7 dicas simples para ajudar seu filho com a chegada do irmãozinho(a)!

De Mãe para Mãe09/07/17 By: Juliana Freire
(6) Comentários

 

Oi, meninas!

Tudo bem?

Tenho algumas amigas grávidas do segundo filho, que pediram dicas de como agir com o mais velho quando o irmãozinho chegar!

Pensei, então, em como fiz com o Olavinho há 2 anos atrás, quando a Ana Helena nasceu. Atualmente ele é apaixonado por ela, super protetor e demostra pouquíssimo ciúmes, muito pelo contrário, acho que ela tem mais ciúmes que ele, rsrsrrs. Tentei lembrar o que fiz que considero que tenha dado certo.

 

Captura de Tela 2015-03-22 às 23.30.56

 

Vejam aqui algumas dicas simples:

1) Conversar sobre a chegada do bebê!

Sempre que possível, dizia que tinha uma bebê dentro da minha barriga e que seria a sua irmãzinha. Mesmo ele não dando muita bola ou fingindo não ouvir, eu insistia no assunto! Dizia que ele iria ajudar a mamãe a cuidar dela e que a bebê iria trazer presentes para ele. Comparava-o aos amiguinhos que já tinham irmãos ou aos personagens de desenhos da TV também com irmãos.

 2) O dia do nascimento!

Procurei dar muita importância para o Olavinho no dia do nascimento da Ana Helena. Lembro-me que ela trouxe presentes que o deixaram muito feliz, como um patinete que ele queria muito. Quando o Olavinho chegou na maternidade para me visitar (eu o deixei dormindo na casa da minha mãe), o presente da irmãzinha já estava no quarto, então a nova situação ficou interessante para ele, rsrsrsrs!!!

3) Lembrancinhas para o mais velho!

Comprem algumas lembrancinhas para deixar na maternidade para as visitas darem para seu filho mais velho, pois normalmente elas trazem presente para a mãe e para o bebê. Dessa forma, o filho mais velho não se sente excluído da “festa” e receberá atenção de cada visita da maternidade.

4) O pai deverá ajudar mais intensamente!

Para a mãe não enlouquecer e ficar mais tranquila de que o filho mais velho estará bem amparado, ela deverá contar muito com a ajuda do marido. Lembro-me que o Olavinho ficou muito mais tempo com o pai, uma vez que eu tinha que amamentar de 3 em 3 horas. Por isso, preparem os maridos e deixem claro que o papel deles é fundamental nesse período de adaptação da chegada do irmãozinho!

5) Não altere a rotina do mais velho!

Todas as matérias que eu lia na época diziam para não fazer grandes alterações na rotina da criança maior, como ir para a escolinha ou mudança de quarto ou mudança de babá. Assim, as perdas não serão associadas com a chegada do irmãozinho.

6) Estimule o envolvimento entre os irmãos!

Deixava o Olavinho participar ativamente dos cuidados com a irmãzinha: pegando-a no colo, fazendo carinho, acompanhando a troca de fraldas, as mamadas etc. As crianças adoram ser úteis e participantes, o que facilita a aceitação e a integração do novo irmãozinho em sua vida.

7) Reserve um tempo exclusivo com o mais velho!

Acho importante ter um tempo apenas você e seu filho, seja na hora de ir para a natação, na hora de ler uma história para dormir etc. É importante reservar um momento a dois, sem ninguém para interromper.

Recomendo muuuuuito ter o segundo filho! É um sentimento de família completa!

Adoro essas fotos dos meus amores, tiradas logo depois que a Ana Helena nasceu!

 

Captura de Tela 2015-03-22 às 23.38.56

Captura de Tela 2015-03-22 às 23.39.13

 

Beijos

Conteúdo exclusivo do site Just Real Moms. 
Categoria: Gravidez, maternidade, blog de mãe, blog para mãe, dicas de mãe, dicas para grávidas, dicas de maternidade.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 Comentários:7 dicas simples para ajudar seu filho com a chegada do irmãozinho(a)!
  1. Larissa

    Adoreiiiii as dicas, pois estou estarando Alice e meu filho Nicolas está tendo alguns comportamentos que antes não tinha, mas quando se fala na irmã ele participa da conversa e se mostra positivo com a chegada da irmã.

  2. Vania

    qual a diferença de idade entre eles? Abraços

  3. Edna Oliveira

    Oi, meu nome é Edna Oliveira
    estou grávida do segundo filho e ainda não sabemos o que é, e a minha filha Iara tem 4 anos ela está feliz e muito ansiosa e tem mudado seu comportamento na escola, tem estado muito chorona e fala que quer ficar perto da mamãe e do irmaozinho pois ela fala que é um menino. Sempre conversamos com ela, será que passará ou aumentará o ciume.

  4. Fernanda

    Maravilhosas dicas

  5. Lari

    Obrigada pelas dicas,meu filho,o Gustavo já está gostando mais da Julia!Agradeço muito!

  6. Andreza

    Muito bom Deus. Abençoe

X Leia também: