10 frases para acalmar o seu filho ao invés de dar uma bronca!

De Mãe para Mãe - Desenvolvimento - Educação - Psicologia - Somos todas iguais31/01/17 By: Renata Pires
(7) Comentários

 

Olá!

Esses dias lendo o site Brasil Post, li um artigo que citava mais de 25 frases para acalmar as crianças ao invés de dar uma bronca. Dessas, selecionei as 10 frases que mais se adaptam ao meu dia a dia.

Muitas vezes ficamos com raiva e explodimos com os pequenos por falta de conhecimento em como direcioná-los a ter a atitude correta. Pois bem, tenho certeza de que neste post você encontrará alguma situação que já passou (ou passa) na sua casa, com seus filhos:

 

10 frases para acalmar o seu filho ao invés de dar uma bronca! - Just Real Moms

 

1) Em vez de: Pare de jogar coisas por aí!

Experimente falar: Quando você joga seus brinquedos, fico achando que você não gosta de brincar com eles. É isso que está acontecendo?

Esta técnica de pessoa que fala/pessoa que ouve visa ajudar seu filho a transmitir seus sentimentos de uma maneira não hostil. Isso mantém o canal de comunicação entre você e ele aberto e ensina seu filho a expressar uma situação do modo como você o enxerga, o que, por sua vez, lhe dá a oportunidade de reformular os acontecimentos sob o ponto de vista dele.

 

2) Em vez de: Menino (ou menina) grande não faz isso!

Experimente falar: Crianças grandes e até adultos às vezes têm sentimentos grandes. Tudo bem, esses sentimentos vão passar.

Sejamos francos. Quanto mais seus filhos crescem, maiores são os problemas que eles encaram e maiores os seus sentimentos. Dizer a seu filho que criança grande não sente raiva, frustração ou ansiedade simplesmente não é verdade. Além disso, incentiva a criança a evitar ou sufocar emoções, não permitindo que as processem de maneira saudável.

 

3) Em vez de: Agora chega, você está de castigo!

Experimente falar: Vamos juntos para nosso cantinho da calma.

Em lugar de castigo, ou isolamento, um momento juntos, para vocês se reconectarem.

 

4) Em vez de: Coma sua comida ou você vai para a cama com fome!

Experimente falar: O que podemos fazer para deixar esta comida gostosa?

A responsabilidade por encontrar uma solução é entregue de volta a seu filho.

 

5) Em vez de: Estamos saindo. Já!

Experimente falar: O que você precisa para ficar pronto para sair?

Deixe a criança repassar na cabeça os processos das transições em sua vida. Isso ajuda a evitar uma luta de poder entre vocês e lhe dá uma chance de indicar à mente dela que vocês estão fazendo uma transição para uma nova atividade. E é uma ótima rotina para repetir, trocando papéis, em momentos em que vocês não estão indo a lugar algum, na realidade.

 

6) Em vez de: Pare de reclamar!

Experimente falar: Ouvi. Você tem uma solução a propor?

Novamente você passa a responsabilidade para as mãos da criança. Da próxima vez que seu filho ficar reclamando sem parar sobre a escola/o jantar/seus irmãos, peça que ele proponha soluções. Lembre a ele que não existem respostas erradas.

 

7) Em vez de: Você está me fazendo passar vergonha!

Experimente falar: Vamos para algum lugar a sós para a gente resolver esta questão.

Lembre que o importante aqui não é você, é seu filho e os sentimentos dele. Ao tirar vocês dois da situação que está causando tensão, você reforça o trabalho em equipe, sem chamar a atenção para o comportamento dele.

 

8) Em vez de: Pare de gritar!

Experimente falar: Vou fazer de conta que estou apagando velinhas de aniversário. Topa apagar comigo?

Fazer respiração profunda ajuda o corpo a recuperar a calma. Se você fizer essa respiração como uma brincadeira, é mais provável que seu filho coopere. No caso de crianças mais velhas, peça que respirem com você como Darth Vader respira.

 

9) Em vez de: Já cansei de falar!

Experimente dizer: Eu te amo. Preciso que você entenda que não é legal você fazer isso. Tem alguma coisa que você quer que eu entenda?

Assim o canal de comunicação entre vocês continua aberto, ao mesmo tempo em que você expressa a emoção de maneira sadia.

 

10) Em vez de: Pare de dizer “não”!

Experimente falar: Eu ouvi que você disse “não”. Entendi que você não quer essa coisa. Vamos tentar pensar o que podemos fazer diferente.

Ao reconhecer o “não” de seu filho, você acalma os ânimos e a situação. Em vez de uma discussão do tipo sim ou não, mude o roteiro para que vocês pensem no futuro e na perspectiva de uma solução.

 

10 frases para acalmar o seu filho ao invés de dar uma bronca! - Just Real Moms

 

Fonte: Brasil Post

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 Comentários:10 frases para acalmar o seu filho ao invés de dar uma bronca!
  1. RACHEL

    GOSTEI MUITO E VOU PASSAR PARA MEUS 6 FILHOS E 19 NETOS (JÁ TENHO ATÉ 10 BISNETOS !!!)

  2. Talita Rodrigues Nunes

    Adorei as sugestões! Foi para minha lista de melhores links da semana 😉
    http://www.somelhora.com.br

  3. geni ge

    PERFEITO…

  4. Cinderela Wanderley de Melo Molina

    Excelente forma de resolver os conflitos no cotidiano,buscando entendimento da situação e amenizando as possíveis ansiedades. É comum observarmos situações conflitantes de adultos com crianças, por falta de habilidade no questionamento da real dificuldade…

  5. Berenice Aguiar

    Muito bacana!!!

  6. Eneida Saraiva

    Todas as mães ou pais deveriam ler esse artigo, tornaria a vida das pessoas que pusessem esses conselhos em prática muito mais leve e agradável!!!!

    • Jakeliny Nery

      E assim ensinamos os nossos filhos, a não lidar com as emoções. As palavras que ele mais vai ouvir na vida é não! E isso não traumatiza ninguém.
      Quando o seu filho for a escola e a professora falar que o trabalho dele não está lá, não somos nós mães que vamos estar lá na hora, para dizer uma frase mais de conforto para ele.
      temos que educar nossos filhos para mundo!!!

X Leia também:

"Ser Mãe e Pai no século XXI” - Confira como foi o primeiro encontro do Programa Awake Kids 2017!

31/01/17Ver a matéria   >>