que sejam muito amados e que também amem,porque se meu marido esta comigo a 8 anos e porque sente alguma coisa por mim e eu por elenão é?

  27. 19 de janeiro de 2014 at 19:24

    Gente sou nora, e eu e minha sogra não temos um bom relacionamento. Ela não me desejava como nora e sim a ex, conforme ela mesmo afirmou...então diante de muitas histórias decidi montar um blog, se quiserem visitar ficarei honrada. www.experienciacomasogra.blogspot.com.br Amei o post. bjs

  28. Tereza
    Responder →
    19 de janeiro de 2014 at 19:55

    Oi Juliana, entrei no Google a procura de ajuda,querendo saber quem e a megera,eu" A SOGRA" Ou Ela. Meu filho se casou com uma mulher,que eu nunca a distratei.Ao contrario eu ate achei que ela seria uma ótima esposa pq ela se dizia evangélica. Agora tem 6 anos que eles estão juntos. Eu percebi que ela era muito ciumenta quando meu filho se aproximava de mim ou da irma dele,mas ela não tinha um motivo aparente pra nos afastar. Entao ficou gravida e depois disso começou a usar o filho para afastar o marido de mim e da minha filha e dos primos que sempre foram como irmãos para ele. Ele e os Primos sempre foram muito apegados a ele como irmãos,e todos evangélicos. Pois esta moca saiu da igreja fez meu filho se afastar também. Em fim... Tenho dois netos e sinto que ela usa as crianças para chantagear o meu filho.que e louco pelos mesmos. A mae da minha nora toma conta dos bebes todo dia para ela ir trabalhar. E suas irmãs e irmãos estão sempre em sua casa. Mas meu filho sempre que vai na minha casa,tem que ter uma discucao com ela,e gera um stress muito grande para ele. Emoro nos estados Unidos,e faco questão de ir ao Brasil de três em três meses,so para meus netos um de dois e outro de quatro anos não se esquecerem de mim. Sempre fiz o papel de sogra sega,surda,e muda,nunca a critiquei apesar de ver muitos erros e brigas dos dois. Sempre percebi que ela não gosta de mim,mas sempre fingi que não sabia. Com o intuito de não deixar meu filho no meio de qualquer guerra. Mas agora que meus netos me conhecem e estão gostando de ficar comigo,minha nora foi ficando cada vez mais intolerante,raivosa,agressiva,sempre de cara feia,nao querendo ir mais nas reuniões de família.sempre que eu chego parece que ela se transforma. Eu então a pedi para deixar meus netos irem na minha casa a dez minutos da casa dela de carro. Ela disse ah não! Meus filhos não! Mas quando Cheguei ela me recebeu com dois beijinhos no rosto,e já saiu da minha frente e foi para a cozinha,como sempre faz,nao conversa nada comigo. Eu sempre levo roupas sapatos e brinquedo para meus netos e ela não quer aceitar. Desta vez o que levei ela nem abriu.As crianças pulavam de alegria,querendo os brinquedos e não podiam abrir. Porque ela disse,nem abre agora,porque já tem muito brinquedo nesta casa.Vou ate jogar a metade fora..... Entao eu a perguntei: Porque eu não posso levar meus netos na minha casa?? Ela so disse: Porque não! Eu repeti qual o seu problema comigo? Ela; Nenhum,so não vai levar meus filhos! Eu falei: Mais eu sou avo e amo meus netos igual a sua mae! Ela disse : Mas minha mae não leva também! Eu disse: Mas fica sozinha com eles todos os dias pra você trabalhar. e eu nunca pude dar um banho nos meus netos! Agora que eles me conhecem e me amam eu tenho o direito de tê-los em minha companhia também! Se sua mae pode ficar sozinha eu também posso! Ela disse so se for na frete do pai ou na minha presença. Eu disse eu sou uma pessoa idônea,responsavel,nao bebo,nao fumo ,não uso drogas ,pago minhas contas em dia,e faco de tudo pra ser presente na vida dos meus netos. E te aturo a 6 anos com todos os seus ciúmes e egoísmo,e eu não posso ficar uma hora com meus netos sozinhos comigo? Onde esta o Motivo para você fazer isto,minha casa tem tudo que eles precisam. Se eu não posso ter a visita deles em minha casa,vou entrar na Justica e pedir. a Visita,nao sou obrigada a ficar na casa de uma nora que não me quer por perto,para ficar com meus netos por algumas horas. Estou aguentando por quase 5 anos,sem falar,nem fazer nada. Agora então tomei a atitude,de ir na Justica. Mas me diz onde que um problema como esse e gerado por "SOGRA"?? A sogra aguenta muita coisa,pra se manter perto dos filhos e dos netos. E a nora usa as crianças para chantagear o marido,e para afasta-lo da mae. EU nunca me preocupei como a vida dos dois. Mas meus netos tem o direito de ter a avo paterna também! Porque todo mundo da falia da nora pode tudo,e a família do marido não pode nada!?? Isso q eu não entendo Juliana. Se ela deixasse eu ficar com meus netos um pouco,nos não teríamos motivo para brigar. Meus netos gostam de mim e eu deles. Eu mando vídeos pro meu filho mostrar para eles,eu falo pela internet, eu telefoneo. e quando chego vou louca para visita-los... Pq a minha nora e assim ,e eu que levo fama de sogra Ruim. Ela não fala comigo no telefone,nunca me deu o numero dela,e disse na discussão que eu tenho que ligar pro meu fiolho,pra ele passar recado para ela,e marcar para ir ver os netos. AI os dias que posso ir,ela faz ele desligar o Telefone,diz que quer relaxar e não quer que ninguém a incomeode. So pra eu não ir ver os netos. Entao acho que e melhor traze-los a minha casa para não importuna-la. Mas ai ela viu que se trosser as crianças não tem mais como chantagear o marido entende!! Essa situação e criada para afastar o filho da mae. ELa so não o fazia antes de ter filhos porque não tinha uma carta na manga,. Agora tem os filhos... e os usa para criar uma distancia do pai também. Meu filho agora so me visita as pressas,correndo,se não ela vira um bicho!! E ai ? E a Sogra? Ou e a NORA?? :( Eu agora so posso ver meus netinhos se a Justica me der esse direito! O que eu devo fazer? Peco aos leitores que opinem também. Preciso de ajuda. não quero magoar meu filho também! Abracos Juliana,e parabéns por essa matéria! Terezinha Youngblood Entao tava me sentindo tao mau,que falei olha vou levar eles para minha casa

    • 19 de janeiro de 2014 at 20:08

      Desculpe Juliana,so observei os erros de digitação depois que postei. E a ultima frase seria citada em meio a conversa em uma correção q tentei fazer mas não sei como foi parar em baixo do meu texto depois q assinei meu status. Eu ate tentei voltar e corrigir. Mas não foi possível! Mas tenho certeza q você e os leitores irão entender. OBS: Eu escrevi no escuro,kkkk!

  29. 24 de fevereiro de 2014 at 0:01

    E se no caso a sogra querer tomar seu filho de você que tem apenas um mês fazendo a cabeça do filho dela no caso pai do meu filho pra entrar na justiça, Oque fazer??

    • Juliana
      Responder →
      24 de fevereiro de 2014 at 15:25

      Olá acho que aí já é um extremo que precisa ser muito conversado! Tirar um filho de uma mãe não pode acontecer... Tenta conversar com seu marido e expor o seu lado. Boa sorte Beijos

  30. 7 de março de 2014 at 21:18

    Tereza, tambem sou evangelica e simpatizei muito com sua historia porque estou vivendo o mesmo dilema com minha nora e filho. Moramos todos no Canada e minha nora tem muito ciumes de mim e do meu marido com nosso unico filho (marido dela) e nossos netinhos, uma menina de 9 anos e um menino de 10 meses. Eles moraram aqui em casa durante 5 anos e foi tudo maravilhoso. Nesse tempo eles economizaram para comprar uma casa, carro, etc. porque nao pagavam nada aqui. Ela tambem terminou a faculdade e comecou a lecionar enquanto eu cuidava da minha neta. Enquanto precisou, usou e abusou e tudo era maravilhoso. Nunca sequer discutimos, cozinhavamos juntas, faziamos compras, tudo muito bem. O dia que compraram uma casa, mesmo que precisassem ainda morar conosco por 6 meses enquanto a casa anao ficava pronta, ela mudou da agua para o vinho. Nao me deixava mais cuidar da minha neta, nao cozinhavamos mais juntas e nem sequer faziamos as refeicoes juntos. Todas as vezes que me aproximava para saber o que estava acontecendo, ela dizia que queria ela cuidar da minha neta e que estava tudo bem. Eles mudaram (ha 4 anos) e tivemos altos e baixos, mais baixos do que altos, Resumindo, agora ela tem mais uma crianca, que vimos poucas vezes e colocou meu filho tambem contra nos. Estamos sofrendo muito, nao vemos nosso filho e netinhos ha dois meses. Estamos pagando uma conselheira mediadora para vermos se conseguimos resolver esta situacao tao patetica, mas mesmo as conselheira diz que minha nora eh muito dificil. Ela agora esta fazendo uma porcao de exigencias para vermos nossos netos, coisas absurdas, mas acho que por amor as criancas vamos acabar cedendo. Falam tanto das sogras, mas so quem tem noras dificeis sabem o que passamos.

Deixe uma Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos posts por email.