Como acostumar o bebê a dormir sozinho? – por Renata Soifer

De Mãe para Mãe - Dicas dos especialistas - Sono10/09/18 By: Renata Soifer Kraiser
(1) Comentários

Oie, meninas!

Tudo bem?

Hoje, temos um novo post da nossa querida colunista e psicóloga, Renata Soifer Kraiser, que é autora do livro “O sono do meu bebê”.

Como recebemos muitas dúvidas e pedidos de dicas para ajudar os pequenos dormirem à noite, ela vai falar sobre o assunto em seu texto deste mês! Vocês também podem conferir outros textos da Renata clicando aqui.

Boa leitura!

________________________________________________________________________________

 

Como acostumar o bebê a dormir sozinho? - por Renata Soifer

 

Olá Moms!

O assunto de hoje é sobre uma pergunta muito frequente das mães, principalmente as que tem o hábito de “fazer o bebê dormir”:

Como acostumar o bebê a dormir sozinho?

Para conseguir responder essa pergunta, é importante conhecer um pouco da fisiologia do sono dos bebês.

Quando nascemos, nosso sistema nervoso ainda é imaturo. A melatonina que é o hormônio indutor e mantenedor do sono, só começará a ser produzido de forma efetiva a partir dos 3 meses de vida. Antes disso ela já é produzida, mas em menor quantidade e ainda de forma irregular.

No começo da vida é normal o bebê adormecer mamando, pois passa boa parte do tempo dormindo. Conforme ele cresce, o tempo acordado durante o dia vai aumentando e o tempo acordado a noite diminuindo.

Esse é um processo natural. Porém temos o hábito de “fazer o bebê dormir”, ou seja, induzir o sono do bebê para depois que ele estiver dormindo coloca-lo no berço ou na cama, que é justamente o que causa a dependência do bebê durante a noite.

E por que fazemos isso?

Fazemos isso porque os bebês muitas vezes tem dificuldade de relaxar para adormecer. Balançar, ninar, embalar, são práticas comuns entre os primatas, como forma de acalmar seus bebês que ainda com o sistema nervoso imaturo, não sabem muito bem como fazer isso.

Nada mais natural, certo?

A questão está justamente aí. O sono do ser humano funciona em ciclos e fases. 1 ciclo de sono no bebê dura em média 1 hora, enquanto no adulto dura em média 90 minutos.

Após o término de um ciclo de sono, todos nós despertamos. O que é normal e esperado, uma vez que este comportamento foi desenvolvido pelo cérebro de modo a manter a vigília durante a noite, desde os tempos das cavernas, em um momento em estamos suscetíveis aos nossos predadores e por tanto somos presas fáceis.

Desta forma, ainda hoje, a cada fim de ciclo nós acordamos, damos uma “ajeitada no cobertor” e voltamos a dormir sem nos lembrarmos desses breves despertares.

Da mesma maneira, o bebê também acorda a cada fim de ciclo e ao acordar ele espera estar na mesma situação em que estava ao adormecer, ou seja, ele perde a capacidade ou deixa de adquirir a capacidade de “grudar” um ciclo de sono no outro, pois quem faz isso por ele é o adulto que o “faz dormir” cada vez que ele acorda.

Alguns bebês até sabem grudar um ciclo no outro, o que é diferente de querer. Ele pode preferir chamar a mamãe para curtir ficar no peito de hora em hora, ou no colinho.

Isso cria um hábito muito cansativo para muitas mães, principalmente as que tem mais de um filho e/ou trabalham fora de casa e ficam privadas de sono por meses, comprometendo seriamente sua saúde física e mental.

Mas se o bebê precisa de ajuda para relaxar, mas não devemos criar o hábito de induzir o sono, qual a alternativa?…

A alternativa está em ajudar o bebê a relaxar, mas colocá-lo no berço/cama ainda acordado para que consiga adormecer no lugar onde irá acordar a cada fim de ciclo, fazendo o movimento final de se ajeitar e fechar os olhos sem a ajuda dos pais.

Isso vai permitir a ele aprender esse movimento que ele terá de repetir a cada fim de ciclo, várias vezes durante a noite.

Mas e se ele chorar?

Se ele chorar, os pais acalmam até que ele relaxe para então colocá-lo no berço/cama relaxado, mas ainda acordado.

Investir nesse hábito é a chave para ensinar o bebê a dormir sozinho e ter autonomia de uma noite tranquila de sono.

Para isso é importante ter muita paciência e persistência, muita calma até que o bebê descubra que dormir é muito gostoso, e um grande prazer quando estamos cansados de um dia de brincadeira e estímulos.

Investir no repouso restaurador para pais e filhos é uma opção que trará benefícios para a saúde física, mental e dos relacionamentos.

Vale a pena!

Um grande abraço,
Renata

 

________________________________________________________________________________

 

Renata Soifer Kraiser é psicóloga e Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP. Autora do livro “O sono do meu bebê”, ed.CMS, fruto de seu mestrado sobre este tema.

Para conhecer melhor o trabalho da Renata, acesse: www.terapeuta.psc.br.

Telefone: 11-3031-4043

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário:Como acostumar o bebê a dormir sozinho? – por Renata Soifer
  1. Clara

    Não durmo sem antes checar se meu filho está dormindo!
    Meu site: https://healthcareandsafety.com.br/

X Leia também: