As 10 coisas que quase ninguém diz sobre a amamentação!

De Mãe para Mãe24/06/17 By: Juliana Freire
(192) Comentários

 

Oi, moms,tudo bem?

Neste último final de semana viajei com algumas amigas, todas mamães, e conversamos bastante sobre o tema “amamentação”. Sempre imaginamos que tudo será perfeito como nas novelas e filmes, não é mesmo? Mas nem tudo é tão fácil! Foi engraçado notar que cada amiga passou por experiências distintas durante esse processo e achei que isso poderia ser um assunto interessante para dividir com vocês!

Minha ideia com esse post não é passar informações técnicas sobre a amamentação, pois tenho certeza de que um médico ou profissional da área pode escrever muito melhor sobre isso. O que pretendo aqui, é dividir com vocês meu sentimentos e o de algumas amigas sobre esse processo, aquelas coisas que ninguém fala, sabem?

Mas, antes de continuar a leitura, lembrem-se: não existe alimento melhor para um bebê do que o leite materno, em todos os sentidos!

Espero que gostem!

 

Amamentação

 

As 10 coisas que quase ninguém diz sobre a amamentação!

 

1- Dor: O começo dói muuuito! Eu quase desisti da amamentação nos primeiros dias, mas minha vontade era tão grande que persisti e depois dos 10 primeiros dias tudo melhorou! Então, meninas, tentem ser firmes! A dor é grande, mas realmente passa!

2- Disponibilidade: A amamentação é um laço maravilhoso que temos com nossos filhos, mas é importante que a mãe saiba que ela terá que estar muito disponível para eles, pois a amamentação normalmente acontece de 3 em 3 horas… Isso limita muito a programação do dia a dia, impedindo assim programas mais longos! Eu brinco que é uma “prisão domiciliar”, rsrsrsrsrs… Por isso a licença maternidade é extremamente necessária, pois o dia a dia de uma recém-mamãe gira em torno das horas das mamadas!

3- Hidratação: Amamentar dá muuuuita sede e é de extrema importância que a mãe beba muita água para que seu corpo possa produzir leite de forma equilibrada! O pediatra dos meus filhos diz que tenho que beber no mínimo 2 litros por dia.

4- Queda de cabelo: Tive muita queda de cabelo na amamentação do Olavinho e amamentando a Ana Helena também! Tinha cabelo meu espalhado pela casa toda! Portanto, não se assustem quando isso começar a acontecer pois é super comum! A queda se inicia por volta do segundo/terceiro mês!

5- Tempo ideal para o bebê mamar: Não existe regra! O Olavinho, meu filho mais velho, mamava 10 minutos em cada seio e a Ana Helena ficava saciada com apenas 7 minutos aproximadamente. Vocês vão sentir o quanto seus filhos querem mamar com o tempo, pois se mamarem muito vão regurgitar bastante e se ainda estiverem com fome vão continuar chorando… Com o tempo vocês se entenderão!

6- A “mamada” é um longo processo: Outra coisa importante é que o tempo da mamada não se resume apenas ao bebê  mamar, mas sim a todo o processo de fazer o bebê “arrotar” e também a troca de fralda. Com isso, a “mamada” ocupa bastante tempo dos nosso dias e de nossas “noites”, rsrsrsrs!

7- Bombinha para tirar leite não é fácil: Tirar o leite para deixá-lo armazenado é muito chato e também demanda tempo e paciência, pois encher uma mamadeira demora muuuuito ! Mas não posso negar que é, sim, uma excelente opção para quando a mãe estiver longe do bebê!

8- Cólicas: Muitos médicos dizem que temos que ter uma restrição alimentar para o leite não causar cólicas no bebê, mas a verdade é que você só vai saber na tentativa e erro o que realmente deve evitar na dieta! O chocolate é sempre um grande vilão (dizem que causa muita cólica nos bebês), mas para falar a verdade, nunca consegui abrir mão dele e percebia que quando comia não alterava em nada o “choro” dos meus bebês!

9- Amamentar nem sempre emagrece:  Está aí um mito que muitas mães acreditam mas nem sempre acontece! Existem mães que até engordam durante a amamentação, pois dá muuuita fome! Portanto atentem-se a isso e tomem cuidado para não pisar muito o “pé na jaca” durante este período! O gasto calórico é realmente maior para nosso organismo produzir leite,  mas a necessidade de consumo também aumenta, portanto não é verdade que amamentar emagrece muito, FATO!

10 – Você vai sentir saudades:  Quando a amamentação acabar, você vai sentir saudades desse momento mágico entre mãe e filho! Eles crescem tão rápido que num piscar de olhos você não estará mais amamentando, portanto, tente curtir cada minuto.

E para aquelas mamães que por qualquer motivo não conseguiram amamentar, não se sintam culpadas: o melhor que podemos dar aos nossos filhos é NOSSO AMOR!

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

192 Comentários:As 10 coisas que quase ninguém diz sobre a amamentação!
  1. Nana

    Ju, adorei a matéria, super realista. Eu adorei amamentar o Gui, mas realmente tem q ter muita vontade, pra mim a pior parte era a “prisão domiciliar”, e as 3 em 3 horas, que na verdade qdo vc termina o processo já começa outro. Mas não me arrependo em nada. Agora amamentar em publico tb nao gosto, e detesto presenciar uma mãe desconhecida amamentando.

    • Juliana

      OI Nana querida, muito obrigada pelo seu depoimento! Adoro sua participação no blog! Mil beijos

    • Cristina Andrade

      Não entendo como uma mulher pode ter vergonha / medo de constranger por amamentar e publico. Perigosa agressão contra si mesmas e contra a vida.

    • Mvopina

      Concordo q amamentar é um ato lindo. Me sinto mais ligada a minha bebê. Mas tbm concordo c a discrição em público. N entendo como algo q era absurdo mostrar, pode se tornar propriedade d todos. P mim é topless. O tempo d amamentação vai passar e todos terão ficado intimos dos seus seios. Tem mulheres q ao menor choro, seja dentro d uma igreja, levanta logo a blusa e põe peito p fora.
      Não é n amamentar. Mas n custa colocar uma fralda ou algo parecido p cobrir teu seio. N ando sem uma fralda d pano p isto. Concordo que nem todos estão interessados ou a vontade p ficar vendo seus seios d fora.

      • ana

        Ihhhh, flor, até o papa já nos livrou desse~constrangimento~, ele falou que tá liberado amamentar na igreja! http://www.iol.pt/push/iol-push—internacional/papa-chapeu-bone-amamentacao-vaticano-tvi24/1528429-6184.html

      • Kecia

        Custa, sim.
        Eu amamento a hora que quero, sempre que for necessário. Nem eu nem meu bebê(zão) gostamos de “paninho”, “fraldinha” e muito menos ficar isolada em um canto durante a amamentação.
        Acho que vai de cada um e não cabe a ninguém me julgar porque não tenho problemas em amamentar em público.
        Assim como respeito quem não o faça, quero respeito porque acho normal fazer.

        • Carol

          Tenho dois meninos um de dois anos e o outro com dois meses. Amamento a hora e onde meu filho precisar! Já imaginou se eu fosse ligar para cada pessoa que passa olhando feio pra quando estou amamentando ou meu filho fazendo birra… Não vou aguentar mais nenhum mês sendo mãe de dois! Não tenho babá ou alguém pra me ajudar, então o fato de amamentar em publico é o que menos me constrange, acho pior a pessoa que passa olhando como se eu estivesse completamente pelada… Garanto que vão ver peitos mais bonitos e durinhos nas revistas!!!!

        • Suian Ajala Pinheiro

          Totalmente concordo, em primeiro lugar o conforto dos meus filhos, depois talvez a opniao dos outros.

        • Rosangela

          concordo plenamente, acho lindo ver uma mulher amamentar e nunca tive vergonha de dar peito, é um ato de amor, não entendo porque há vergonha ou malícia, apesar de que já aconteceu de ter olhares maliciosos que percebi, mas encarei a pessoa de frente, ela sim é que tem que se envergonhar de maliciar um ato de amor como esse

        • Josi

          tambem concordo plenamente… moro em uma cidade super quente nao vou sufocar meu bebe com paninho no rosto e fazer o coitadinho suar. E quem se encomoda de ver uma ato tao lindo que e alimentar um ser fragil que olhe para outro lado. Vemos coisas muito piores na tv que um seio a mostra …

        • havennah

          Amamentar é lindo, porque sentir vergonha? A maldade está nos olhos de quem quer. Antes o conforto da minha filha, depois a opinião dos outros.

        • Daniela

          Concordo !!!. Meu primeiro filho mamou até 3 anos.E o segundo já vai fazer 2 e mama muitoo. E outra coisa Juliana sempre emagreci muito quando amamento dos 2. Não acho mito como de tudo. E meu marido ainda brinca que só não como pé de mesa de resto rsrsrsrs.
          Desculpa mas é fato.

      • Dani

        é porque na televisão e na rua há um excesso de mulheres decentes.rs
        e cada um faz o que quer com seu peito e seu filho rs
        discussão sem meta..

  2. Bruna

    Oi Ju! Adorei o post! Minha bebe esta com 2 meses e nos primeiras 7 dias foi mto dificil para mim tambem! Quase desisti! Mas no final td deu certo!! Contei com a orientação de uma enfermeira que foi a melhor coisa que fiz!
    Adoro o blog!!! Beijos

    • Juliana

      OI Bruna, tudo bem? Acho que o comecinho é difícil e dolorido para a maioria das mães,né? Mas como eu disse no post, a dor passa! Que bom que você conseguiu superar essa fase! Tenho algumas amigas que precisaram de ajuda de enfermeira e também adoraram! Fica aí uma super dica para quem está passando por dificuldades! Muito obrigada! Beijos

  3. Mariana

    Tudo verdade!
    De madrugada eu tinha que tirar até a calça da Maitê para ela ficar acordada durante a mamada!
    Tbm nunca amamentei em publico, não gosto! Para mim sempre foi prioridade a amamentação em um local tranquilo para nós duas.
    Tudo o que eu comia dava muita cólica nela, evitei muitas coisas até o 4º mês e só perdi os últimos 4 quilos quando parei de amamentar (quando ela tinha 7 meses) e fiz dieta!
    Durante o período de amamentação meus seios ficaram mais lindos do que nunca e depois, eles simplesmente não existem mais!!!
    E outra verdade é que quando fica muuuito bom, os bbs interagindo com a gente, mamadas mais espaçadas e tal, entra a alimentação solida e, no meu caso, o leite diminuiu ate aacabar e parei de amamentar….
    Mas apesar de toda entrega, noites sem dormir, dor, faria td de novo!
    Bjs

    • Juliana

      OI Mari, que lindo seu comentário! Amei e concordo com absolutamente TUDO! Muito obrigada pela participação! Mil beijos

  4. Manuela

    Estou com 33 semanas de gravidez e meus maiores temores no momento são o parto e a amamentação, costumo ter pesadelos que não estou conseguindo fazer minha filha pegar o seio. Me respondam uma dúvida, como é a questao da higiene entre cada mamada?? Lava o seio somente com água? ai troca o absorvente? e passa pomada? ( Lansinoh) e na proxima mamada pode mamar com a pomada??

    • Juliana

      Manuela relaxa !!!!! Calma !! vai dar tudo certo !!! Vc pode passar um algodão com água para higienizar … ai o bb mama, depois vc passa a pomada !! e pode mamar com a pomada sim, sem problemas!! essa pode !! Mas é importante q vc passe umas gotinhas de leite no mamilo, pois ajuda muito a não machucar …. Então, tenha cuidado mas nem tanto …. naturalidade é a palavra !! Bjos e boa sorte.

    • Juliana

      OI Manu, fica tranquila que no final da tudo certo! Não precisa sofrer por antecedência! Mas respondendo suas perguntas, você não precisa lavar os seios em todas as mamadas e o bebê pode sim mamar com a pomada (Lansinoh). Já o absorvente você vai usar dependendo da quantidade de leite que você tiver, eu por exemplo não uso mais, só usava no comecinho! Boa sorte querida! Beijos

    • Pamela

      Flor não tenha medo não, tudo vai acontecer naturalmente e no final da tudo certo! Pra mim o que ajudou bastante foi usar as conchas no lugar de absorvente. Isso pq as conchas são geralmente de plastico ou silicone, então dá pra higienizar melhor e também não ficam abafando o bico ferido, assim facilita a cicatrização nos primeiros dias. Absorvente só usava pra sair, em casa só as conchas.Boa sorte!

  5. Juliana

    Olá meninas, bom dia !! Concordo com o post … pois é, tem q querer MUITO !!! Mas não concordo “de jeito nenhum” com o último ponto!! Amamentar é uma coisa natural!!!! A minha filha tem 11 meses e ainda mama e muito e sinceramente: em qualquer lugar … Agora é super controlável, dá para esperar um pouquinho …. mas até os 6 meses e meio … nossa, eu amamentava em qualquer lugar mesmo !!! O meu marido achava lindo demais essa minha disponibilidade ….. o meu comprometimento … a minha mãe achava engraçado demais, pq eu sempre fui super discreta em tudo na vida …. mas aí veio a minha Catarina e o q me importava mesmo era a nossa relação e ela estar alimentada e satisfeita … e gente na boa: somos animais, ainda q aparentemente racionais …. Um beijo a todas !!

    • Juliana

      OI Ju, muito obrigada pelo depoimento! Esse ultimo ponto realmente é bem polêmico, e escrevi pensando na minha realidade, sou super envergonhada e se tiver algum homem ou qualquer pessoa estranha eu prefiro ir embora ou amamentar em alguma sala fechada! Não consigo mesmo! Mas isso é super pessoal! Vai de cada um, que bom que seu marido te apoia e se sente orgulhoso! Como você mesma colocou, o que importa é nossos pequenos estarem alimentados e felizes! Mil beijos

    • Liih

      não ligo quanto a amamentação em público, mas é fato que não custa nada jogar uma “fralda de pano” ou qualquer toalhinha sobre o bebê; porque o que constrange as pessoas não é o ato de amamentar em si, mas sim ter que presenciar seus mamilos para fora quando o bebê solta o seio.

      • Juliana

        ahahha Liliane é exatamente isso que penso! Ahahahha beijos

      • Mvopina

        É isso!

  6. Virgínia

    Oi Ju!

    Pra amamentar tem que haver uma determinação psicológica. É muito difícil, minha filha tem 10 meses e ainda hoje meus seios machucam, se eu não fizer uma massagem no bico do seio antes de iniciar a amamentação. Nossa sofri tanto com isso. Outra coisa que atrapalha e mexe muito com a gente, que já está fragilizada e cansada é o tal do que todo choro do bebê é fome. Nossa eu me estressava muito com essa conversa, eram tantos blá, blá, blá que às vezes entrava em desespero, mas fui muito firme e não desisti.
    Um abraço e parabéns por conseguir ser bem objetiva com as matérias do blog e com certeza ajudar muitas mamãe. Já usei várias das dicas do JRM.

    • Juliana

      OI Virgínia, amei seu comentário e te digo que algumas amigas também sentiram dores durante muito tempo, claro que não tão fortes como as dores do comecinho! Você já esta começando a pensar em desmamar agora que ela já esta com 10 meses? Sua missão já está cumprida querida! Beijos

      • Virgínia

        Ju estou numa dúvida tão cruel, se tirou ou não, pois fico com tanta peninha dela. Como trabalho o dia todo, quando chego ela fica eufórica e não quer mais ninguém e enquanto não dá uma mamada de uns 30 segundos, ela não se acalma, rsrsrs… E também ela está gripando com muita frequência, e inflamando a garganta, aí se alimenta muito mal e o peito é a salvação da pátria. Durante o dia essa é a única mamada dela, o problema está sendo a noite, pois ela acorda de 02 a 03 vezes e eu durmo muito mal, além do que ainda tenho o problema dos seios ficarem machucados.
        Confesso que estou muito preocupada com o devo fazer, mas vai dar tudo certo.

        Beijão!

  7. Mayara

    Oi meninas, entrar no blog é um atividade diaria pra mim, parabéns pelos temas que voces abordam, me ajudam em vários aspectos, esse sobre a amamentação tenho uma dica que me ajudou muito e não sofri NADA pra amamentar meu filho, a partir do 8 mês comecei a passar esponja no seio na hora do banho, NUNCA passei creme, pois o creme hidrata e nos temos que prepara -lo para a pegada da criança. Não tive dificuldade nenhuma, concordo com quase tudo, sobre local pra amamentar, em casa sempre priorizei o quarto dele, um ambiente tranquilo e o “nosso momento” mas quando estavámos na rua, shopping, restaurante, nunca fiz cerimonia, amamentava sem problema nenhum, as pessoas podem ate se sentir incomodada, com vergonha ou qualquer coisa, mais na minha opinião, não existe nada mais lindo do que uma mãe amamentando, por isso nunca me escondi. Parabéns pelo tema, tomara que venham mais post sobre amamentação, infelizmente muitas mães do hoje não dão o devido valor pra esse ato.

    • Juliana

      OI Mayara, sua dica é realmente excelente! Já ouvi outras mães dizendo que passaram esponja na hora do banho e não passavam hidratante e cm isso deixaram os seios “preparados” para a amamentação! Eu não fiz nada disso e talvez por isso que para mim foi mais complicado! Concordo com você que o ato de amamentar é maravilhoso! Muito obrigada pelo comentário. Mil beijos

  8. Milena

    Otima materia!! O que voce falou acho que é o que acontece com a maioria das mamães.
    Muito bom! Parabéns!

    • Juliana

      Oi Milena, fiquei muito feliz que você gostou da matéria! Beijos

  9. Luisa Lucena Onofre

    Para mim foi fundamental ter uma enfermeira me auxiiando nos primeiros 2 meses. E usei no início um bico de silicone pois meu bico era pequeno e não minha filha não pegava. Difícil até hoje (maria está com 4 meses e 24 dias) . É um vínculo indercritível e acho mto bacana eu não poder ficar longe mais de 5 horas da minha filha afinal só quem pode alimentã-lá sou eu… A natureza é mto sábia. A mãe sente uma saudade louca.kkk. Cada dia que passa vou aprendendo a amamentar e ser mãe … Eu pensava q amamentação era puro instinto sabe? Mas senti na pele q qdo se tem dificuldades temos que procurar ajuda e no caso foi de uma enfermeira. Bjo e fico triste qdo vejo pessoas próximas que não valorizam este ato pois além de ser difícil , dizem coisas do tipo : vc já deu mto tempo de mamar quase 5 meses, dê logo água , suco etc ; outros ficam fazendo medo dizendo q o desmame tem q começar logo pois a criança não vai pegar mamadeira e etc;e etc. Tem cada absurdo eu escutei viu. Um bjo

    • Juliana

      OI Luisa, tudo bem? Na amamentação do Olavinho eu também tive que usar esse bico de silicone, que por sinal me ajudou muito! Gostei da parte que você citou que a natureza é sabia, eu também sinto muuuuitas saudades dos meus filhos quando estou longe! Adorei seus comentarios. Beijos

  10. Viviane

    Muito legal o post, Juliana! Meu bebê está com 2 meses e meio e estou vivenciando a maioria dos pontos comentados. Processo difícil, mas extremamente prazeroso e recompensador.
    Só queria acrescentar uma dica: é normal que, no primeiro mês, o bebê ganhe pouco peso, ou até perca um pouquinho. Faz parte do processo de aprendizado da mãe e do bebê sobre os intervalos apropriados para eles, qual a posicao o bebê consegue mamar melhor, etc. Nao se aflija ou se sinta culpada. Isso
    não quer dizer que a mãe nao produz leite suficiente, nem muito menos que o leite é fraco. O pediatra do seu filho te ajudará a encontrar o caminho para que o bebê possa ser alimentado de acordo com suas necessidades e, na maioria das vezes, continuar com o leite materno.
    Na mídia romantiza-se muito a amamentação, que é de fato muito importante para o bebê. Mas eu gostaria muito de ver o Ministério da Saúde fazendo campanha em cadeia nacional para ensinar as mães as diversas técnicas de pega, dando incentivo e ressaltando que apesar da dor elas persistam, pois a dor vai passar, mesmo que para algumas mães demore um pouquinho. Isso seria muito importante, principalmente para aquelas mães mais sem recursos para contratar enfermeiras e sem acesso à informação especializada.
    Abraco,
    Vivi.

    • Juliana

      Vivi, muito obrigada pelo seu comentário! Super completo e esclarecedor! Leitoras como você nos traz ainda mais prazer em ter um blog! Mil beijos

  11. Daiana Turra

    Na minha opinião não há nada de errado em amamentar em público, acho até super legal e sempre senti muito orgulho em fazer isso, pois toda mãe que amamenta ou já amamentou sabe o quão difícil isso é e não vai ser por que algumas pessoas que não vão se sentir a vontade que a maezinha vai ter que sair de onde está só para amamentar, sem falar que todas as maes sabem que os bebes querem mamar toda hora. Quem tem que se sentir a vontade sao os bebes e as mamaes independente do lugar, se for em publico ou não.

    • Juliana

      Daiana, tudo bem? Esse ponto é bastante polemico mesmo! Acho que não existe certo e errado, mas sim o que as mães se sentem a vontade em fazer! Coloquei apenas minha opinião, mas com certeza o mais importante é o bebê estar alimentado, né? Muito obrigada pelo seu comentário. Beijos

  12. Cinthya

    Achei um post ótimo e bem esclarededor, coisa que não li (e precisava) quando estava grávida da primeira filha.
    Me entristece ler a opinião de que não podemos amamentar em público. Estou grávida do terceiro filho e amamentei minhas duas filhas em qualquer lugar e sempre tive orgulho disso. Com muita naturalidade. Meu marido sempre ajudava para que não tivesse “exposição” digamos assim e eu consegui amamentar as duas até os 15 e 10 meses, respectivamente. Acho realmente que o problema, ou a maldade, se encontra nos olhos de quem vê e não em quem amamenta.
    Beijo.

    • Juliana

      Oi Cinthya, Concordo com o que você escreveu! Não quis dizer que as mães não devem amamentar fora de casa, mas sim serem discretas e achar um cantinho mais reservado, mas como já coloquei em outros comentários, não existe certo e errado, mas o jeito que a mãe vai se sentir melhor! Achei o máximo que você conseguiu amamentar até 15 e 10 meses. Parabéns!

  13. Juliana

    Excelente post Ju!!! Realmente amamentar não é um bicho de sete cabeças, mas tem seu tempo entre mãe e bebe e a cada dia vao se conhecendo….digo que, para mim, o inicio foi complicado pq o Rodrigo não conseguia pegar direito o seio que estava enorme…no total foram 5 dias de luta, choro, angustia, mas confesso q na hora que relaxei realmente e coloquei na cabeça que ele iria conseguir e aprenderia, isto aconteceu e depois disto foi fácil.
    Realmente dá mto sede, e quando sento pra amamentar ja fico com minha garrafinha, além de tomar em outras horas do dia.
    Também sempre amamentei tranqüila em lugar calmo e so eu e meu bebê. No máximo meu marido junto ou minha mae. Parece q eles ficam mais calmos e flui. Hj em dia (7meses) posso dizer q é até engraçado, pq ele se distrai com tudo hehehe.

    Mas pra quem esta começando ou vai passar por esta fase em breve, sintam-se abraçadas por mim. Tentem ficar calmas (apesar de nao ser mto fácil após ver o bebe chorar de fome), mas a cada mamada tudo vai se ajeitando e é tudo maravilhoso!!!

    (Desculpe o post tão grande….) super bjo Ju

    • Juliana

      Ju querida, mas uma vez você escreveu um comentário lindo e super pertinente! Adoro ter você como leitora! Mil beijos

  14. Ana

    Excelente o post, chega de “enfeitar” a amamentação. É importante, sim, mas também é uma etapa difícil para a mae, e muitas vezes dolorida. Parabéns por dizerem a verdade. Eu nunca amamentei meus filhos na frente dos outros, salvo minha mae, marido e irmã. Acho que é um momento de intimidade entre mae e filho, que nao deve sofrer interferências. E mesinto MUITO incomodada quando amamentam na minha frente, seja uma pessoa conhecida ou nao. Em restaurantes entao nem se fala. Super beijo para vcs

    • Juliana

      Oi Ana, tentei colocar minha experiencia com a amamentação e estou percebendo que a maioria das mães tambem passou por dificuldades no início! Concordo com tudo o que você escreveu! Amei seu comentário! Mil beijos

  15. Tatiana

    Amo este assunto, concordo com todos os tópicos, confesso que não tive muita dificuldade para amamentar (lógico que machuca nos primeiros 15 dias, mas depois passa) e determinação é fundamental. O elo e amor que este ato representa é único. Agora uma coisa que não me contaram foi sobre o desmame, o meu pequeno nunca pegou chupeta e NENHUMA mamadeira, ou seja, só peito até os 10 meses, como disse o pediatra desmamar é ainda mais difícil, pois parece que de fato chegou a hora de cortar o “cordão”. As razões de desmamar foram diversas, mas principalmente pq não tinha mais leite suficiente, meu bico virou chupeta e ele passou a me morder (isso sim dói, muito mais que qqr rachadura..rs) e o processo dele pegar uma mamadeira foi uma prova de fogo, depois de 7 marcas diferentes, eis que ele aceita uma! Meu menino alimentado o peso do desmame foi diminuindo, mas o processo todo levou 40 dias. Amamentaria por mais tempo e incentivo todas as mães que conheço a não desistirem na primeira mastite, rachadura, sangramento, dói mas vale MUITO a pena! Amo o blog e os assuntos abordados! Bjo grande Tati

    • Juliana

      Tati muito obrigada pelo seu depoimento! O desmame realmente não é fácil para a maioria das mulheres. No meu caso com o Olavinho foi um processo natural, sem sofrimento, mas não sei como será com a Ana Helena, pois ela não pega mamadeira de jeito nenhum!! Vamos ver pois ela ainda está com 4 meses, mas daqui a pouco eu volto a trabalhar (ai que medo)! Mil beijos e muito obrigada mais uma vez pelo seu lindo comentário!

    • Mel

      Olá Tatiane, ao ler seu comentário, me identifiquei, Eu tbm estou amamentando exclusivamente meu pequeno, ele já esta prestes a completar 7 meses, agora já come papinhas no almoço e nos lanchinhos frutinhas. Mas estou tendo uma grande dificuldade quando se trata de sucos, ele rejeita a mamadeira, as vezes da umas mamadinhas, o máximo que consegui foram 30ml direto de suco de melão.
      Estou tentando tirar a mamada da noite, no caso meia-noite é sua última mamada, mas ele não quer pegar de jeito nenhum a mamadeira, tentei da Chicco, Avent, Nuk, já não sei mais qual tentar…
      Não quero desmamar direto, mas queria que ele começasse a pegar a noite a mamadeira ao menos, para dar uma aliviada…Vc teria alguma dica para me dar?

      Obrigada

  16. Juliana

    Gosto muito do assunto “amamentação”. Amamentei minha filha ate um ano e meio e meu filho ate dois anos, e foi a melhor experiência da minha vida. Com a minha primeira filha, eu sofri um pouco no começo, pois machucou um pouco, mas assim que ela aprendeu a sugar direito, tudo ficou muito mais fácil.
    Em relação a retirada do leite para armazenamento, depende muito do tipo de bombinha que vc tem, eu usei a automatica e a manual, e achei a manual muito melhor (engraçado ne?), conseguia tirar 200 ml de leite em menos de meia hora, sempre tive muito leite, e quando tive meu segundo bebe, doei 8 litros de leite para o banco de leite da minha cidade 🙂
    O que aprendi sobre as cólicas eh que depende de cada mulher e como ela recebe cada alimento, por exemplo, suco de laranja eu nao poderia tomar nunca pq nao caia bem pros bebes, mas por outro lado, se o bebe nao sabe mamar direito e nao posiciona a boca direito no seio, ele acaba engolindo muito ar e ai eh colica na certa – segundo minha midwife.
    Eu jamais deixei de amamentar por estar num lugar publico, sempre fui muito discreta, sempre usei roupas que eram fácies na hora de amamentar, e nunca me senti mal em amamentar em publico, pois estamos apenas alimentando um bebe.
    Li um comentario acima de uma pessoa dizendo que passou esponja no bico dos seios, e isso hoje em dia nao e mais recomendado, a mulher pode acabar se machucando e assim ter uma amamentação difícil. O seio da mulher ira se preparar naturalmente para a amamentação, nao eh necessário de jeito nenhum passar a esponja nos seios.

    Acredito que a amamentação eh o melhor caminho, assim que a mulher se acostuma e o bebe aprende a mamar, tudo fica muito mais fácil e prazeroso. Tem que ter um pouco de persistência e paciência para as mamães que tem problemas no começo. Sou totalmente a favor da amamentação ate pelo menos nos primeiros 6 meses de vida do bebe, tenho horror a leite artificial. 🙂

    Adorei o post 🙂

    Um beijo

    • Juliana

      Oi Ju, que maravilha você ter amamentado tanto tempo seus filhos! Parabéns! Adorei todos os seu pontos do comentário. Muito obrigada pela participação no blog. Mil beijos

      • Juliana

        Oi Carolina,

        Achei que te ofendi um pouco com o meu comentário, nao foi minha a intenção. Sempre tive uma quantidade enorme de leite com meus dois filhos, doei meu leite somente quando tive meu segundo filho, pois minha produção de leite sempre foi muito grande e tive muito problemas com mastite – uma inflamação das glândulas da mama causada pelo acúmulo de leite – e meu bebe mamava muito. Entao a melhor opcao foi doar e ajudar as mamães de bebes prematuros e ou maes que nao conseguiram amamentar por algum motivo. Abençoada sao as maes que receberam doação leite materno para poder dar aos seus bebes ao invés do leite artificial, na cidade onde moro, tem cerca de 2 milhões de habitantes, e somente 16 mulheres estão na lista de doação de leite materno.
        Sim, fico horrorizada com maes que por opcao própria nao querem amamentar e oferecem leite artificial ao bebe, eu digo, por opcao, nao para aquelas que infelizmente por algum motivo, nao puderam amamentar.
        JU, obrigada por abrir esse espaço com um tema tao importante, talvez nao tenha me expressado direito no final do meu primeiro comentario, mas acredito que agora esta tudo mais esclarecido.

        Um beijo e sucesso

    • Carolina

      Oi Juliana

      realmente amamentar é maravilhoso, tenho passado momentos lindos com o meu filho.
      E se você teve essa quantidade toda de leite, capaz até de doar 8 litros pro banco de leite, sinta-se muito abençoada.
      E por favor, não seja horrorizada ao leite artificial, ele AJUDA MUITO nós mães que, diferentemente de você, não temos leite suficiente para alimentar adequadamente os nossos filhos. E saiba que eles crescem tão saudáveis quanto os demais.

      bjs

  17. Daiana Teixeira

    Concordo com alguns comentários, no início enquanto o leite não “desceu” realmente é mais complicadinho, pois a gente não tem certeza se os bebês estão se alimentando corretamente, apeser de ser muito importante o colostro, mais eu tinha essa dúvida.
    amamentei o meu pequeno até os 6 meses excluisivamente, voltei a trabalhar antes e tirava o leite no trabalho com bombinha, me adaptei super bem e todos os dias levava bastante leite para casa, após a minha produção foi diminuindo e a fome dele aumentando então tive que complementar.
    quanto a amamentar em público, fiz MUITOOOO o meu bebê era bem comilão e o meu marido não achava nada estranho, ele até incentivava e me dava confiança.

    • Juliana

      Oi Daiana, Esse ponto de amamentar em publico realmente é controverso… que bom que você se sentia a vontade e seu marido a apoiava! Não tem certo ou errado! Beijos

  18. Gianina (Gica)

    Oi Ju, parabéns pelo post! Eu queria compartilhar minha experiência porque sei que não estou sozinha e acredito que ser mãe não é só amamentar e NENHUMA mãe deve se sentir culpada ou inferiorizada se não consegui-lo . Eu não tive dificuldades com a amamentação, não tive rachaduras ou dores horrorosas e meu filho pegou bem o peito meu problema foi que eu nunca produzi muito leite. E por isso quando meu filho tinha 4 meses ele não se saciava mais somente com o peito, eu ficava mais de 1 hora com a bombinha e tirava 30ml. O preconceito que existe com quem dá complemento para os bebês e a culpa me fizeram sofrer muito. Segui então com o peito e com o complemento até os 6 meses. Morria de medo que meu filho tivesse baixa imunidade e quero dizer que isso é uma bobagem, meu filho está com 2 anos, tem dentes perfeitos (para orgulho da mamãe dentista, hehehe), dorme muito bem, é tranquilo e muito saudável, nunca perdi uma única noite de sono por estar doente! Então eu digo que amamentar é ótimo mas se vc não tiver leite suficiente dê complemento e muito amor ao seu filho e seja feliz!

    • Juliana

      OI Gica, quanto tempo! que lindo seu comentário! Concordo com absolutamente TUDO que você escreveu! Nenhuma mãe deve sofrer por dar complemento! Isso é muito mais comum do que imaginamos e acho um pecado deixar uma criança com fome simplesmente pq a mãe não quer dar mamadeira! Estou muuuuito feliz com sua participação no blog ! Espero que seu depoimento ajude muitas mamães que estão na mesma situação que você! Beijos

  19. Ana

    Achei ótimo o post. Tenho uma filha de 3 anos e filho de 3 meses e meio, o qual estou amamentando exclusivamente. Com certeza a amamentação não é um conto de fadas, mas é uma delícia olhar aquele bebezinho se alimentando do leite que eu tenho a capacidade de produzir. Sinto-me super poderosa!
    Concordo com quase tudo que você escreveu, exceto da parte de amamentar em público. Acho que sim, devemos ser discretas, mas não que devemos evitar. Há diversas maneiras de cuidar (eu, por exemplo sempre coloco uma fraldinha por cima do seio) para que não haja qualquer constrangimento.
    Até porque amamentar é algo natural! Lógico que nenhuma mãe vai ficar mostrando os seios, apenas vai dar o alimento ao seu filho. Ora, como você mesma disse, a amamentação limita a vida social da mãe e não há sentido em limitá-la ainda mais porque alguns homens se sentirão constrangidos, até porque um dia eles foram os bebês e possivelmente tem ou terão filhos e suas mulheres passarão pela mesma situação.
    Adorei o post!

    • Juliana

      OI Ana, muito obrigada pela participação e opinião! Também AMO ver o rostinho da minha bebê quando estou dando de mamar! Beijão

  20. sara

    Eu amamentei a minha filha em público, mas sempre usava uma fralda para ser mais discreta e não mostrar nada muito pessoal (como meu seio). Acho que é uma boa opção para não constranger ninguém, mas amamentar é fundamental!

    • Juliana

      OI Sara, concordo com você! Beijão

  21. Aline

    Juliana, adorei a matéria. Trabalho com amamentação e adoro ler coisas sobre o assunto, portanto gostaria só de acrescentar algumas dicas. Primeiramente, evitar colocar o bebê um certo tempo em cada seio, ele deve mamar um seio por mamada no inicio para chegar ao leite posterior que é produzido durante a mamada, se trocarmos de seio durante 10 ou 15 minutos o bebê não chega na gordura do leite, segundo evitar manusear o seio com esponjas ou apertando, até pq vc estimula também a saída do leite que é ocasionada pelo hormônio chamado ocitocina ele também contrai o útero auxiliando no parto, portanto pode ocasionar um parto prematuro sem ter consciência.
    Amamentem bastante e exclusivamente, mamando no peito o bebê não irá precisar de água, chá ou suco o leite materno terá tudo o q ele necessita por seis meses, após esse período pode continuar amamentando e introduza alguns alimentos que o pediatra permitir.

    • Juliana

      OI Aline que dicas excelentes! Muito obrigada pela sua participação! Amei! Beijos

  22. Tatiana

    Juliana, adoro o seu blog. Está sendo extremamente útil para mim. Estou de 27 semanas, minha primeira gestação.
    O assunto me preocupa bastante porque não terei licença maternidade e quero amamentar o maximo possivel. Nao sei o q vou fazer….Acho q a bombinha vai ser mto util, mas nada substitui o momento, o vinculo gerado…
    A principio as mamadas são de 3 em 3 horas, certo? Qdo esse tempo começa a aumentar?
    Abraço!

    • Juliana

      OI Tati, Tudo bem? Vou começar a espaçar para 4 em 4 horas agora que a AH esta com 4 meses. Mas cada bebê tem seu horario, Tenho amigas que desde o começo conseguiram dar de 4 em 4. Boa sorte e não sofra por antecedência! Mil beijos

  23. Lisiane

    Esse é um tema de extrema importância! A verdade é que a amamentação é realmente a soma de MUITA força de vontade e determinação. Tenho filhos gêmeos de 5 meses e amamento exclusivamente os dois. Isso realmente é que é prisão domiciliar, esqueçam as “3h em 3h” eheh. Para mim a função é de hora em hora, o tempo todo. Passo o dia sentada em um sofá amamentando, mas não tenho a menor dúvida de que todo esse sacrifício vale a pena! Concordo com todos os itens apontados na postagem! Meninas: força de vontade! Nas horas mais difíceis ou doloridas, pensem que é uma fase e que ela vai passar! A recompensa de saber que estamos dando o melhor para os nossos filhos é a nossa maior motivação!
    Parabéns pelo blog mamães!

    • Juliana

      Oi Lisi, como você é guerreira! Parabéns pela determinação! Fico muuuito feliz quando vejo exemplos como o seu! parabéns mesmo! Mil beijos

  24. Ana Elisa Campos Marques

    Adorei o post, tópicos super verdadeiros, minha Bebê está com 5 meses estou amamentando, brinco que estou no confinamento do amor, no início foi doloroso mas nem pensei em desistir, porque este era um sonho, de amamentar minha pequena e adoro, lógico que temos que abdicar de tempo, paciência, mas vale a pena, pelo momento e pela saúde, chocolate também não influenciou nas cólicas da Marina. To com queda de cabelo é fio por todo lado e eu já perdi o peso que ganhei na gravidez e além, no meu caso a amamentação tá me fazendo perder peso, mas como sempre fui magrinha, não queria perder tanto. Sempre assim né rs

    • Juliana

      Oi Ana Elisa, AMEI o “confinamento do AMOR” , vou passar a usar essa frase também! Obrigada pelo comentário e Parabéns pela Marina! Mil beijos

  25. Rúbia

    É a primeira vez que entro no blog e estou amando! Meu filho o Felipe está com 1 mês e 17 dias e confesso que ainda tenho milhões de dúvidas sobre amamentação. As vezes acho que não estou dando a quantidade suficiente para ele, mesmo a pediatra me falando que ele ganhou peso acima da média. Nosso seio deveria ser transparente para vermos o quanto o bebê está mamando….rsrs Brincadeiras a parte, quero compartilhar com vocês a minha frustração no início. Ainda qdo estava grávida eu pensava que bebês eram iguais gatos, sentia o cheiro do leite e já se alimentava. Não tinha nenhuma ideia de como era tão difícil, afinal, nunca tinha convivido com grávidas e nunca me interessei pelo assunto antes. Pois bem, no hospital as enfermeiras apertavam o bico do seio e falavam que tinha o colostro, mesmo eu não enxergando nada qdo elas mostravam. Elas forçavam o Felipe a ficar mamando, que na verdade só depois descobri que ele ficava “chupentando”. Só descobri isso no mesmo dia que sai da maternidade que tive que levar as pressas o Felipe no pronto socorro, pq não sai nada do meu peito e o coitado estava morrendo de fome e com início de desidratação (imaginem o meu desespero!).
    Só depois de 7 horas no hospital, é que apareceu uma pediatra que receitou uma fórmula para eu comprar e o remédio para eu espirrar no nariz para o leite descer, pois os outros não queriam interferir nisso, pq eles me falavam que eu deveria falar com o pediatra do Felipe. O engraçado é que eu tentei marcar consulta qdo estava grávida e nenhum pediatra quis me atender. O mesmo pediatra que não quis me dar a receita no hospital, falou que ele tb não aceitava grávidas no consultório dele. Imaginem a raiva que eu estava, pois era o primeiro dia de vida do meu filho fora da maternidade e esse médico que me diz pra eu buscar o meu pediatra sendo que ele mesmo diz que ele não pratica a consulta antes…
    No final, liguei para uma pediatra que minha GO tinha me indicado a alguns meses atrás e que me ajudou tudo por telefone. Atualmente ela é pediatra do Felipe devido a tanta confiança que ela me passou e por ter me ajudado.
    Confesso que foi super difícil amamenta-lo nos primeiros dias (depois que o leite desceu), pq ele ficou traumatizado, que no entanto qdo colocava na posicão de amamentar ele gritava e eu ficava desesperada. Tinha que dar o peito qdo ele estava dormindo.
    A dor nos seios eu não senti muito rsrs mas fico imaginando a dor das mães que passam pela dor e mesmo assim não desistem. Um produto que me ajudou bastante foi a pomada que passei desde a primeira mamada e uma placa de silicone que coloca na geladeira e dá uma sensação de alívio qdo colocado no peito. Sem contar que ele não suga o leite como os absorventes de seio, ele deixa o leite que vaza fazendo com que hidrate o bico do seio no intervalo das mamadas.
    Amamentar em público acho que tem que ter bom senso! Ninguém é obrigado a ficar vendo nosso seio. Como diz minha mãe: Homem é homem! e as vezes não sabem diferenciar uma mulher amamentando de um seio a mostra.
    Creio que as mães que amamentam tem que colocar uma fraldinha por cima ou capas que hoje já existe para amamentar em público. Qdo o bebê já tem uma certa idade, tb fica feio da mãe ficar amamentando em público. Já vi muitas mães amamentando com crianças em pé! Poxa, nem cabe mais no colo. Esse tipo de cena pode deixar em casa, afinal a criança não vai morrer de fome se não mamar no peito naquela hora. Sem dizer que qdo a criança não quer mais ela larga o peito e as vezes a mãe nem percebe que os seios estão de fora. Já presenciei isso com uma amiga minha e foi super constragedor todo mundo conversando com ela e ela não percebeu que o seio estava de fora e ainda chegou meu sogro e não sabia onde enfiar a cara de tanta vergonha que ele ficou.
    Desculpe se meu post ficou longo, mas quis escrever a minha experiência talvez sirva pra alguma mamãe. Bjs!

    • Juliana

      Rubia, muito obrigada pelo seu depoimento! Adoro quando as mães contam suas experiencias aqui no blog, pois certamente vão ajudar outras mães que passam pela mesma situação! Seu comentário foi muito especial! Mil beijos

  26. Taynara Politano

    Oi, adorei o post, realmente tudo isso acontece, apesar de ter emagrecido 13 quilos em 13 dias só amamentando, vejo muitas meninas que não emagreceram. Mas preciso discordar da ultima afirmação. Amamentar é super natural, precisamos quebrar esse tabu do seio, afinal é para isso que o seio é feito, para amamentar. “Deselegante” é uma mulher que quase põe o seio a mostra sem nenhum proposito que não seja se exibir, mas uma mãe que alimenta e ampara seu bebê é lindo e representação perfeita da natureza, e acredito que seja uma opinião pessoal SUA e não uma regra a ser seguida, ao contrário das outras que são bem realistas. Enfim, adoro o seu blog. Beijos a vocês e a seus filhos lindos 🙂

    • Juliana

      Oi Taynara, tudo bem? Realmente a ultima afirmação é uma opinião minha e não uma regra! Respeito MUITo todas as mães que amamentam seus filhos! Apenas quis colocar meu ponto para manterem uma certa discrição, pois realmente ja vi muita situação desconfortável! Mas como te falei antes não existe certo ou errado, o importante é o bebê estar bem alimentado e saudável! Mil beijos

  27. Roberta Pires

    Tenho um filho de 1 mes e 5 dias e passo o dia todo
    Noiada se ele esta mamando o suficiente. Como é difícil saber. Ele pegou o peito fácil, mama direito, mas fica 50 minutos mamando, 30 num peito e 20 no outro, e NUNCA larga, eu q tenho q tirar ele, desespero. Se ele ta inquieto acho que eh fome, se chora tb acho, to ficando louca. No primeiro mes ele nao ganhou muito peso, mas ganhou, o pediatra acha q eu tava cortando o leite gordo e mandou dar mais num peito so. Estou amamentando exclusivamente mas morrendo de medo dele estar com fome. Ele nao chora muito, faz xixi e coco normal, dorme bem, faz 5 hs a noite, mas mesmo assim acho q quando acabam esses 50 minutos ele quer mais. Semana q vem vou no pediatra de novo ver se ganhou peso e ficar mais calma. Quando tento tirar com a bomba sai 30ml em 30 minutos, mas sempre tiro após ele mamar, nao sei se eh normal, tenho tantas duvidas. Adorei p comentário da Viviane. Acho q se ele tivesse fome estaria urrando né???
    Duvida cruel.

    • Juliana

      Oi Ró, Tudo bem?
      Pela minha experiência posso te dizer que se ele estivesse com fome, com certeza estaria berrando e chorando muuito! Outra coisa, se você tira leite depois da mamada, com certeza sai pouquinho! Tenta tirar uma vez antes dele mamar para ver se sai bastante leite! Outra coisa que ajuda bastante é o método EASY (veja o post da rotina do bebê que tem aqui no blog e explica direitinho) para que você possa identificar o motivo do choro, pois não é todo choro que é fome, eles tbm choram por sono, cólica, cocô etc… A Ana Helena por exemplo chora muuuito quando esta com sono! Então acho que não deveria dar o peito por qualquer reclamada dele ou choro! Meu pediatra sempre disse para dar intervalos de no minimo 2 horas e no máximo 4 horas, então tenta se segurar para que ele entre em uma rotininha!
      Fica tranquila que daqui a pouco tudo se encaixa, ele ainda é muito pequenininho e as coisas estão se ajeitando! Se ficar com mais alguma duvida e quiser dividir comigo terei o maior prazer em te ajudar! beijos

  28. Vanessa Santos

    Olá meninas, adorei o blog. Minha princesa Tabata tem dois meses e o meu peito ainda dói quando vou amamenta – lá, mais até hoje eu não desisti. Por mais que eu sinta dor e as pessoas digam que seria melhor se eu ja fosse acostumando ela com a mamadeira, eu não desisto, sinto muitas dores ao amamentar, mais ver aqueles olhinhos e aquele sorriso quando vou alimenta – lá, não tem preço e sem duvida é a melhor coisa do mundo. Tive problemas com ela, pois quando ela esta do fome não tem ninguém que faça ela se acalmar, então eu tive que aprender e passar por cima da vergonha ( sou hiper tímida) e começar a dar mama onde for que eu esteja, claro q sempre tenho uma fraldinha pra por em cima. Beijos

    • Juliana

      OI Vanessa, tudo bem? Será que sua bebê não está “pegando errado” a mamada? Tente ver isso, pois com 2 meses e meio não deveria mais doer seu peito! Se precisar de ajuda posso te indicar uma enfermeira que auxilia a pegada da amamentação.
      Boa sorte! beijos

  29. Zuleide

    Sinto muito, gostei de todas as dicas mas a última é uma grande bobagem e pode prejudicar a criança. É um conselho fútil dizer que a mãe não deve amamentar em público pois deixa os outros constrangidos. Use um lencinho, até sentem um lugar mais calmo, mas nunca, nunca deixe de priorizar o seu filho por causa do que os outros vão pensar. Isso é coisa de mulher superficial e não de mãe de verdade. Começa assim, logo ela vai parar de amamentar pois não vai aguentar as críticas. Muita gente é contra a amamentação depois de um ano, mas é fato que ajuda na saúde da criança com dois anos ou mais. Eu enfrento até bulliyng das minhas primas porque amamento minha filha de dois anos e 3 meses, mas minha filha é linda, descontraída e saudável. Dane-se o que pensam! Minha filha em primeiro lugar!
    [email protected]

    • Juliana

      Oi Zuleide, não sou contra amamentar em publico desde que haja uma discrição! Apenas comentei que amamentar na frente dos outros sem nenhuma peça protegendo o seio deixa as pessoas constrangidas sim, isso é fato! Ser mãe é a coisa mais importante da minha vida e NUNCA vou deixar um filho de lado por causa das outras pessoas. Minha filha esta com 9 meses e ainda a amamento, e quando estou em algum lugar publico, me preocupo em ir para um canto ou colocar uma manta. Obrigada pela participação no blog. beijos

    • Fabiana Abdala

      Zuleide…
      Absurdo isso que suas primas fazem com você. E sobre constrangimento, eu que fico constrangida de alguém ficar me espiando amamentar. Nunca me escondi para amamentar e já observei, em alguns poucos casos, homens olhado (sem vergonha nenhuma, muito pelo contrario), neste caso lancei um olhar de reprovação tão grande que eles se sentiram constrangidos foi pela atitude deles. Nossa sociedade ainda é muito machista, mas o mais triste é quando esse machismo parte de mulheres…

  30. Su

    Olá, concordo com todos os comentários, minha filha está com 5 meses e mama, exclusivamente, no peito. Eu também tive muiita dor no início da amamentação, não foi fácil, mas hoje vi que valeu a pena o esforço, pois ela está desenvolvendo acima do esperado para sua idade (peso x altura) e ficou doentinha apenas uma vez. O único inconveniente é a opinião externa referente a dar outros tipos de alimentos e até mesmo, complementar com o leite artificial, porque no meu caso, além do meu emagrecimento, ela sempre acordou a cada três horas para mamar, mas ultimamente, as vezes acorda até a cada uma hora e meia. O pediatra disse que é devido aos dentes que estão surgindo, mas todos insistem que o meu leite não está sendo suficiente e que é fome. Além disso, meus familiares falam que ela não vai pegar a mamadeira quando ela completar 6 meses, por estar amamentando somente no peito. Apesar de tudo isso, é maravilhoso a sensação de amamentar e o vínculo que a gente adquire com o bebê não tem preço. Achei o blog muito interessante pois permitem a nós, mães, expor o que acontece no dia a dia e até mesmo, trocar idéias e opiniões. Bjs.

    • Juliana

      Oi Su, que bom que você gostou e concorda! Adorei seu comentário! Beijão!

  31. Mariana

    Concordo, realmente é ridículo amamentar em público. Meu bb tem 3 meses e procuro um local meio escondido quando estamos por aí para amamentá-lo. Ninguém precisa ter a agressão visual de ver vc com um peitão pra fora, principalmente homens, eu tenho pudor ainda e nao mostro assim meu seio.

  32. Fabiana Noronha

    Sobre o caso de amamentar em público eu acho normal, eu amamento meu filho em qualquer lugar. Só não vou deixar meu filho chorando e com fome por causa dos outros né!?

    • Juliana

      OI Fabi esse tema é em polemico! Eu também ja amamentei em publico, mas na maior discrição. Beijos

  33. fabricia

    nao concordo em nao amamentar em publico, pois jamais deixaria meu filho com fome ele estar em primeiro lugar porque nao por uma toalha se tem vergonha ?

    • Juliana

      OI Fabricia, deixar um filho passar fome é a ultima coisa que uma mãe que está amamentando pode fazer! NO texto quis apenas expor minha opinião para que a mãe seja discreta e cubra com algum paninho! Obrigada

  34. Flávia

    Eu acho horrível quem sai arrancando o peito pra fora em qualquer lugar pra amamentar. Eu fico super constrangida quando alguém faz isso perto de mim, não sei como agir. Não custa nada ir pra um lugar mais reservado.

  35. Fabiana Abdala

    A matéria é até legal, mas não concordo com alguns pontos e vou complementar com alguns outros (inclusive alguns baseados em evidências científicas). Espero que aceite a postagem e permita novos debates.
    1 – Amamentar não dói…. O que causa a dor é quando há algum problema na amamentação, o principal é a pega incorreta que acaba por causar os demais problemas (inclusive mastite). O que sempre recomendo as minhas futuras mães é procurar um Banco de Leite Humano antes mesmo de ter o bebê.
    2 – Não se usa mais essa (quase) “regra” de dar de mamar a cada 3 horas até porque o leite humano e digerido muito rápido e o bebê pode sentir fome muito antes disso…. A livre demanda (principalmente no 1º mês) permite o bebê um ganho maior de peso e com o tempo ele mesmo vai regular esse horário conforme a necessidade dele. O estômago do bebê ainda é imaturo (até os 6 meses) e a livre demanda ajuda no processo de maturação.
    3 – Super concordo com a hidratação, apenas complemento que ela deve ser inclusive durante a amamentação. Há relatos de mães que sentem a boca secar, então tenha sempre um copo ao lado quando for amamentar.
    5 – De fato não há tempo ideal do bebê mamar e cada um segue um ritmo. Mas é importante ressaltar que o LM é composto do Leite anterior (inicio mamada) que é mais ralo e sacia a sede e hidrata, e o Leite posterior (final da mamada) que é mais gorduroso e sacia a fome e alimenta. Logo é importante deixar o bebê mamar até ELE largar a mama pois ai a mãe vai garantir que ele aproveite as duas fases do leite. Muitos relatos de mães que diz ter “leite fraco” e o bebê não engordar é pelo fato de não permitirem ao bebê chegar na segunda parte do leite.
    7 – Retirar o leite é realmente um processo que demanda tempo e paciência (mas nunca achei chato), Para tornar mais fácil faça a ordenha com bomba elétrica (que permite uma rápida e maior quantidade) e a cada mamada do bebê, retirando sempre do seio que não mamou e fazendo o revezamento na mamada seguinte, isso vai garantir a continuidade da produção de leite.
    E principalmente:
    10 – NUNCA tenham vergonha de amamentar, seja em qual lugar for. Já basta o tempo de nossas avós em que tinham que se esconder para alimentar seus filhos. Se nós podemos nos alimentar livremente em qualquer lugar porque vamos esconder nossos filhos. Na minha opinião (e de milhares de mães que promovem “mamaços” Brasil afora por terem sido proibidas de amamentar em lugar público), somente um homem (e outra pessoa) com a mente doentia (inclusive sexualmente falando) vai se sentir incomodado, constrangido (ou até exitado) em ter uma mulher amamentando por perto.
    Amamentar é algo lindo e natural. Se tem uma mulher amamentado próximo a alguém é só esta pessoa respeitar o momento mãe & bebê e não ficar olhando, e se a pessoa fica olhando o problema não bem é com a mãe que amamenta… Acho que a sociedade, neste caso, precisa rever seus conceitos…

    • Mariana Kido

      Ai Fabiana, eu tive que vir aqui discordar! AMAMENTAR NÃO É ESSE SONHO LINDO QUE PASSAM NAS CAMPANHAS, NÃO! Amamentar dói, sim! entendo perfeitamente as mães que desistem! eu quase desisti! e nao era pega errada, nao. a maternidade pública em que tive meu bb possui equipe especial de apoio à amamentação e banco de leite, todos os dias de manhã estavam lá na enfermaria auxiliando as mães de primeira viagem como eu e meus mamilos todos feridos, dor INSUPORTÁVEL, passando pomada de lanolina direto porque passar o leite do peito não adianta NADA, É MITO! Eu nao desisti por muito pouco, até uma lata de fórmula comprei, mas nao dei. Meu bb está com 4 meses só mamando LM mas porque depois de 1 mês e 15 dias mais ou menos os mamilos calejaram e pronto, não há mais dor! Mas o inicio é só sofrimento! E minha boca fica super seca quando amamento! Quando ele começa a mamar e sinto a boca secando me vem só pensamento ruim na cabeça, TODAS AS VEZES, Deus que me perdoe, mas eu tenho pensamentos do tipo: “que horrível é amamentar, meu Deus! tira de mim essa insistência pela amamentação, SENHOR!’ e a queda de cabelo? na minha casa eu nao vejo mais o chão. só vejo meu cabelo. cai a cada segundo toneladas de cabelo. pode ser bom pro bb, pra mãe nao traz benefício algum. minha mãe nunca amamentou e eu e minha irmã nao vivemos doentes e gripadas como meus primos que mamam até 5 anos de idade! contra fatos não há argumentos! e amamentar em público, é ridículo! eu sou uma mãe que dá apenas LEITE MATERNO mas MESMO ASSIM quando meu filho chora de fome, procuro um local em que não tenha machos por perto para botar meu peito pra fora!

      • Fabiana Abdala

        Mariana boa noite… Respondendo seu comentário.
        Eu não falei que amamentar é o sonho lindo que passam nas campanhas. O que eu disse é foi que ” O que causa a dor é quando há algum problema na amamentação, o principal é a pega incorreta”….Não disse que era SOMENTE a pega incorreta, mas geralmente é. No seu caso e, com base em seu relato, seus seios (aréola e mamilos) eram sensíveis e por isso ficaram feridos, para piorar e aumentar essa sensibilidade vc passou pomada de lanolina que afina ainda mais a pele aumentando a sensibilidade (e causando fissuras). Vc mesma disse que “depois de 1 mês e 15 dias mais ou menos os mamilos calejaram e pronto, não há mais dor!”. Sabe o que poderia ter feito para evitar que ferissem? Passado leite materno (sim ele ajuda se feito da forma certa) e tomado sol ou banho de luz nos seios (passar leite e vestir o sutiã em seguida vai fazer o leite secar e grudar nos mamilos já com a pele fina e machucar quando for tirar o sutiã). Outra coisa era, antes de sua bebê nascer, ter massageado o mamilo e aréola com esponja vegetal para deixá-los mais fortes…
        Outra coisa que vc falou foi sobre a boca seca: Isso eu também mencionei e é normal acontecer. A recomendação para uma boa hidratação é tomarmos pelo menos 2 litros de líquido por dia, na amamentação vc pode praticamente dobrar essa quantidade, porque boa parte vai para o leite. Mais uma vez foi falta de orientação adequada (não por sua culpa ok). E se vc leu tudo que escrevi verá que mencionei “3 – Super concordo com a hidratação, apenas complemento que ela deve ser inclusive durante a amamentação. Há relatos de mães que sentem a boca secar, então tenha sempre um copo ao lado quando for amamentar.”. Minha boca também secava, por isso mantinha uma garrafa de água por perto e bebia durante a amamentação, isso ajuda inclusive na produção do leite, que ocorre durante a mamada.
        A queda de cabelo não tem ligação direta com a amamentação, ela acontece independente da mãe amamentar ou não, e isso se dá pro conta dos hormônios que por volta do 3 mês começam a “voltar para o lugar”. Se estiver caindo a ponto de incomodar procure seu GO, há medicações (inclusive naturais) e que podem ser usadas na amamentação, usei um que no 3º dia senti redução da queda.
        Sobre amamentar em público isso vai de cada uma, mas o importante é a mãe não se sentir envergonhada em amamentar, quem tem que ficar com vergonha é quem invade a sua privacidade. E que bom que mesmo com tudo que passou continua a amamentar e sem complemento de leite artificial.

      • Sil

        Mariana,

        Se vc não se sente bem amamentando em público, tudo bem, se VOCÊ se sente ridícula amamentando em público, direito seu.

        Mas não venha dizer “…amamentar em público, é ridículo!”

        Não pretenda definir para os outros algo que é um problema pessoal seu!

        “pode ser bom pro bb, pra mãe nao traz benefício algum. minha mãe nunca amamentou e eu e minha irmã nao vivemos doentes e gripadas como meus primos que mamam até 5 anos de idade!”

        Isso é muito relativo, mas acho a sua colocação bem aquele tipo de exagero non sense pra tentar destacar uma idéia. Me desulpe mas acho difícil vc realmente ter primos que mamam até os 5 anos. Infelizmente isso nem existe mais. Então não precisa exagerar, certo!

        Vc dá provas de sua ignorância ao dizer que amamentar não traz benefício nenhum para mulher. Não vou ficar aqui listando os enormes benefícios do aleitamento para a mãe. Com um clique vc acessa informação sobre isso na internet.

        Sou mãe de 2 meninos, o caçula, amamentado por 2 anos e 4 meses, muito saudável, minha experiência com amamentação foi muito feliz, um dos melhores períodos da minha vida, nunca senti dor, apenas um pouquinho no primeiro mês. Mesmo assim, muito pouco. Nunca tive nenhuma dificuldade em amamentar nenhum dos dois filhos.

        Quanto a amamentar em público, pra mim não tem nada de mais, sempre fiz isso, e quanto ao paninho, experimentem colocar um paninho sobre a cabeça de um bebê de mais de 6 meses. Ele não gosta, se irrita e não merece isso.

        O incomodados cheios de problemas sexuais que se retirem!!!

        Quanto aos machos, vc não precisa ficar perto deles mas se eles te assustam tanto, talvez fosse caso de terapia!

        Particularmente, eu adoro machos… Prova disso é que engravidei de 2 e namorei um terceiro enquanto amamentava meu caçula.

        Se vc fica incomodada com outra mãe amamentando perto de vc, provavelmente é porque ela te serve como espelho e vc se incomoda por ela estar tendo uma boa experiência e vc não!

        Fica com a boca seca quando amamenta ?
        Muito simples: mantenha uma garrafa de água por perto, ou alguma bebida de que vc goste. Não é o fim do mundo

        Então, antes de sair jogando pedras no aleitamento, reflita sobre o que está tornando a sua experiência tão ruim.

        Sinceramente, acredito que tenha algo mais por trás dessa sua aversão a amamentar, vc deveria procurar um grupo de apoio ou mesmo uma terapia, por que não é comum, alguma coisa aconteceu ou acontece pra vc se sentir assim.

        Agora, se nada resolver, talvez fosse melhor pra vc parar de amamentar!

        Já pensou nisso ?

  36. joana

    bom dia

    adorei tudo que vc disse mais tem um grande detalhe (Favor não amamentar em público):isso é ridiculo meu amor se seu marido se sente contragido com o dom de amamentar seu baby emfrente de qualquer homem ou amigo vcs tem que conversar porque seu baby não tem disernimento de que hora tem que mama se der na telha ele ou ela vai querer mamar para de dar esse conselho desnecessrio.
    espero muito mesmo voces ter ficar chatiada comigo adorei tudo mesmo que vc disse que so esse grande detalhe que fiquei indignada…

    • Juliana

      OI Joana, meu ponto não é amamentar em publico, mas sim um excesso de exposição! Acho que se estiver em local publico, você TEM SIM QUE AMAMENTAR, mas por fvor seja discreta! Em qualquer lugar certamente terá um cantinho que será MUITO mais confortavel e silencioso para seu bebê mamar tranquilamente. Obrigada

  37. Larissa

    Muito boa a matéria e de grande ajuda para a mamães à espera!! Minha bebê tem 4 meses e meus seios doem muito. Já não sei o que fazer!! E quanto a amamentar em público é só jogar um pano sobre o bebê, nenhuma de nós saimos da mesa do restaurante para comer no banheiro ou em algum canto. Mas se a mãe ficar realmente pertubada por isso, tire leite com a bombinha e leve na mamadeira para lugares movimentados.

    • Priscila

      Oi
      Larissa sua resposta foi a mais sensata sobre amamentar em público.
      Eu amamento minha filha em qualquer lugar quando da eu cubro com um pano, mas tem dia que não da pra, e aí paciência se a pessoa se sente incomodada é só não olhar.

  38. vanya souza

    Bom eu fiquei confusa,sua bebe mama de 7 em 7 minutos já eu passo horas com o meu Arthurzinho no peitoe mesmo assim quando dorme que coloco no berço ele insiste em chora,to disisperada,ele so que estar no braço e ainda tem que ser mamando ,me ajudem.

    • Tatiana

      Comigo também foi assim. passava 20 minutos num seio, depois mais vinte no outro, depois começava tudo de novo, eu ficava exausta e ela raramente se saciava :(, foi muito difícil, mas conseguimos!

  39. bruna

    ameeeeei

  40. Cleusiane

    Amei!Sentimos que foi do fundo do coração as sábias palavras!
    Deus lhe abençoe!

  41. Monica Villa Rubio

    Sempre amamentei meu filhos onde ele quisesse, mas sempre tomei o cuidado de preservar meu corpo de alguns olhares, alguns homens erotizam a coisa E eu sou bem discreta. Tive problemas.para amamentar até dois meses após o nascimento. Amamento ate joje, meu filho vai fazer dois anos. Hoje ele mama muito pouco, mas quero o desmame natural. A amamentacao nunca atrapalhou seu desenvolvimento, se alimenta de tudo, verduras, legumes e frutas, toma tudo em.copo e nunca chupou chupeta. Sou alvo deuitas criticas, mas não me arrependo de nada. Bjs

  42. Tatiana

    Matéria bem legal! Minha filha está com 1 ano e 10 meses e ainda mama. No começo foi muito complicado pois além das dificuldades comuns da amamentação eu tive outro problema que é o bico do seio invertido. No início foi muito difícil, mas não desisti, aos poucos minha filha foi se adaptando e conseguimos obter êxito!
    Outro problema que me incomodou muito foi o fato dela preferir mamar apenas no seio direito, por mais que eu a incentivasse mamar em ambos, ela não queria!

  43. Mariana

    Ju mto boa a matéria!!! Durante a gravidez meu seio não sofreu nenhuma alteração, inclusive achei que eu nem teria leite. Mais qdo minha filhota nasceu o leite “desceu” e como “desceu” rsrs. Amamentei minha filha por 2 anos/6 meses e valeu cada momento… Eu emagreci muito e tb tive queda no cabelo. Mais realmente, tudo passa e o que vale é a dedicação em querer o melhor para nossos filhos.
    Parabéns pelo blog, eu adoro suas matérias!!!

  44. Patricia Cisar

    Parabéns pelo post sensível, sensato, informativo e sem preconceitos. Foi a primeira vez que consegui chegar ao final de um texto sobre amamentação sem ficar irritada. Mas acho que faltou se aprofundar na questão que algumas mulheres, por motivos médicos, anatômicos e até psicológicos não conseguem amamentar exclusivamente ou parcialmente seus bebês; algumas simplesmente não vivenciam essa experiência. Nãos sei se somos muitas, mas existimos, e em tempos de patrulha constante e xiita sobre o o que certo e absoluto, temos sido vítimas de críticas, palavras cruéis e até abusos por parte de quem deveria nos ajudar em um momento em que impossibilidade de amamentar faz nosso mundo desabar! Mas como também somos real moms, a gente se levanta, sacode a poeira e encontramos alternativas!

  45. Camila Paula Pereira

    Minha experiência na ‘função’ foi maravilhosa. Muito leite, nenhum desconforto e muita disposição para parar o mundo e viver essa linda fase. Quanto ao item quatro, é bastante comum a queda a própria estrutura capilar mudar, essa alteração é justamente pelo hormônio prolactina. O meu cabelo sempre foi extremamente liso e passou a quase encaracolado. Nunca precisei usar bombinha para extrair, pois jorrava com tanta facilidade que conseguia esgotar parte do leite em excesso no banho com simples pressão exercida com os próprios braços. Jorrava de três a quatro jatos por seio. E realmente, para mim, o esgotamento físico era bastante evidente. Mas, em suma, foi uma fase linda, laço estabelecido e bastante confortável.

  46. Raquel

    Mulheres, mamães, calma aí!
    A Juliana foi super polida em dizer “acho legal ser discreta” no ítem 10, que está gerando tanto barulho!
    Escrever sobre qualquer tema, mas especialmente sobre ser mãe ou mulher sempre gera comentários maldosos. Amamentar é natural sim, mas também é natural que os homens e mulheres que não estão na mesma “vibe” da maternidade se sintam constrangidos com isso. Eu algumas vezes enfrentei isso, porque simplesmente me esquecia, me sentia tão a vontade, achando que meu peito era uma mamadeira, e depois acabava notando uns olhares constrangidos de algum amigo ou amiga. Bom, eu, pessoalmente, concordo com a Juliana, é natural, é um ato de amor, mas não precisamos levantar bandeiras. Acho que um paninho por cima resolve. E não mata ninguém.

    • Raimunda

      Amei essa matéria. Cada uma das declarações da autora são verdadeiras. Quem amamenta sabe!
      Tenho dois filhos um de oito anos e um de um ano e meio que ainda está mamando. Amamentar o filho é algo di-vi-no, principalmente quando ali pelos seis meses de idade o filho começa a interagir com a mãe enquanto mama. Ele começa a olhar nos olhos da gente, a fazer carinho com a outra mãozinha como se estive agradecendo pelo leite. Puxa não há nada mais lindo do que a comunicação silenciosa do olho no olho entre mamãe e bebê.
      eu tenho uma rotina de trabalho externo bastante agitada e sei muito bem como o estresse prejudica a produção do leite… meu primeiro filho sofreu mais nesse sentido, porque eu ainda não conseguia controlar a adrenalina. Mas tudo na vida se aprende. Agora consigo me controlar e começo a entrar em estado de relaxamento quando pego o caminho de volta para casa e está dando muito bom resultado.
      Vi alguns comentários aqui sobre a amamentação em público… acho que algumas pessoas exageraram um pouco. Eu particularmente sou muito discreta e é claro que para que se consiga amamentar direito se precisa de um espaço fora dos olhares, de barulhos e que se possa ficar o tempo que seja necessário. Mas quando isso é impossível, eu olho ao redor, procuro a área onde terei menor exposição, se possível fico de costas para o público, reduzo a área do corpo exposta, como parte do colo e amamento meu filho. Nunca lhe cubro o rosto, pois acho que, além do calor, tirar-lhe a visão do meu rosto não é legal. Amamentar é algo lindo e o recolhimento é necessário porque facilita o estado mental adequado para que a amamentação se realize plenamente.

  47. Luciana Santoro

    Concordo com quase tudo, tive muita sorte e muita ajuda na maternidade em Portimão e graças a isso não senti nenhuma dor, meu pequeno esta com 15 meses e pretendo amamentar no mínimo por 2 anos.
    Sobre amamentar em publico, realmente não percebo porque tanta polémica, para um ato que deviria ser tão natural. Os valores hoje em dia estão completamente invertidos, uma mãe não deve amamentar em publico por que é constrangedor para quem vê , mas pode deixar suas filhas de 12 anos andarem semi-nuas por todo lado?
    Vivo no Algarve e toda vez que vejo uma criança ” com a roupa da moda” ( na verdade falta dela, qual a pancada desses shortinhos minúsculos com os bolsos de fora?) agradeço aos céus por ter um filho, para mim seria um enorme desgosto ver uma filha se expor desta forma.

  48. Cristiane

    Adorei o texto. Eu sofri mais de mês ao amamentar, pois meus bicos racharam. Cólicas notei nas frituras, mas cada bebê é único e a carinha satisfeita pagou tudo. Beijos

  49. Fabiana

    Bom texto, só uma informação: os cabelos caem independente da mãe amamentar ou não isso acontece pelas mudanças hormonais que acontecem pós-parto. Outra coisa: amamentar só dói se a pega do bebê no mamilo estiver incorreta. Por isso é muito importante se informar durante a gestação ou procurar ajuda especializada. Bj

  50. Raíssa

    Bom ca estou eu com a minha menina com 1 ano e 3 meses e ainda mama kk! Nossa passei por muita coisa, tive figo no seio no começo,tive febre no seio também,mas nada disso fez eu desistir, mas agora queria que ela parasse de mama durante a noite, mas ta dificil ein!

  51. Fernanda

    Ficou faltando uma coisa essencial! As malditas rachaduras!!

  52. LuizGasparin

    Gosto muito de ver minha esposa amamentar nossa pequena Lívia em publico, ela se sente a vontade e nem um pouco envergonhada, e nossa princesa satisfeita!!! Mas e claro que uma fraldinha cobrindo e indispensável.

    • Juliana

      Oi Luiz, adorei a participação de um papai aqui no blog. obrigada

  53. Simony

    Adorei a matéria e achei bem “popular” digamos assim, pois muitas vezes fazemos pesquisas e é tudo muito formal,tenho uma bebê de 4 meses e ela só mama,ela gosta muito e é bem gordinha. Mas fico muito triste porque de 10 mães que eu conheço, talvez duas permaneçam amamentando, por que acham muito difícil e não persistem. Mas é muito gratificante, e não me arrependo de maneira nenhuma.

  54. rosilaine

    Oi Ju! Adorei o post. Minha bebê vai fazer um mês e amamentar ainda doi bastante, ela tem preguiça de abrir a boca, pra ela fazer a boca do peixinho o pai tem que ajudar. E em relação amamentar em público eu também não gosto.

  55. Lívia

    Nossa, q legal esse texto!
    Eu amamentei meus 3 bebês, basicamente passei por td q descreve o texto, mas cada um tinha sua particularidade, e experiências diferentes. Meu João (8 anos) mamava certinho de 3 em 3h , mas houve uma época em que ele ficava mais de 1h grudado no peito!
    Minha gatinha Luiza (5 anos) mamava em muito menos tempo, mas mamava mais vezes. Ele teve intolerância a lactose, e quem entrou na dieta fui eu, já q o q eu comia q a prejudicava. Já o meu caçulinha Daniel (2 anos)mamava tanto e com tanta força q meus seios machucaram, doía demais, foi um sofrimento grande. Mesmo assim não desisti, amamentava chorando. Até q conheci o protetor de seios Mamare, que salvou a minha vida.
    Uma coisa é certa sobre a amamentação: é um momento tão maravilhoso entre mãe e bebê, que mesmo com todas as dificukdades vale muito a pena!
    Bjs e parabéns pelo blog!

  56. Fer

    Oi. Post ótimo, mas a parte que dar de mama emagrece não é que seja mito, é que as pessoas entendem errado. Quando se amamenta o útero volta ao tamanho normal mais rápido, então se ‘emagrece’. Tem até mulheres que sentem cólicas quando amamentam. Então dar de mamar ajuda sim a barriga a voltar ao tamanho normal ou pelo menos reduz alguns centímetros, mas clarooooo que desde que se tenha uma dieta equilibrada, se enfiar o pé na jaca ai não adianta.

  57. sandra

    Olá! Gostei muito da matéria e como amamentei meus 2 filhos, pela minha experiência, concordei com quase tudo que foi dito nela. O meu filho caçula eu o amamentei até os 3 anos e 5 meses e até seus 6 meses foi alimentado exclusivamente no peito. Não tive queda de cabelo, emagreci muito no período de aleitamento, perdi mais peso do que havia ganhado na gestação, o que foi muito bom. Sim, é bem complicado nos 2 primeiros meses, machuca o bico, mas vai cicatrizando e uma hora não dói mais e aí é uma tranquilidade. É bom pra o bebê e para a mãe, saúde e amor para os dois. Quanto mais tranquilas estivermos, mais fácil será. Percebi isso pq foi bem mais fácil com meu segundo filho, quando estive mais tranquila por e eu já sabia como seria. Alguns alimentos devemos evitar comer muito, pq provocam gases no bebê mesmo, no meu caso notei que feijão e nozes eu não podia comer muito. Sempre amamentei em todos os lugares, com discrição, claro. Enfim, foram experiências maravilhosas!

  58. Andréa

    Para mim o quefuncionou foi preparar o bico do seio durante a gestação no banho o medico mandava segurar o bico e fazer como girar um parafuso e soltar,ao se enxugar esfregar a toalha algumas vezes no bico e nunca passar creme hidratante no bico.
    Não tive problemas de rachadura com nenhumas das minhas 2 filhas.
    E uma dica que funcionou muito bem com minha cunhada foi quando rachar coloque um quadradinho de casca de banana e tire só quando for dar de mamar e vai trocando cura rapidinho.
    Espero ter ajudado com minhas dicas.
    Eu simplesmente AMEI amamentar.
    Amamentei minhas filhas até 1 ano e 10 meses.

  59. Katarine

    Minha filha, a Helena, está com 1 ano e 4 meses…ainda amamento ( dou a ultima mamada), estou em processo de desmame…Só digo uma coisa: a amamentação é ATO DE AMOR!!!! Por tudo, pela paciência que devemos ter, pela dor que sentimos no inicio e mesmo assim não desistir, por ser o melhor alimento e por dar segurança para seu bebê. O bebê sente que essa hora pode acontecer o que for ele estará protegido!!! beijos, adoro os posts!!!!

    • Liane

      Olá pessoas! Conheci o blog há pouco tempo e não consigo ficar sem dar uma espiadinha de vez ou outra. Bem, a amamentação… Pensei que fosse como nos comerciais rs. Bendita é a mulher que não teve rachaduras nos seios! Eu sofri deste mal por um mês e meio! Tentei de tudo que me ensinavam, passava leite, lanolina, bico artificial…sangrava, só faltava chorar. Mas não desisti. Infelizmente minha filha caiu nas garras do leite artificial aos dois meses devido a baixa de peso. Que frustração para mim. Hoje ela tem 4 meses e ainda mama. Mas não é como antes, pois a mamadeira realmente propicia o desmame precoce. E já sinto isso. A produção do leite não é mais a mesma e ela parece preferir a mamadeira( pela facilidade né). Sinto invejinha branca das mães que só amamentam até o sexto mês. Mas mesmo assim me sinto super poderosa quando estou amamentando! Amamentar é maravilhoso! Acho que é a primeira prova de amor de uma mãe para um filho.
      Quando estou na rua geralmente procuro um lugar mais reservado. Mas não deixo de amamentar. A prisão domiciliar também é cruel. Mas penso assim: tudo passa tão rápido! Tenho que aproveitar este momento! Pois ser mãe é doação! Dedicação! No meu caso foi uma escolha. Eu quis ser mãe! E tento dar o meu melhor. Mas não me martirizo se não consigo ser 100%. Aprendi a relaxar mais. E continuo aprendendo. As inseguranças das primeiras semanas passaram. Me vejo mais tranqüila, me sentindo mais capaz. Bem, gostei de dividir minha experiência com vcs. E viva nós mulheres de flores e ferro!

  60. Angela Sofia Da Rocha Lopes

    Eu estou a amamentar e devo dizer que tudo o que aqui esta escrito e verdade!
    E uma sensação única e muito relaxante amamentar!
    Ah e o meu filho sacia-se em 5 minutos cada mama!

  61. Emanuelle Honorato

    Adorei a materia, lembro de quando meu baby era novinho. Mes que vem ele vai fazer 2 aninhos e ele ainda mama no peito. Mama muito, mama o dia inteiro. Ele e chato pra comer, mas insistindo come tudo. Mas oq ele mais faz e mamar, passa a noite toda pendurado nas minhas tetas, as vezes eu ate gosto, na maioria das vezes me incomoda. ja tentei de tudo pra tirar ele do peito. Ja me falaram pra por katchup e falar que e sangue e falar que e dodoi e mesmo assim ele mamou com o katchup. A ultima que eu li e que a desmiolada da mae colocou o proprio coco no peito. diz que a crianca sentiu o cheiro de coco e sai correndo rsrs Tambem li a materia das maes solteiras, eu tambem sou mae solteira e me senti compreendid. Alem de mae solteira. sou novinha rs. Tenho 18 aninhos. Bem, gostaria de alguma dica pra desmamar a minha prole, porque ate na hora de fszer o cabelo, faco com ele pendurado iguL umm bezerro. E quando ele vai pra casa do pai fa por açgumas horas la, meus seios encjem de leite, explorem, pesam, doi muito chega a ficar vermelho. todo fim de semana e isso, nao sei mais oq faço.

  62. clarione

    Oi querida, amo todas as suas dicas,tenho certeza de q quando meu bebê nascer vou usalas, estou gravida de 7 meses do meu primeiro filho. Espero ser uma boa mamãe…

  63. cristina

    nao consigo tira o mama de minha filha ela tem mama muito e eu estou emagrecendo muito oq eu tevo fazer

  64. Patricia Reis

    PERFEITO!!!
    Tudo isso, mesmo. Adorei o depoimento e me identifiquei com cada linha…ficar em “prisão domiciliar” até que não acho problema, pois sempre gostei de ficar em casa. Amamentar em público também não acho confortável e não acho intimista. Prefiro lugar reservado, onde posso manter a mesma relação em casa, no nosso espaço…bjs

  65. barbara

    Sou mamae recente. Tive minha nenen com 22 anos. Tive dores, meus seios feriram e chegaram a sair sanguem mais aguentei tudo pois nao queria dar leite artificial a ela. Em relaçao ao chocolate tbm nao notei isso. Ela ja vai fazer 4 meses e nunca chorou por colica. E eu como chocolate por dez pessoas juntas. Sou viciada. E sobre a questao de emagrecer. Antes de engravidar pesava 59 kg. Depois que tive ela , estou com 51 kg e nao consigo engordar. Acho que isso que amamentaçao emagrece é mito. Nao consigo engordar pois ela mama demais. E eu fico tao cansada que ao inves de comer prefiro dormir. Sou boa de boca. Mais enfim, nao tem sensaçao e prazer melhor apos dar a luz ver a satisfaçao no rosto e no sorriso dela. Tudo vale a pena por um filho. Passaria tudo de novo por minha pequena Ivina

  66. lucineide

    EU NAO SEI O QUE ESTAR ACONTECENDO MINHA FILHA TA COM 2 MESES E MEUS SEIOS ESTAO FERINDO DINOVO PORQUE

  67. Telma

    Amamento minha filha de um ano e três meses. Mas de um mês pra cá venho sentindo muita dor e é só o seio direito. O que fazer? As vezes não consigo nem encostar nele. Hoje está latejando. Mesmo doendo amamento, pois senão vaza. E minha filha não bebe outro tipo de leite. Tentei de tudo mas recusou.

    • Lilian

      Querida, durante um período eu sentia muita dor amamentando, uma espécie de queimação no bico do seio, era insuportável. A pediatra da minha filha me disse que isso é decorrente do “sapinho” do bebê, que passa para o seio da mamãe. E comigo foi assim também. Inicialmente, eu só tinha dor em um dos lados, depois os dois seios doíam. Procure na boquinha do seu bebe umas marcas branquinhas, como se fosse restinho de leite, mas que não saem. Se encontrar, o pediatra resolve o seu problema!

  68. camila

    Fico passada quando uma mae se diz constrangida quando outra amamenta em público sem uma “fraldinha”….. pois eu armamento com ou sem fralda, mostrando peito ou Nao, em casa ou em publico. Quem se incomodar retire-se. Nao vou deixar minha filha chorando pra procurar um canto de parede pra amamentar.

    Nao é peito. É amamentação. Alimento.

  69. Lilian

    Adorei o post, mas acho que faltou comentar sobre a questão da possibilidade (ou não) da mamãe amamentar. Eu, por exemplo, só consegui amamentar minha filha Catharina exclusivamente no peito até os 4 1/2 meses. Depois disso, foi necessária uma complementação (e quer saber? acho que ela passou fome nesse período!). Aos 11 meses ela não quis mais mamar no peito e foi bastante frustrante para mim ter que interromper a amamentação antes do tempo recomendado. Fica a dica! XD

  70. nathalia

    Oie adorei os comentários. Tenho 2 filhos a Izabel q está com 6 anos e o Brayan q está com 1 mês e8 dias. A Izabel mamou até 2 anos e 4 meses, no.primeiro mês de vida recuperou o q perdeui ao nascer re ainda. Ganhou mais. 300 gramas.
    Agora com o brayan To bem triste, ao sair da maternidade ele perdeu 500g e com 23 dias só tinha recuperado 400g. A pediatra recomendou complementar com aptamil . Estou dando só duas vezes ao dia e as vezes fico pensando em não dar. Mas ele suga suga e fica chorando, quando aperto p sei não sai mais
    jato, como se tivesse acabado.
    Mas mesmo assim ele continua.mamando no peito e é o tempo todo. Não faz hora. Tenho medo q largue o peito….. Pq essa diferença da minha primeira pra segundavez? !

    • michelle

      Oiii!
      O porque dessa diferença acho QR vai ser difícil alguém saber te dizer, mais tenta comer coisas qe aumentam o leite, os médicos dizem qe não faz diferença o que vc como mais faz sim, comigo msm faz, tidavez qe eu como mandioca por exemplo eu sinto qe mmeu seio fica bem mais cheio, chega a ficar dolorido as vezes! Pode ser qe te ajude

  71. Glaci

    A minha filha tem oito anos, antes de dormir ela toma seu leite com cereais, porém as vezes ela pede, esporadicamente, para usar a mamadeira….tem algum mal nisso????

  72. Suian Ajala Pinheiro

    Eu tive muita sorte d n ter machucado meus peitos, mas com a bombinha machucou :/ ..
    Eu jamais vou cobrir o rosto dos meus filhos p amamentalos , acho mais facil quem nao gosta nao ficar cuidando, ou colocar um pano na cara.
    Em primeiro lugar o conforto dos meus filhos depois a opniao alheia.

  73. Maria de Lourdes

    Verdade. A persistência e a superação da dor é característica do conturbado e feliz cotidiano do “ser” mãe, amamentando ou não. A cultura que nos rodeia e a disponibilidade e ou ausência de apoio familiar e pessoal é fator preponderante na determinação da condição nutriz. Inegável é o valor afetivo e nutricional do leite materno na sociedade em que vivemos, carente econômica e emocionalmente. Sou enfermeira e mãe, com todos os conflitos e alegrias que o amamentar comporta- por isso, realmente, entendi sei relato. Abraços!

  74. Marina

    Adorei a materia…. Meus cheios também racharam e ate sangraram no começo, mas nunca desisti…. Infelizmente a minha dor não passou, na verdade ela piorou, uma dor diferente e as vezes chega a ser insuportavel…. Fui a alguns medicos e ninguem descobria o que eu tenho…. Agora descobriram que tenho a doença de Raynaud, mas no bico dos seios…. A dor é continua em td a amamentação e piora quando termina…. Infelizmente uma doença sem cura…. O medico me disse para parar com a amamentacao, mas não desisto…. Tiro o leite o maximo que posso e também dou o peito ate onde aguento…. Vc ja ouviu alguem que tbm tenha essa doença??
    Marina

  75. Michelle

    Oii meninas!
    Pra mim os primeiros dias foram bem frustrantes, meu leite não desceu logo de cara, a neném chorava de fome e eu de frustração, mais as coisas foram se ajeitando, hj ela ta com 10 meses, e mama bastante ainda, e eu tenho bastante leite, mais acho qe vou sofrer msm vai ser na hr qe eu for tirar, ela ficou doentinha, e voltoua mamar a noite, e to tentando tirar mais ta um brigueiro danado, ela pega minha blusa chora e fala mamá mamá. Parte o coração.

  76. kelly

    Oi Juliana, amei sua matéria.
    Em relação a dor não tive, durante amamentação eu sentia muita cede, meu lo cabelo bastante… tive que até corta. Amamenta era bem tranquilo pra mim ao sair levava fralda de pano, inclusive minha filha parou com 1 ano 9 meses. Durante amamentação emagrece bastante.

  77. Beatriz

    Lindo o texto,achei bem interessante que me identifiquei com ele todo. Parabéns por ser essa mãe maravilhosa. Beijos

  78. Michelli

    Obrigada pelo texto, porém acredito que isso é muito pessoal que varia de mulher para mulher, não sendo uma regra. Eu amamento por quase quatro meses e amo. Não senti dor como você falou no começo, minha bebê pegou meu peito logo que ela nasceu, foi parto normal e ela veio direto pro meu colo, foi o momento mais lindo e enocionante. O corpo da mulher é maravilhoso e foi feito para amamentar. Fui orientada a não me preocupar muito com o mamilos em limpar pq o leite materno limpa e cura qualquer machucadinho em volta. Só apertar e espalhar o leite em volta do seio. A minha preocupação nunca foi em amentar em púplico (se não quizerem me ver que não olhe) mas sim se meu bebê estava mamando o sufiente e ganhando peso. Hoje meu bebê só tem pego o peito esquerdo e eu tenho tirado com a bombinha o peito direto para doar para o hospital, para crianças que nascem pré-maturas. A minha princesa continua ganhando peso mesmo mamando só com uma mama. Mamães e futuras mamães acreditem em você e no seu corpo, porque somos perfeitas e Deus é maravilhoso porque nos deu um dom tão lindo. Ahhh amamentar libera um hormônio que nos faz sentirmos felizes amamentando. Isso é sério!

  79. Tereza

    Perfeito!

  80. Fabi Jardim

    Olá, gostei muito da matéria, realmente verdadeira, a querde amamentar em público e muito complicada pois com exceção do shopping que tem lugar específico para este fim, outros locais não. Durante minha licença precisei ir a bancos, levei o Bernardo a consultas, eu mesmo precisei passar no pronto atendimento e nenhum desses locais têm um cantinho reservado para a mamãe amamentar seu bebê. A solução que encontrei foi sempre sair de casa com uma mantinha leve para cobri-lo no momento em que estivesse mamando. Isso se aplica a restaurantes e lanchonetes, fora isso amamentar e um vínculo de amor, faria tudo novamente. Abraços para todas as mamães.

  81. Eliza

    Olá! Ficou muito bom o post! Mas tenho algumas observações a fazer. Tenho um bebê de 3 meses e estava traumatizada durante a gravidez com o terror que as pessoas faziam sobre amamentar. Para algumas mulheres realmente é difícil e doloroso, mas a minha experiência foi e continua sendo maravilhosa. Não tive dor alguma! E quanto a tirar com a bomba, não me trouxe o menor transtorno. Achei a bomba elétrica da Medela super prática e para ser bem honesta, o esganadinho do meu menino suga com mais força que a bomba e conseguia encher uma mamadeira com facilidade. A quantidade de leite vai variar muito de uma mulher para outra.Usei desde o 7 mês de gestação a pomada Lansinoh no seio e isso ajudou demais, nada de rachaduras! É maravilhosa. Então, futuras mamães, não se traumatizem previamente. Esperem pela sua hora! Cada experiência é única e pra mim tem sido perfeito. Exige dedicação! Mas Carrego meu bebe comigo pra onde precisar e amamento em público sem o menor problema. O que me importa é o bem estar dele. Não me preocupa nem um pouco com o que algumas caras feias pensam e isso ai já tras 99% de tranquilidade para todo o processo. Curtam seus bebês!

  82. joice

    Eu amamentei por três meses, e isso ja faz 7 anos, nunca me senti bem em amamentar,sinto muita sensibilidade ainda isso é psicológico ou a algo errado comigo.

  83. ana heloisa

    Muito bom!
    Só queria deixar aqui im registro!
    A dor na amamentação está SEMPRE relacionada à uma pega errada! Não é pra doer! Juro pra vocês!
    Beijos e meu carinho!

  84. Victoria

    Amamentei até aos 5 anos de vida do meu filho, uma experiencia unica e maravilhosa

  85. gigeane

    To amamentando pela segunda vez . A primeira vez foi 15 anos e agora continuo apaixonada por esse momento. Adorei a materia. Obrigado

  86. Adriana

    Nos tempos de hoje , ficar constrangida por amamentar o seu filho em publico , acredito qe todas aqi vao a praia e tiram foto de biquini com a bunda toda de fora , eu amamento o meu filho na hora eaonde for preciso , primeiro o bem estar dele , ou vse acham msm qe vou deixar meu filho chorando com fomepor nao ter um paninho pra cobrir kkkdeixr me

  87. aline

    Olá amei o texto!!!!

    Concordo com tudo
    Sinto muita fome e acho que estou ganhando uns kg…rsrs

    Realmente o começo é difícil mas vale muito a pena.

  88. adriana gurgel

    Minha bb tem 5 meses e so mama..tira noite no sono. Adorei a materia

  89. Cátia

    Não acho que seja mito. Eu emagreci bastante enquanto meu pequeno Arthur mamava . Ele ainda mama ja está com 2 anos. minha irmã e minha mãe também não engordaram . Olha q mamãe teve 6 filhos..

  90. Rosilene

    Adorei o post. Amamentar realmente não é fácil, mas graças a Deus eu não senti dor, mas fome e pitacos que quase tudo que eu comia dava cólicas no pequeno Benício… Isso tive de aturar, morrendo de fome, culpa, stress e quase uma depressão… Passou, meu pequeno já tem um aninho e logo, logo quero aumentaaumentar a família. Bjs

  91. iracema

    Eu amamentei a minha filha até um ano e cinco meses,nesse tempo eu quase não senti vontade de ter relação sexual com o meu marido…foi muito difícil as vezes quase sempre fazia sem ter vontade. Voltei a ter vontade depois q tirei ela do peito. Foi a melhor coisa q fiz,pois ela era muito grudada em mim e queria o peito toda hora,de noite era pior ainda.

  92. carla

    Gostei mto da materia
    Qdo comecei a amaentar nao tinha bico, entao usa bico de silicone, que ajuda muito, mas é mto chato, ter mais uma coisa para se preocupar. Manu, é fominha, mama de hora em hora, entao demanda mto mais do meu tempo, e alem disso ela desenvolveu fases… 1° mta colica, e eu sem comer nd que poderia causar isso a ela, nos 2 primeiros meses das 17 h as 20h Manu só sabia chorar de dor e eu me descabelar, tentando acalma la. Passou, ufa! Depois ela aprendeu a cantar no meu peito e puxa lo sem dó, o que acontece até hj (6 meses), só que agora por curiosidade de ver as coisasa sua volta e a minima vontade de parar de mamar para isso. Na hora de dormir ela ja cantou, puxou o cabelo dela, coçou o olho, agora ela alisa meu rosto e aperta meu nariz, como se fosse arranca lo… Alem de dois dentinhos que me biliscam mto. Mas o saldo disso td é maravilhoso, pois vejo que ela cresce forte e saudavel. Alem de ser otimo passar por isso td!

  93. sandra

    Para mim foi útil essas informações. Quero está preparada para o meu Bebê, acho que serão dois.

  94. Marcela

    Eu só discordo em ir para um cantinho para amamentar em público. ..Eu amamento em qualquer lugar é um ato de amor super natural

  95. samarina

    Meninas muito legal essa matéria!
    Sobre as dores iniciais, o que me ajudou muito foi a casca de mamão papaia gelado (tirava somente a casca e deixava em cima dos bicos, trocava por outras geladas nas mamadas) Sei como é o início e para não desistir o q me ajudou foi a casca do mamão.

  96. Aréli Martin

    Ameiii… Muito boa a matéria. Já tirou algumas dúvidas.

  97. taynara pantaleao

    Na minha opinião a mãe que quiser tira o peito pra fora deve sim tirar … mas existem pessoas ttímidas eu mesmo só uma delas eu acho lindo maravilhoso ver uma mãe alimentar seu filho mais eu tenho muita vergonha por isso coloco uma fralda meu peito tem um bico tão preto e fico com vergonha de tirar meu peito perto dos amigos do meu marido uff.

  98. Day

    Não armamento mais faz uns seis meses mas meus seios ainda fazam muito. O que será?

  99. Daiane

    Olá, meu nome é Daiane!
    A minha preocupação é que a minha bebê é recém nascida tem apenas uma semana de vida.
    Ela mama muito e depois que ela mama dá 15 min ela quer o meu peito de novo isso é normal?
    Ela faz muito coco e xixi. Isso tem haver com fato de tanto ela mamar?

  100. Maria Helena

    Ótimo texto! Realmente a amamentação é fantástica! Não tive dor, mad amamentava a cada 2 horas e por 40min! Tomava muita água e comia muita fruta! Meus cabelos caíram e emagreci muuuuuito! Mesmo mesmo alimentando corretamente! Não comia feijão nos primeiros 4 meses e utiliza uma bobinha de tirar leite da madela (excelente!). Quero repetir tuuuuudo isso um dia! É muito amor para viver!

  101. Jéssica

    Bom eu acredito que amamentar emagrece até pq eu estou até abaixo do peso, em menos de 3 meses após dar a luz eu voltei ao meu antigo peso, e depois de 10 fiquei abaixo do peso e vou tirar meu filho da mama agora com 1 ano e 10 meses pq adoeco muito por causa da mama, sem contar que ele deixa de comer para mamar. Mas ainda acho que a mama ajuda a emagrecer mais depende tbm da genética

  102. Tatiana

    Olha, é de textos assim que precisamos. Nada de florear a coisa toda, porque tem os seus percalços, sim. E são muitos. Mas o bonito de tudo é isso. O amor mora em todos os momentos, sobretudo nos ruins. E sabe por que não desistimos? Por causa justamente desse amor incondicional.
    No entanto eu tenho que dizer que eu, pelo menos, emagreci e muito. Ganhei sete quilos em toda a gestação e emagreci TREZE. É de assustar, e emagreci mais ainda nesses 5 meses amamentando minha filha. Não sei se foi só do gasto calórico, se é tendência minha, ou se pode ser hormonal (tireoide), já que nessa fase os hormônios estão tentando se realinhar.
    Meu cabelo cai horrores mesmo. Um filme de terror a cada lavagem. Mas eu tenho cabelo pra dar, vender, emprestar, alugar e consignar… rsrsrs. Quanto à dor, realmente… você acha que vai perder o bico do peito, teve vezes em que foi até insuportável, mas quando você vê aquele serzinho lutando pra se alimentar e que o seu leite é o que vai mantê-lo vivo, você faz surgir auma força descomunal e liberta a guerreira que tem dentro de você, e vai em frente, de mãos dadas com a dor.
    Eu vou sentir falta de tudo isso quando mnha flor desmamar. Eu confesso que já sinto ciúmes da papinha. Ela já andou experimentando uma bicadinha aqui, outra ali. Bateu aquela sensação de “mãe carente que quer amamentar forever”.
    É dolorido, a gente passa noites em claro. Aliás, a gente nunca mais vai dormir, mas o mais lindo de tudo é que nós, mães, não abrimos mão sequer de tudo isso. O pacote inteiro vale muito a pena. Isso se chama amor puro.

  103. adriano

    Queria saber se tem algum jeito de minha esposa amamentar pois a três dias ela vem tentando eu comprei um sugador manual mais quando puxo so sai umas gotinhas ela ta com o psicológico abatido por mais que eu fale ela se desespera o bebe até consegue puxar mais se estressa devido o leite não sair ela vai e se desespera também ta muito difícil estou dando NAN que foi a pediatra que medicou mais queria muito que ela e até ela que isso alguém tem alguma dica ela também usa um spray nasal pra induzir o o leite descer mais nada acontece grato aguardo resposta.

    • Marcia

      Adriano,

      Faz uma busca no google pelos bancos de leite na sua cidade. Eles irão te orientar. Aqui no RJ uma referência é no Instituto Fernandes Figueira.

  104. Fernanda

    BOi noite.
    Meu nome é fernanda, eu tive um filho e ele tem 3 anos mas eu nunca o amamentei mais mas eu tenho leite ainda depois de três anos meu peito estava com o bico sensível e eu achei estranho pela a minha surpresa apertei e eu tenho leite nos dois peitos é normal? Depois de tanto tempo eu ter leite ?

  105. Aline

    Amei o post…
    Concordo com tudo, faço parte do grupo que não emagreceu amamentando ( até engordei)… mas paciência, pelo meu filho todo sacrifício é válido.
    E só em saber que ele está sendo alimentado e está crescendo lindo e saudável vale por todos os constrangimentos e dificuldades.

    • Claudia Cunha Conte

      Adorei o post! Até mesmo as discordância , sinal quê o assunto é mesmo abrangente! Eu sempre recebia o conselho para tomar sol nos seios durante a gravidez, de usar guchinha vegetal, etc, sempre das outras mamães com mais experiência quê eu. Quando meu bebê nasceu, tudo o quê queria era amamentar…só pensava nisto! Vi minha mãe amamentar tão realmente minhas irmãs e nunca parei para pensar hormônios “pudor” deste ato. Queria amamentar… infelizmente, amamentar pouco, pois estava fazendo uso de um medicamento quê um médico dizia não ter problema algum para meu bebê, e em contrapartida, pediatra chegou a pedir um exame neurologia para meu bebê com 2 meses. Isso é um caso particular meu, e para mim muito triste. Mas amamentar tão2 meses e para18 dias apenas e lamento. Até choro de lembrar… pois estava apta a amamentar e me fizeram acreditar quê não… Mas assim, o GO sempre orientou para não usar nada, se fizesse fissuras passar o próprio leite, manter o seio limpinho , porque é leite, e eu me sentia melhor higienizar , porque eu tinha mesmo muito leite e tenho prótese, nada interferiu neste sentido. Usava as conchas, mas confesso quê parecia estimular a produção de leite, viviam cheias e eu tinha quê jogar, nos primeiros dia da Cesária, difícil manter a ordem com potes, esterilizar etc, mesmo porque eu não tinha intenção de dar mamadeira. Mesmo em casa, sempre busquei ficar com ele para amamentar na nossa poltrona aconchegante! Obrigada por prestarem um assunto tão importante.

  106. Rita

    Adorei o post! Na minha experiência posso dizer que nunca foi doloroso para mim amamentar a minha filha, nao doeu, nao gretou o peito, sempre foi maravilhoso dar “maminha”… lamentavelmente perdi o leite pouco depois dos dois meses causa de um problema pelo qual passei, isso e que custou, nao poder dar “maminha” a minha princesa! Mas ela cresce a olhos vistos e goza de boa saude e isso e que e importante para mim!!!

  107. Rita

    Quase esquecia, verdade o cabelo cai muito mais… passava a vida a apanhar cabelo do chao, e no meu caso eu emagreci, so peguei 9 kg com a gravidez, mas passado duas semanas da minha princesa nascer ja tinha menos 12… quanto ao amamentar em publico, pouco me importava, o importante era satizfazer a minha filha, quem estiver mal que se mude!

  108. Shirley Marina

    Adorei o post!
    será muito bem-vinda as dicas e orientações.!!

  109. Renata

    Boa noite, gostei muito da matéria me identifiquei tenho uma bebe de 2 meses e 20 dias e comecei a sentir muita fome e ninguém me disse que amamentar daria essa fome toda rsrs, meus seios racharam e sofri muito e não desisti por amor a minha pequena.
    Acho que as pessoas floreiam a maternidade que quando chega a hora pratica estamos perdidas.
    Essas matérias são esclarecedoras.
    Obrigada

  110. larissa

    Ju meu seios racharam, doi muito amamentar devido a rachadura, já faz 1 mês que estou amamentando e nada de sarar estou quase desistindo, alguma dica??

  111. Mirna

    Amo as matérias de vocês! Amamentei minha menininha até os dois anos e dois meses,gostei muito dessa faze da maternidade mas não posso negar que sofri quando os dentinhos começaram a nascer,(Deus como sofri kkk)ela mordia o peito e não soltava kkkk, mas faria tudo outra vez,eu amava ver aqueles olhões me olhando e quando eu conversava ela dava um lindo sorriso de canto de boca!!!!!!!!!!Quanto amamentar em publico, eu colocava uma toalhinha e ficava tudo bem, só não podia deixar de amamentar a minha Elisa só pq estava fora, já que ela nunca aceitou mamadeira

    • Gabriela

      Vi muita gente dizendo que nao curte fraudas para cobrir o peito pq assim acaba cobrindo e incomodando o rosto do bebê também,masss existe sutiãs próprios pra isso e inclusive blusas também, que entre o tecido a uma pequena abertura discreta em q vc coloca pro lado e só aparece o bico, e o resto fica totalmente coberto,quando a criança para de mamar é só cobrir facilmente pois a blusa e o sutiã próprios pra isso facilitam na hora de ser discreta, e além de tudo isso o bebê fica livre sem nada incomodando no rosto ou no corpo,então na MINHA opinião não acho necessário pagar topless na rua sendo q tem roupas apropriadas pra isso e um preço bem camarada se vc procurar,amamentar é lindo sim, mas não é pq está amamentando q o seu peito deixou de ser uma parte íntima do seu corpo, seu peito vai continuar a ser uma parte íntima mesmo q vc esteja amamentando,depois q o bebê parar de mamar como vai ser?Meio mundo já vai ter visto o seu peito,não se trata de maldades nos olhos de quem olha, o fato é que o seu peito é uma parte íntima e sempre vai ser, com vc amamentando ou não,acho q a criança não merece passar por esse tipo de situação com vários homens observando o peito totalmente exposto pra um monte de pessoas incluindo homens q vc querendo ou não, vão olhar com desejo pro seu peito, nao pelo fato de vc amamentar,e sim pelo fato de ter um topless bem na frente do cara,mas respeito quem gosta de amamentar se exibindo, afinal cada um faz oq quer, mas como cada um tem sua opinião,a minha opinião é essa, eu particularmente acho errado, mas enfim cada um faz oq quer, grande beijo as mamães ou futuras mamães.

  112. Rafaella Liberato

    Oi..amei o post! Mas senti falta de mais uma coisa que ninguém menciona sobre a amamentação, que são o uso da conchas! Elas foram incrivelmente úteis e importantes para que eu seguisse com a amamentação!Pois, elas evitam a dor do peito cheio, o “empedramento”,ajuda a formar bico pro bebê pegar melhor e ainda desmama naturalmente sem a ajuda de bombinhas dolorosas! Espero ter contribuído de alguma forma!😘

  113. Jessica Fernanda

    nossa me identifiquei com quase todas as opçoes… a sede é pior q de ressaca rsrsrs meu cabelo tem em todo lugar q se possa imaginar se procurar ate na casinha do cachorro tem…colicas ele tinha quando comia frango ou alimentos como presunto,salsicha, oq me deixa chateada e constrangida é sobre amamentar em publico…tem gente q fica olhando torto e fica de cara feia,mulheres puxando marido pro outro lado coisa mais idiota do mundo…to amamentando meu bb q nao é crime nenhum… MAS AMOOOO AMAMENTAR

  114. barbara modesto

    amei eu amamentei meu filho ate os cinco anoa mas e claro que nessa idade eu ja enseria outros alimentos e emagreci 20 quilos mas ja recuperei todos .se eu tivesse idade teria outro filho e faria tudo de novo .amamentar e um ato de amor e evita muitas doenças tanto pra mae quanto pro bebe

  115. Débora Franco

    Eu não emagreci 1 grama amamentando e inclusive estou inchada para caramba, meu médico disse que meu corpo terem líquido para produzir leite. Parece que estou de 6 meses de gravidez. Eu tive muita dificuldade no início para amamentar minha filha, ela perdeu muito peso e teve que tomar leite artificial por 2 meses, que ela largou naturalmente e agora está apenas no seio e está indo pro 6 mês de vida! Qto ao amamentar em público, eu me resignei e aceitei pra doer menos. Eu sempre fui reservada, principalmente depois que me casei, mas se eu fosse encanar com o lugar e quem estava perto para dar de mamar pra minha filha eu estaria em uma depressão agora. A pior parte do pós-parto pra mim é ficar sozinha e não poder sair como antes, se eu encanasse que ngm poderia me ver dando de mamar eu iria ficar ainda mais solitária, meus amigos não viriam em casa e eu sempre estaria fora das conversas em reuniões de família. Fora que nunca mais sairia para comer ou shopping, pq é inaceitável para mim amamentar em banheiro público! E paninho distrai minha filha e ela não mama bem.

  116. cleide colman

    O meu bebe tem apenas 2 meses e mama por horas sem parar e meus seios ficam muito doloridos por isso eu dou a formula tambem não sei se poque dorme muitas horas anoite que ela mama assim durante o dia meu um bico dos meus seios fico deformado porque estrago nas primeiras mamadas e e o que mais doe. Com todas as mães que converso me falam o mesmo que o bebe mama por 10 a 15 minutos em cada seio e depois para. Mas a minha Manuela mama por horas e cochila tenho que ficar acordando ela ai quando minhas costas canção eu dou a formula e ela dorme um pouco.

  117. MARIA LOVISI NICODEMO

    MUITO INTERESSANTE ESSA MATERIA,COMO JA DISSE E MUITO IMPORTANTE AMAMENTAR ENTAO SE VOCE TIVER LEITE AMAMENTE BASTANTE,POIS E BOM PARA VOCE E PARA O BEBE.TOMAVA MUITO LEITE,COMIA MUITO ARROZ DOCE,CANJICA E BEBIA MALZIBIER TIVE MUITO LEITE QUANDO AMAMENTEI MINHA 2A.FILHA.NAO FIQUE PREOCUPADA QUE OS PEITOS VAO FICAR FEIO E TUDO MENTIRA.

  118. Debora Ramos Pinto

    Tenho dois filhos um menino de 7 anos e uma menina de 4 anos, amamentei os dois adorava amamentar é algo muito magico. Mas quando tinham fome em algum lugar publico sempre dava de mama a eles nunca fiquei constrangida com o fato mas sempre tinha uma fraldinha para não deixar o seio a mostra pois esse momento é só mãe e filho.

  119. diana

    oi boa noite tenho uma filha de 5 meses quando eu estou dando de mama pra ela eu perco a fome eu gostaria de saber se e normal

  120. Geisebel Araújo

    Meu bb vai fazer um mês dia 12. Nas dua primeiras semanas ele não ganhou peso suficiente ai a pediatra pediu pra dar sempre depois de cada mamada um complemento. Dei duas vezes, mas foi acabar de mamar voltou e parei de dar. Depois de de 4 dias voltei nela pra ver se ele tinha engordado e graças a Deus ganhou umas graminhas so com o leite de peito. Mas nesses ultimos dias ele fica mais de 30 min mamando e sempre quando larga chora. Fui tirar meu leite na bombinha hoje e em um peito saiu uns 20ml e no outro não chegou a 10ml. Dei o aptamil ele mamou e dormiu bem sem chorar. Não sei o que fazer, será que n estou produzindo leite suficiente?

  121. Fabricio

    OLA GOSTEI DE SEUS COMENTARIOS,, SOU HOMEM SOLTEIRO,,MAS UM DIA PRETENDO ME CASAR,, E É BOM QUE NÓS HOMEMS ENTENDAMOS SOBRE ISSO, POIS TEREMOS FILHOS TAMBÉM,,,QUE DEUS ABENÇOEM A TODAS MAMÃES.

  122. sediana

    EU NÃO ESTOU AMAMENTANDO SINTO A MESMA SENSAÇÃO DE QUANDO ESTAVA AMAMENTANDO.
    COMO SE O LEITE ESTIVESSE SAINDO.
    O QUE SERÁ ISTO É NORMAL?.

  123. Giovanna

    Vou ser mamãe de primeira viagem então tudo o que li me ajudou muito mesmo…

  124. mae de tres

    É REALMENTE UMA SÍTUAÇAO DIFÍCIL DE SE COMENTAR ESSA DA AMAMENTAÇÃO EM PUBLICO. POR UM LADO ESTÃO AS MÃEZINHAS FELIZES E SATISFEITAS POR TER UM BEBE E PELO FATO DE PODER AMAMENTA-LOS PARA CRESCEREM SAUDAVEIS.DO OUTRO LADO ESTÃO AS PESSOAS QUE SENTE-SE CONSTRANGIDAS POR PRESENCIAREM UM ATO QUE TODOS CONCORDAM E DE PURA INTIMIDADE ENTRE MÃE E FILHO.NAO É QUE SEJA UMA COISA INDECENTE,É QUE ALGUMAS MENTES LEVAM PARA ESSE LADO!JÁ OUVIR COMENTÁRIOS DE HOMENS QUE FALARAM QUE SE EXCITAM VENDO UMA MULHER AMAMENTAR SEU FILHO.PARECE HORRÍVEL MAS REALMENTE E O QUE ACONTECE NO SEXO MUITAS VEZES O HOMEM SUGA O SEIO DA MULHER E ISSO É UMA COISA QUE EXCITA AOS DOIS(NÃO SEJEMOS HIPÓCRITAS).AGORA VEJAM…FAZER UMA COISA QUE DA ALUSÃO A OUTRA NUM AMBIENTE PUBLICO ONDE PASSAM HOMENS E MULHERES E ACHAR QUE SÓ VC TEM RAZÃO E QUERER NA MARRA QUE CADA UM NAO TENHA O DIREITO DE PENSAR COMO QUISER.ASSIM COMO A MULHER TAMBEM TEM ESSE DIREITO DE AMAMENTAR ONDE QUISER ENTÃO SERIA MAS PRUDENTE E RECATADO PARA MÃE E FILHO COLOCAR NEM QUE SEJA UM PANO FINHINHO PARA EVITAR QUE FIQUE UM ATO MUITO EXPOSTO AOS OLHOS DE QUEM NÃO DEVE VER E DE QUEM NÃO QUER VER TAMBEM.LEMBRANDO QUE PARA RESOLVER ESSA SITUAÇAO ENTRA AI UM BOM SENSO E SABER QUE OS NOSSOS DIREITOS TERMINAM ONDE COMEÇAM OS DOS OUTROS E VICE-VERSA.SINCERAMENTE SOU MÃE JÁ TIVE ESSA EXPERIENCIA COM 3 BEBES,NAO SOU UMA PESSOA MORALISTA MAS PRA MIM QUANDO A AMAMENTACOA EM PUBLICO ERA INEVITAVEL EU COLOCAVA A FRAUDINHA ENCIMA SIM!LEMBRO UMA VEZ ESTA NO POSTO DE SAUDE AGUARDANDO A MIHA VEZ PARA FALAR COM O MEDICO QUANDO TIVE QUE AMAMENTAR E LOGICO COLOQUEI A FRALDA ENCIMA E DO NADA ME SAÍ UM HOMEM QUE CHEGOU PERTO DE MIM E DISSE ASSÍM : VC NAO DEVERIA TER VERGONHA DE AMAMENTAR SEU FILHO E LINDO, VC NAO DEVERIA TER VERGONHA DISSO! EU VI O BRILHO NOS OLHOS DAQUELE HOMEM TRANQUEI A CARA E BAIXEI A CABEÇA EU TINHA SO 18 ANOS NAO SABIA COMO AGIR,MAS FIQUEI ME SENTINDO ULTRAJADA E ASSEDIADA PELA QUELE HOMEM!ENTAO SAO POR ESSAS SITUAÇOES QUE CONCORDO PLENAMENTE COM O USO DA FRALDINHA!

  125. CARLA

    tenho duas gemeas de 3 meses,, e meus peitos sao tipos fafa de belem, nao gosto de colocar nada no rosto de meus bebes, pq nasceram com deficiencia pulmonar,, e sempre que to amamentando noto que os os homens ficam olhando em meus peitos,, teve um uma vez que nao ficou só em olhar apertou o meu peito que estava amamentando ,, fazendo com que o bico do saisse da boca do bb e o leite esguichou,, depois disso ainda me chamou de vaca leiteira,, por isso que nao saio muito ,, prefiro amamentar na minha casa.

X Leia também: