7 motivos que mostram a importância das crianças brincarem lá fora

De Mãe para Mãe - Diversão - Saúde da Criança31/08/17 By: Ana Lú Gerodetti
(0) Comentários

Olá, meninas!

Tudo bem?

É comum ouvirmos dizer que pode ser perigoso fazer brincadeiras ao ar livre por causa do Sol. De fato, se a criança não estiver usando protetor solar ou roupas apropriadas, ele pode sim ser um problema, mas existe um outro lado do “brincar lá fora” que é muito importante para os pequenos.

No post de hoje, trouxemos 7 motivos que mostram a importância dos pequenos estarem fora de quadro paredes.

Confiram!

_______________________________________________________________________________

 

7 motivos que mostram a importância das crianças brincarem lá fora

 

1. Melhora a visão

Por que a miopia é tão comum nos dias de hoje? Estudos têm apontado que um dos fatores chave na deficiência da visão à distância é que mais e mais tempo está sendo gasto em interiores, sob luzes artificiais. A luz clara externa ajuda os olhos em desenvolvimento dos pequenos a manter a distância correta entre a lente e a retina, o que ajuda muito a visão em foco.

 

2. Fornecimento de vitamina D

A maioria dos pais são encarregados de dar suplementos diários de vitamina D aos seus bebês, mas, de acordo com a Academia Americana de Pediatria, as deficiências não apenas param após a infância. Crianças de todas as idades – assim como adolescentes e adultos – muitas vezes não recebem a quantidade suficiente da vitamina, que ajuda a garantir que o corpo absorva cálcio para prevenir futuras doenças ósseas, diabetes e doenças cardíacas.

O leite é uma fonte, mas a luz solar é literalmente o melhor medicamento. Os médicos muitas vezes encorajam as crianças a brincar por alguns minutos ao sol sem protetor solar, que pode bloquear a absorção da vitamina D.

 

3. Ajuda na hora de dormir

Se seus filhos tiverem rotinas problemáticas de sono, pode ser porque seu relógio interno do corpo, conhecido como ritmo circadiano, está desligado. Tais “ritmos” estão naturalmente ligados ao cronograma do sol, então ficar muito tempo dentro de casa significa que seus corpos não estão usando as sugestões de luz ambiental da natureza. A pesquisa mostrou que a exposição matutina à luz solar pode ajudar a equilibrar os ciclos do sono , então vençam as multidões e entrem no parque cedo!

 

4. Oferece ar mais limpo

Com todos os relatórios negativos sobre a poluição do ar, os pais podem evitar sair em busca de algum “ar fresco”. Embora a poluição externa seja ruim para sua saúde, acredita-se que os poluentes internos sejam bem piores. Na verdade, de acordo com a Agência de Proteção Ambiental, os poluentes internos normalmente são duas a cinco vezes maiores, mas podem ser até 100 vezes maiores do que os que estão lá fora.

 

5. Ajuda na postura

Ficar muito tempo sentado resulta na perda de capacidade de queima de gordura, diminuição da densidade óssea e aumento da pressão arterial – para não mencionar uma vida bem menos saudável. As crianças são mais aptas a ficar de pé e fazer movimentos fora de casa. Os estudos mostram que mesmo quando realizam as mesmas atividades na área externa e interna, os corpos das crianças são mais móveis do lado de fora do que aquelas que ficam mais tempo do lado de dentro.

 

6. Aumento da capacidade de atenção

Não foi totalmente provado, mas vários estudos mostraram que as configurações do verde de áreas externas ajudam a reduzir o risco de TDAH (Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade) – o suficiente para que um passeio diário pela grama após a escola ou nos fins de semana valha a pena. Na verdade, um desses experimentos, conduzido pelo Instituto Nacional de Saúde, mostrou que esse aumento da capacidade de atenção é real, então vale a pena colocar os pequenos “para fora” mesmo que seja só para realizar alguma tarefa que poderia fazer dentro da casa.

 

7. Reduz o estresse 

Assim como os efeitos positivos sobre a capacidade de atenção, ver lugares verdes pode ajudar a diminuir os níveis de estresse das crianças. A pesquisa mostrou que acontecimentos rotineiros que causam estresse são menos prejudiciais quando os pequenos estão em contato com a natureza. Passear lá fora é o ideal, mas manter plantas na casa também pode ajudar a reduzir o estresse do dia a dia.

Fonte: PopSugar

 

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Leia também: