As 10 maiores “nóias” de uma mãe!

De Mãe para Mãe10/07/18 By: Renata Pires
(36) Comentários

 

Olá, meninas!

 

No post de hoje vou falar sobre algumas “nóias” que as mamães têm. Ninguém está sozinha nessa: todas nós, mães, temos nossas “nóias”, por menor que sejam!!

 

 

Mãe-Superprotetora-06

 

 

É fato: no dia em que descobrimos a gravidez, descobrimos também as paranoias! É um tal de medo de comer alguma coisa que fará mal, medo de não dar conta do recado, medo de não ter leite… Enfim, esses tipos de “nóias” ficam presentes em nossas vidas a partir do momento em que o exame dá positivo.

 

Elas revelam o nosso instinto materno, nosso excesso de superproteção e cuidado com os filhotes e o nosso medo do desconhecido. Tudo isso, junto, faz aflorar um montão de inseguranças na gente!

 

 

noia2

 

 

Baseada nos meus medos e nos medos de algumas amigas, escrevi as lista com as “10 maiores nóias de uma mãe“.  Tenho certeza de que, em pelo menos uma delas (ou em todas…), vocês se identificarão!! 🙂

 

 

 

casa-segura

 

 

1) Verificar se o filho está respirando enquanto ele dorme

Gente, é inevitável!!! Duvido que uma mãe NUNCA tenha feito isso, nenhuma vezinha só!!!

 

2) Saber se o bebê mamou a quantidade certa no peito

Isso ocorre principalmente no primeiro mês. O bebê chora e pensamos: será que é fome?? Será que mamou pouco?? Ou será que mamou muito??? Como eu faço para saber?????? Socorro!!!!

 

3) “Me dá esse brinquedo filho, você pode engasgar!”

E o brinquedo praticamente não cabe na boca dele, de tão grande… Já me peguei mandando tirar da boca um cubo de pano, com aproximadamente 8cm, que nem na minha boca cabia!!!!

 

4) Bater a cabeça em alguma quina

Colocar a mão em TODAS as quinas conforme meus filhos vão andando pela casa, já faz parte da minha vida. Acho que mesmo quando eles não estão por perto, sigo colocando a mão nas quinas por onde passo!!! Ahahahaha, é uma N-Ó-I-A!!!!

 

5) “Olha, a vacina pode dar um pouco de febre em 48h e a região pode ficar dolorida…”

Medir a febre de uma em uma hora é básico em dia de vacina!!! Aliás, se deu uma microchoradinha, já acho também que a região onde a vacina foi aplicada está dolorida…

 

6) Esperar o arroto que nunca vem…

O bebê mama, você coloca ele para arrotar. Passam-se 5… 10… 15… 30 minutos e NADA! Vixi!! E agora??? Posso colocar ele no berço?? Mas, se eu colocá-lo para dormir, ele pode regurgitar porque não arrotou!!!!! Quando os gêmeos eram recém-nascidos, a enfermeira que me ajudava disse que se demorassem muito para arrotar, era para deitá-los, deixar uns 10 segundos e colocá-los para arrotar novamente. Funcionava!

 

7) Checar a imagem da babá eletrônica porque está muito silêncio…

Às vezes, você está na sala com seu marido e o bebê está dormindo… De repente, você entra na nóia que está tudo muito silencioso. Então, você levanta, pega a babá eletrônica, liga a imagem e vê que está tudo bem. E esse procedimento se repete por algumas vezes durante todo o dia/noite!

 

8) Saber exatamente a “cara de cocô” do seu filho e acertar 99% das vezes…

Isso é uma grande nóia!!! O fato é: nós sabemos! Nós temos certeza de quando eles estão fazendo ou fizeram cocô!

 

9) Achar sempre que tem que “levar um casaquinho”…

Pode estar fazendo 40 graus, mas… Vai quê? É praticamente impossível sair de casa com o filho e não levar um único casaquinho!!!

 

10) Ser uma boa mãe…

Essa é a nóia das nóias, a mãe da nóias, a campeã!!! Não sei se algum dia saberemos se estamos sendo uma boa mãe… Mas o importante é sermos dedicadas aos nossos filhos e darmos MUITO amor!!

 

 

paranoid-mom-250

 

 

E para vocês? Quais são suas maiores nóias de mãe? Estou curiosa para saber!
Mil bjs!!!

 

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

36 Comentários:As 10 maiores “nóias” de uma mãe!
  1. Larine Cronemberger

    Hahahah! As nóias são as mesmas, aqui e na China!
    Nas minhas também se inclui o fato de achar (com frequencia) que meu filhotinho pode estar ficando doentinho…haha
    Se ele sai da rotina,já fico com as antenas ligadas! Por exemplo, ele sempre tira uma sonequinha depois do almoço, então, se eu ligo e fico sabendo que ele dormiu antes, já preocupo! A minha ajudante já está tão acostumada que qdo isso acontece, ela responde: “Larine, ele está bem, não esta com febre e nem com sinal de nada!!! Só sentiu um soninho mais cedo!”
    hahah
    Mas, não tem jeito, seremos sempre noiadas, afinal, esses pequenos, são um pedaço do nosso coração fora do corpo! #muitoamor

    • Renata

      Oi Larine!!!! Mãe só muda de endereço mesmo!!! Bom saber que eu não sou “louca”ahahahahha!!! Essa de achar que tá doente é muito verdade!!!!!! Adorei sua frase dos pequenos serem um pedaço do nosso coração fora do corpo <3 <3 !!!!!! Mil Bjsss e muito obrigada!!!!

  2. Virgínia

    Hehehehe… Mãe só muda o endereço mesmo. Eu não tive nem coragem de colocar minha filha no quarto sozinha. Sei que é um erro, mas o berço é no meu quarto do meu lado.

    • Renata

      Oi Virgínia!!! Fico aliviada!!!!!! Aaaahhahaha!! Cada uma tem sua nóia né??? Adorei!!! Mil Bjsss

  3. Juliana

    Kkkkkkkkk já comecei o seu post dando gargalhadas e pensando nas “noias”. Me identifiquei sim, confesso!!!!
    No começo era a questão de respirar, mas fiz poucas vezes. Agora acredito q a maior, q deve virar um “toc” e ver se a baba eletrônica esta mesmo funcionando e mtas vezes, mesmo sabendo q funciona ir te o berço kkkkkkkk.
    E qdo ele começou a dormir a noite toda…..acordava de madrugada e corria pra ver se estava mesmo dormindo.
    Agora faço o mesmo, mas o motivo é por dormir de bruços. Os bebês vão crescendo e as “noias” mudando ou aumentando.
    Ser mãe é tudo de bom! Viva nossas “noias” kkkkkk

    • Renata

      Ahhaahahahahah Ju!! A da babá vira MUITO toc!!!! Muito estranho quando está tudo em silêncio por muito tempo né? Aahahah!!! Também AMO ser mãe!!! Amo MUITO!!!!! Mil Bjssss

  4. Marina

    Rs… Minha Laurinha tem só 6 semanas e já tive quase todas essas “nóias”! Realmente só mudamos de endereço… Aproveito para elogiar o blog e dizer que sempre tiro várias dúvidas por aqui, já que sou mãe de primeira viagem! Gostaria também de sugerir um tema de post sobre o desenvolvimento dos nossos filhotes… Por exemplo o que eles fazem em cada idade… Estou com muitas dúvidas sobre isso! A Laurinha tem ficado mais acordadinha e não sei se isso é normal ou não… Pode ser só mais uma “nóia”, né?! Rs… Bjokas

    • Renata

      Ahahahah Ma! Só mudamos de endereço mesmo e fico aliviada em saber que eu não sou completamente louca!!! Muito Obrigada pelos elogios ao blog! Fico muito feliz!!! Pode deixar que faremos um post especial sobre isso para vc!!!! Nnao fica na nóia, pq ficar mais acordado é uma das primeiras mudanças!!! Sempre que tiver alguma dúvida ou sugestão, estamos aqui para te ajudar, tá?? Mil Bjss e muito obrigada novamente!

  5. Cristiane Uchida

    Re, estou rindo da “cara de coco”, rsrs super sei a cara da Francesca quando ela faz coco e o barulho que faz! Enquanto alguns pensam que ela soltou um pum eu sei que veio algo mais…..

    • Renata

      Crisssss ahhahah a gente sabe EXATAMENTE!!! A diferença entre cara de cocô e outras coisas!! É engraçado demais!!!!! Saudades!! Bjsssss

  6. Gabriela

    hahahah ri alto agora! mãe realmente é tudo igual.. mas acho que a primeira nóia é clássica.

    Meu filho tem 10 meses e eu ainda levanto as vezes de madrugada para ver se ele está respirando… e quando eles vão dormir com febre então? eu levanto de 5 em 5 minutos pra ver se ele ainda respira, se não está convulsionando (sente o drama!) ou se ele não está pegando fogo!hahaha

    ps: quando você vai fazer mais uma entrevista com outras mães? eu amoo essa seção

    • Renata

      Ai Gabi… é tudo igual mesmo!!!! Ahhahahaahha você acha que aqui é diferente??? Eu quaso durmo dentro doberço quando estão com febre!!! Adorei!!
      Já estamos preparando algumas entrevistas para postar!!!!! Também amo fazer essa seção!!!!!! Muito Obrigada!! Mil Bjssss

  7. Lara

    Eu adoro esses posts!! Me identifico com várias “nóias”. Muito bom!

    • Renata

      Oi Lara!!! Que bom!!! Fico super feliz!!!! Afinal, que mãe não tem sua nóia né?? Ahahahah fico bem mais tranquila que não estou sozinha nessa!! Mil Bjsss e Obrigada!

  8. Carla Rosito

    Excelente!!!! Me encaixei “um pouco” em todas!!! hehehe! Bjos

    • Renata

      Oi Carla!! Muito obrigada!! Impressionante como as nóias nos perseguem né? Rsrs! Mil Bjss

  9. Luciana

    De todas, só desenvolvi a última. Acho que não sou normaallll! 🙂

    • Renata

      Oi Luciana!!! Claro que vc é normal!!! Talvez seja eu a “noiada” demais!! Rsrs! Mil Bjss

  10. Daniela

    Incrível!
    É do jeitinho que você colocou!!!
    Conferir se está respirando, faço até hoje com meu filho de 2 anos!
    Não custa nada conferir…rsss
    Adoro suas abordagens! continue, sou fã!
    Beijos

    • Renata

      Oi Daniela! Ahahahah é assim mesmo né? Ainda bem que não sou “louca”sozinha! Rsrs! Mil Bjss e muito obrigada pelo carinho!

  11. Conceição Hamdoun

    Ahuahauhauhau, eu sou uma mae noia!!!! Cara eu faço tudo isso e mais um pouco. Mas e para o bem deles ne, melhor pecar pelo exagero de cuidado gente!!

    • Renata

      Oi Conceição! Tamo Junto! Rsrs!!!!! Mil Bjsss

  12. Everton

    Olá,sou pai, mas lendo essas 10 manias me senti praticamente uma mãe kkk
    só não usei babá eletrônica. muito legal.

    • Adriana

      A nóia 2 vc tb nao teve nao né everton? Kkkkkkk

    • Renata

      Oi Everton! Ahahaah! Dei risada com seu comentário! Pai também tem nóia, não é mesmo? Mil Bjss e obrigada

  13. Adriana

    Tenho todas as nóias acima, mas a minha maior nóias não está aí…

    Nao deixo ninguém balançar, fazer cavalinho ou serra serra… Tenho medo de se excederem e acabar virando uma sacudida que prejudique o cérebro, que nos bebes contem mt liquido… E tb nao gosto que passem a mão na cabecinha de meu bebe, por conta da moleira abertinha ainda….

  14. Scheila

    É UM MUNDO FANTASTICO…uma novidade ou “nóia” diária…quando tive minha primeira filha…ja “pirava” com ela em minha barriga…se não se mexia…pronto…era motivo para ligar no obstetra…(ainda bem que ele me entendia e entende até hoje…kkkk) não dava tranquilidade a ela nem na barriga…nasceu e as “nois” aumentaram…conforme essas 10 e outras que me acompanham até hoje…ela está com 20 anos e mando mensagem milhares de vezes…tadinha…tive a “grande ilusão” que com outro filho fosse melhorar…ai que pirei de vez…kkkkk…mas elas sobreviveram e sobrevivem…hoje em dia só respondem: “- Estou bem mamãe!”…fazendo faculdade fora as duas…aprendi a me libertar…mas não foi facil…agora quem sofre é o pequeno herdeiro de 5 anos…tadinho…um homenzinho no meu de 3 paranóicas…(eu e minhas duas filhas mais velhas)…ele sofre…kkkk…mas TUDO ISSO É AMOR DEMAIS.

  15. Daniela

    Boa tarde.

    Minha pior “noia” sempre foi me achar a pior mae do mundo, por ter que
    Ter que trabalhar fora.

  16. Jéssica

    Eu fiz essa da respiração a primeira vez quando tinha uns 8 anos e passei a dividir o quarto com meu irmão, que tinha 2 ,nunca tinha visto ninguém fazer,foi puro instinto, eu passei a fazer isso todas as noites, duas vezes por noite, as vezes “não sentia a respiração?!” E acordava o pobrezinho kkkkk ainda não tenho filhos, mas se estiver de babá pu com neus priminhos. Faço isso tbm haha

    • Aline

      Bhá, super me identifiquei!!!
      Mas a maior das minhas nóias foi quando minha filha completou 1 ano de idade onde pensei: “Ufa! Agora ela não morre mais” kkkkkk… Isso tudo porque algumas pessoas me diziam que o primeiro ano era o mais difícil para uma mãe de primeira viagem. Vê se pode?!?!?
      Bjs adorei o post!!!

  17. Juliana

    Aaaahh… eu tenho estas e outras mais! Minha filha hoje tem 7 anos e foi chupar seu primeiro pirulito aos 5! ainda hoje, eu confiro se ele realmente está preso ao palito e só pode degustá-lo em casa e de preferência perto de mim. Chicletes? a mesma coisa. Bala dura? nem pensar! Infelizmente ela odeia frutas… enquanto eu pude fazer papinha delas, eu fiz. Resultado? tem pavor de morder maçã, pera, ou outra fruta qualquer. Uvas? huuuuuuuum… essas “bolinhas” sempre me causaram pânico e, obviamente, ela não gosta. Tenho pavor de engasgo e acho inclusive que eu preciso de terapia. Ir pro clube só de cabelinho bem preso e sempre falo com ela para observar onde ficam os “ralos”. Como desesperada que sou, ela faz natação e já nada muito bem, então fico um pouco mais tranquila com relação a afogamento. As “nóias” são tantas, que se eu ficar aqui escrevendo, ia acabar chegando alguém na minha casa com camisa de força para me buscar… kkkkkkkkkk Um beijo, meninas! Lembrando que ser mãe é isso também! Pode ser excesso, mas não deixa de ser cuidado, né?

  18. Luby

    kkkkkkkk…
    Super eu! Aliás, a maioria de nós!
    E eu que me sentia “a mãe” por saber o momento exato quando minha bebê estava fazendo cocô… kkkkk… Descobri que não sou a única! Hahaha…

  19. Thais Pascoal

    Minha pior não está aí… É pensar nos micróbios que estão nas coisas que ela leva à boca! Fico tentando me controlar e até melhorei, mas que fico aterrorizada… Fico sim! Rs

  20. Maricele de Oliveira

    KKK!O primeiro dia no jardim eu estava bem nervosa porque era a primeira vez que estava me separando dela, e ela ansiosa pra conhecer o parquinho e os coleguinhas não se despediu, eu liguei pra escolinha pensando que ela estava aos prantos, quando na verdade ela estava adorando.Tenho três meninas e foi isso com todas elas, meu marido diz que sou maluca.
    Abraços e muito obrigada!

  21. Ana Rodriguez

    Meus filhos ja tem 9 e 11 anos, mas ate hoje pelo medo de “morrerem de fome”, a lancheira da escola sempre vai abarrotada! kkkk

  22. Priscila

    Estou tão feliz em saber que não sou paranóica, pois não tenho metade dessas neuras, rsrsrs…

X Leia também: