10 coisas que as amigas SEM FILHOS dizem, mas não deveriam!

De Mãe para Mãe11/02/17 By: Juliana Freire
(74) Comentários

 

Oi, moms! Tudo bem?

 

Essa semana fui jantar com umas amigas que ainda não têm filhos, mas mesmo assim, o assunto girou em torno de gravidez e bebês, pois a maioria delas já está pensando em engravidar! Foi quando uma delas me mostrou um texto muito legal que está circulando na internet que diz: “Peço desculpas às minhas amigas que tiveram filhos antes do que eu”.

 

O texto fala sobre uma mãe recente que relembra suas atitudes com suas amigas que tiveram filhos antes dela e se arrepende muito, pois agora consegue entender o comportamento delas. Então, tive a ideia de escrever esse texto para vocês, afinal tenho certeza de que a maioria já JULGOU (e muito!) as amigas mães antes de se tornar uma.

 

A verdade é que é muito fácil falar e julgar quando ainda não somos mães! Só dá para saber de verdade o que é ter filhos quando você os têm!

 

 

amig

 

 

Eu, por exemplo, nunca mais julguei nenhuma amiga, muito pelo contrário: me solidarizo, pois sei as dificuldades de educar um filho e sei que absolutamente TODAS as mães têm a melhor das intenções com seus filhos! Se por algum motivo elas erram, não é por negligência, mas sim, por uma vontade enorme de acertar !

 

Bom, vejam se concordam com as 10 coisas mais faladas pelas amigas que NÃO tem filhos:

 

1) Por que eu não posso te visitar à noite? Deixe-o acordado até mais tarde, só hoje!

Depois que me tornei mãe, dei muito mais valor para a rotina, e deixar a criança dormir mais tarde uma noite pode atrapalhar muito o dia seguinte… Meu filho, por exemplo, acorda sempre no mesmo horário (independentemente da hora que dorme) e se dorme pouco fica bem cansadinho no dia seguinte inteiro.

 

2) Deixe-o comer só esse docinho! Hoje, pode!

Acredito que as crianças devem ter sempre uma alimentação equilibrada e não vejo nenhum problema em dar alguma coisa gostosa (chocolate, doces etc.) para eles comerem de vez em quando! Mas hoje, vejo que temos que tomar muito cuidado para que esse “hoje, pode” não se tornar algo frequente!

 

3) Ah! Vamos, vai! Você nunca pode fazer NADA! Por que tudo tem que ser programado com antecedência?

Com certeza tudo tem que ser programado, ainda mais com essa nova lei das babás. Temos, SIM, que saber dos programas com certa antecedência para saber quem vai ficar com eles à noite enquanto estamos fora!

 

4) Acho que a fulana não dá limites para o filho, olha ele fazendo escândalos!

Gente, definitivamente isso NÃO é culpa da mãe! Toda criança tem seus momentos de birra e algumas vezes ignorar pode ser uma tática para fazê-la parar com o escândalo! Tenho certeza de que NENHUMA mãe fica tranquila com seu filho fazendo manha!

 

5) Ai, o filho da fulana não para de chorar, que chato!

Nossa, depois que virei mãe eu me preocupo MUITO quando vejo alguma criança chorando! Nunca mais me incomodei da mesma forma que antes!

 

6) O bebê da fulana é meio feinho, né?

Sério, isso NUNCA pode ser falado! É muita maldade e acho que é um dos maiores pecados! Crianças são os maiores tesouros do mundo e cada uma tem sua estrela, independente da beleza exterior! É terminantemente proibido falar isso!

 

7) Nossa, você está mais irritada e sem paciência! Por quê?

Hoje entendo algumas mães mais irritadas… Muitas vezes, elas só precisam DORMIRRR!

 

8) Amanhã você dorme até mais tarde, é final de semana! Fica mais um pouco, vai?

Não existe dormir até mais tarde! Final de semana é um dia normal! rsrsrsr…

 

9) Vamos viajar comigo? Não a convido mais, você nunca pode ir!

Hoje entendo que ir para lugares sem estrutura para crianças fica muito difícil e, muitas vezes, vale muito mais a pena ficar em casa do que ter que encher o porta-malas para viajar!

 

10) E aí, sumida? Nunca mais me ligou! Depois que seu filho nasceu você desapareceu!

ÓBVIO! O nascimento do bebê muda completamente a vida de uma mãe e com certeza ela não consegue ligar para as amigas com a mesma frequência! E quando tiver um tempinho livre, essa não será a prioridade, FATO! rsrsrsr…

 

 

Para ler o texto “Peço desculpas às minhas amigas que tiveram filhos antes do que eu“, que me inspirou para este post, cliquem AQUI.

 

Conteúdo exclusivo do site Just Real Moms.

Categoria: Gravidez, maternidade, blog de mãe, blog para mãe, dicas de mãe, dicas para grávidas, dicas de maternidade.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

74 Comentários:10 coisas que as amigas SEM FILHOS dizem, mas não deveriam!
  1. duda

    AMEI! é exatamente assim que me sinto. minhas amigas parecem não entender que as coisas! parece que eu sou a chata que não quero fazer nada. Ainda bem que não sou a única! Ótimo post parabéns! Beijo

    • Juliana

      OI Duda, Todas passamos por isso, ainda mais se você foi uma das primeiras a ter filhos da sua turma! Mas fica tranquila que um dia elas te entenderão! Beijos

  2. Carol

    Amei!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Bjs Ju!!

    • Juliana

      Oi Caro querida! Eu é que amei te encontrar aqui! Mil beijos

    • Juliane

      Filhos não são problemas, não é porque tem filhos que não curtir a vida, pelo contrario, curte muito, mas de outra forma.

    • Juliane

      Filhos não são problemas, não é porque tem filhos que não curtir a vida, pelo contrario, curte muito, mas de outra forma..

    • Thayane

      Que comentário sem noção, pra não dizer idiota.
      Julgar quem tem filhos e dizer q a opção é usar camisinha?! Fala sério!
      Muito egoísmo, Marcos.
      Se um dia vc for ter filhos, que eu duvido que vc tenha coragem, vc entenderá esse mundo maravilhoso!

  3. Luisa Aranha

    Perfeito! É tão difícil para as pessoas entenderem que seu foco muda completamente depois do nascimento de um bebê?! Rotina é o maior aliado de uma mãe e na fase de filhos pequenos, sem ela não existe nada que salve. Quanto ao “hoje pode” chega me dar vontade de dar com uma cadeira na cabeça de quem diz. Afinal, se não deixamos/damos/fazemos alguma coisa é por um motivo que nós sabemos!
    bjos

    • Juliana

      OI LU, é isso mesmo! A ROTINA é nossa aliada e só nós sabemos o quanto é importante né? Fiquei feliz que você gostou do post! Beijos

  4. Lara

    kkkk, muito bom esse texto!! Irritada eu?? Só preciso de uma noite de sono sem interrupções!!
    Bjs Ju, adorei!!

    • Juliana

      Oi Lara, o sono é o que mais me incomoda sabia? Uma noite inteira e poder acordar as 10hs da manhã sem interrupções se transformou em um sonho!!! rsrsrsrsr

  5. Juliana Pinheiro

    Meninas, adorei conhecer esse texto, porque também mudei muito meu olhar e meus julgamentos depois que me tornei mãe. Tenho dois textos bem nesse estilo, caso um dia vocês queiram compartilhar. O primeiro é o “Como mãe eu nunca…” (http://www.ascriancas.com.br/vida-de-mae/como-mae-eu-nunca/) e o “As mãe pira” (http://blogpsicologando.com/2013/05/22/as-mae-pira/). beijos

  6. Andrea

    Muito bom!!! Vivo falando pra minha familia que eu não sou um general – como estão me chamando, apenas tento manter uma rotina pelo bem da minha filha e meu. O “sumida” é ótimo! Só quem não tem filho que julga dessa maneira mesmo! ADOREI! bjos

    • Juliana

      OI Déia, não tem jeito, toda mãe tem que ser meio “general” se quiser educar o filho!! Não se importe com o que os outros falam… Beijos

  7. Juliana

    Adorei Ju….já ouvi mtas coisas depois que ganhei o Rodrigo. Realmente final de semana é como qq outro dia…não dá pra irmos em locais sem estruturas. Sinto mta falta quando não tem um simples fraldário…ótimo post Ju, parabéns 😉 bjsss

    • Juliana

      JU, como sempre você é uma fofa! Muito obrigada pelo comentário e pelo carinho com nosso blog! beijos

  8. Silma Matos

    É bem isso mesmo, tudo muda depois dos filhos e quem não só vai entender depois que tiver… hehehehehe. Outra coisa muito engraça é achar que entende de crianças só porque cuidou do sobrinho, existe um abismo gigantesco entre cuidar e criar uma criança, ser mãe de fato.
    Adorei o blog
    Bjs

    http://minhaflorbela.blogspot.com.br

    • Juliana

      OI Silma, adorei seu comentário! Cuidar de sobrinho é muuuito diferente de cuidar de filho! MIl beijos

  9. Sarah

    Adorei o artigo. Acrescentaria à lista “Não criticar quando a mãe fica “corujando” o filho o tempo todo” Achava maçante ouvir sobre as gracinhas dos bebês dos outros. Hoje que tenho um casal de gêmeos de seis meses (lindoooooosssss ;)) só falo neles o tempo todo!!!! .

    • Juliana

      Nossa Sarah! Coo eu não pensei nisso? Todo mundo que reclama das mães que postam as fotos dos filhos na internet são aquelas não mães, né? Beijos

    • Gisele

      Desculpe, mas é um porre!!! Qualquer pessoa que só tenha um assunto na vida se torna uma chata! É como se a sua amiga sem filhos só soubesse falar do trabalho ou de namorado… pense bem: você iria se sentir entediada…

  10. Elaine Fonseca

    Ju como todos os seus posts esse é mais um perfeito… que se encaixa totalmente em mim…
    Só nós sabemos o quanto detestamos manhas e tem horas que tenho vontade de matar o meu filho quando ele dá aquele escândalo no meio do shopping…Mas fazer o que???
    Sabe o que gostaria de sugerir: um post dizendo às pessoas para quando forem ver ou encontrar uma criança não fazer um escândalo…Isso assusta os pequenos e depois seu filho fica como mal educado de não querer chegar perto daquela louca!!! Estou vivendo isso o tempo todo…
    Beijinhos
    Elaine

    • Juliana

      ahahah Elaine, é verdade, tem muita gente que faz um escândalo ao dar “oi” para as crianças e isso as assusta muito!Nunca tinha pensado nisso! Amei o seu elogio ao post! Muito obrigada pelo carinho! Mil beijos

  11. Fabiola

    Oi Juliana, eu sinceramente não me aborreço muito com os comentários das minhas amigas que não tem filhos. O que me deixa chateada é quando as minhas amigas que tem filhos fazem estes comentários. Das minhas amigas que são casadas e tem filhos, eu fui a que tive filho mais tarde. A minha filha tem 01 ano e 04 meses.
    Será que elas não lembram o que é tirar os filhos das rotina quando ainda são bebezoes (nem tão bebes, mas ainda não são maiores e podem suportar alterações na rotina).

    Beijos e obrigada pela honestidade dos seus posts : )

    • Juliana

      Oi Fabiola, você tem razão, pior do que as amigas sem filhos são as amigas com filhos maiores e que já se esqueceram do dia a dia de um bebê! Beijos e obrigada pelo comentário!

  12. Cesar Chacon

    Achei seus comentários perfeitos pois dificilmente as pessoas sem filhos nos entende, porem só tenho uma reclamação!!! Porque os pais nunca são citados…. acho uma discriminação conosco que realmente nos dedicamos aos nossos filhos e a nossa família…

    Fica a dica!!!

    • Juliana

      OI Cesa, Você tem toda a razão, vou prestar a atenção e incluir mais os pais em meus posts! Mas não é discriminação nenhuma viu! Sei a importância de um bom pai na educação dos filhos ! Peça mais que fundamental! Obrigada pela participação! beijos

  13. Gabi Fluck

    1) Por que eu não posso te visitar à noite? Deixe-o acordado até mais tarde, só hoje!
    R: Em primeiro lugar concordo com tua resposta em genero, numero e tamanho, Parabens a voce Mamâe! Tiro o chapéu! è isso ai mesmo, eles precisam de rotina e disciplina!
    2) Deixe-o comer só esse docinho! Hoje, pode!
    R: E que somente queremos e achamos que ele tem que desfrutar das mesmas coisas que nós gostamos, este é um erro muito cometido por nós que náo temos filhos, infelizmente!
    3) Ah! Vamos, vai! Você nunca pode fazer NADA! Por que tudo tem que ser programado com antecedência?
    R: Entendo está questão muito bem tenho uma Mana que sempre estava muito ocupada com os filhotes dela, mas ela nunca deixou de fazer algo que realmente gostava por causa dos filhos, muito pelo contrário levava-os junto com ela. E realmente eu os curtia demais!
    4) Acho que a fulana não dá limites para o filho, olha ele fazendo escândalos!
    R:Desculpe, mas È SIM CULPA DA MÃE!! Não queira escapar desta! Como é que antigamente os nossos Pais davam conta? Somente olhavam para nós, e nós paravamos num piscar de olhos! Ao menos tente assumir a culpa, que realmente são dos Pais! Pois, caso não queira passar vexame, eduque-os!
    5) Ai, o filho da fulana não para de chorar, que chato!
    R: Realmente se a criança NÂO teve educação, como ela irá escutar aos Pais? Tenha voz firme para com as crianças quando ainda estiverem na barriga e muito mais ainda quando nascerem!
    6) O bebê da fulana é meio feinho, né?
    R: Realmente, é o fim da picada quando alguém fala isso!! Por um acaso está pessoa já se olhou no espelho! Quam ela pensa que é!! Todas as crianças são lindas, são perfeitas e com tudo no lugar certo! Amém!
    7) Nossa, você está mais irritada e sem paciência! Por quê?
    R: Realmente, quem fala isso não tem IDÉIA NENHUMA do que é cuidar de uma criança! Gostaria de dar um conselho para quem NÃO TEM FILHOS, vá cuidar de uma criança em uma creche ou de uma vizinha, ou irmã, etc. Mas tem que ser o dia todo e a noite também!! Dai irá ver o que é bom para a tosse!
    8) Amanhã você dorme até mais tarde, é final de semana! Fica mais um pouco, vai?
    R: Estão pensando que a vida que se tinha antes de ter filhos é a mesma depois, de te-los?? Estão muito enganadas, espero que antes de te-los façam um curso com a Irmã, vizinha, creche, etc…o que encontrarem para saber o que vem pela frente!! Boa sorte, se pensam que é facíl!
    9) Vamos viajar comigo? Não a convido mais, você nunca pode ir!
    R: Sou Mãe agora, o que achas, vou deixar meus filhos com quem? Com a minha Mãe ? que já me criou? COm o vizinho? O que é que estás pessoas tem na cabeça???Deus as abençoe e lhe mostre o caminho!
    10) E aí, sumida? Nunca mais me ligou! Depois que seu filho nasceu você desapareceu!
    R: Se tiveres tempo, lhe conto como minha vida está, depois de que eu tive um filho, tens tempo??? Estas pessoas que pergunta isso, são completamente insensatas, para não saberem o trabalho que dá, ter um filho!

    Como viram , concordei e discordei de algumas coisas. Comento com vocês que NÃO TENHO FILHOS, MAS SEI O QUE UMA MÃE PASSA! E creio que se as Mães de hoje se preocupassem em ENSIANR SEU FILHOS, ELES SERIAM MELHORES PESSOAS NO FUTURO!! Portanto, não é por que eu NÂO TIVE FILHOS que NÂO SEI COMO AS MÃES SE SENTEM,OK? Considero todas as Mães muito valentes por terem filhos e as admiro muito, portanto quem não está criando seua filhos direito são aquelas que lhes perguntam estes tipos de coisas! Chame-as e lhes mostre como a vida é ficando do outro lado! Ensine-as que todo muda quando se tem filhos, que eles não são bibelos que ficam paradinhos nas estantes esperando que você se lembre , de que eles estão lá e querem um pouco de atenção! Enfim, desabafei, quero que me perdoem pelo desabafo, porém não pude me conter, abraços a todas as Mães do Mundo e congratulções por serem fortes e não deixarem a peteca cair, Parabens!!

    • Luciana

      Olha, no número 4, é o caso clássico em que só quem é mãe sabe. Passar por esses escândalos vai depender do temperamento própria criança em primeiro lugar. Depois, enquanto você está ensinando a ter limites, vai ter que aturar mesmo, e concordo que tem vezes em que só ignorando pra resolver a questão com a criança. Vc acha que seus pais não passaram por isso, pq não se lembra mais de quando ainda estavam te ensinando a importância daquele olhar que você fala.

  14. Faby

    Eu vou falar agora do lado que quem não tem filhos, oque nós temos que ouvir também das mães.. só jesus.. para começar é sempre o mesmo papo de sempre.. vc não é mãe não sabe como é.. toda conversa gira em torno da criança, a mãe está sempre dizendo que seu filho é melhor e ou faz coisas melhores que as outras crianças.. é muito chatoo esse papo.. eu entendo tudo que foi escrito e concordo.. mas também as mães deveriam pensar no lado de quem ainda não tem filhos..e existe um mundo fora do seu mundo e mãe.

    • Juliana

      Oi Fabiana, concordo que algumas mães devem tomar cuidado para que não fale apenas de crianças pois isso é chato para quem não tem filhos. Obrigada pela participação.

    • Patricia Regina Lopes

      Concordo com a Faby, e eu, particularmente, acho que as mamães deveriam respeitar quem optou por não ter filhos. Cada mamãe tem direito de ter seus filhos e viver sua vida como deseja, mas isso também se aplica a quem não quer ter filhos, e nós não somos aberrações ou extraterrestres por ter feito esta escolha. Não mamães, ter filhos não é uma obrigação inclusive para quem não os quer ter. Que bom que vivemos numa democracia e ninguém pode me obrigar a ter filhos, pois conheço muita gente que, se pudesse, me obrigaria. Affffff!

      • Juliana

        Oi Patricia, acho que ter filho é uma questão de escolha e ninguem é obrigado a nada! E acredito que em nenhum momento escrevi no post que todas as mulheres devem ser mães! A intenção desse post foi mostrar como as amigas sem filhos julgam as atitudes das amigas que viraram mães! Espero que entenda. Obrigada

  15. Lily

    Olá achei essa publicação legal e interessante, não sou mãe e nunca serei [pois não posso ter filhos] , mas gostaria de deixar claro uma coisa, minhas duas melhores amigas são mães e NUNCA e repito NUNCA as julguei ou perturbei uma ou outra para sair, ou dormir mais tarde ou cobrar ”porque sumiram” quando estavam grávidas só fiquei feliz por elas, quando ”sumiram” simplesmente esperei que tivessem um tempinho livre para mim. Entre outras colegas que também tiveram filhos tenho uma coisa a dizer, com certeza não sei o que é ser mãe, nunca sentirei a felicidade de sentir um serzinho crescendo na minha barriga, ou a magia do parto, ou passarei noites preocupada porque meu neném tá com febre, ou saborear a possibilidade de um cochilo na tarde quando possível. Mas penso que muitas mães são cruéis com suas palavras quando uma pessoa como eu, sem filhos, tenta dar somente uma opinião, quando uma criança de 2, 3 ou 4 anos, bate na cara de todo mundo que se aproxima e sai gritando quando a mãe diz rindo ”que feio bebé, isso não se faz”, ou outra criança que joga os pratos das visitas no chão durante um almoço e papai e mamãe sorriem dizendo ”como ela é viva essa minha princesa”. Daí você tenta dizer ”seja um pouco mais firme, se você corrige rindo e com voz de adulação você não tem credibilidade alguma e a criança só vai piorar” e como resposta escutar ”o que você sabe? Você não tem filhos, não pode saber como educar um”. Bem, eu não tenho filhos certo, mais certas mães parecem ter parido o cérebro junto com o bebé, não penso que seja necessário ter filhos pra saber que certas crianças precisam de limites.. Maaass.. Não sou mãe, então tenho que calar a boca e aceitar tapa na cara de criança de 2 anos, ou levar comida [e prato] no colo de crianças de 4, sorrir e achar bonitinho?.. Acho que não!

    • Renata

      Oi Lily! Adorei seu cometário e acho muito feio as pessoas te julgassem, mesmo porque é um problema seu! E se vc não QUISESSE ter filhos, também seria uma escolha sua e ninguem poderia te julgar da mesma forma! Não gostei das pessoas jogarem esse tipo de coisa na sua cara! Tô com vc!!! Mil Bjss querida!

    • Gina

      Lily sou mãe de duas crianças e desde o tempo que eu era solteira pensava e penso assim como vc.
      toda criança nasce com sua personalidade, temperamento, mais quem educa, quem poe limites, regras e valores são os pais. eu mimo minhas crianças, brinco, deixo bagunçar, mas tudo no limite. como já disse tenho duas crianças e são duas personalidades diferente, temperamento diferentes, um bem mais forte que o outro, mais não deixo de por limites.

    • Adriana Quinelo

      Bravo ! Adorei, Lily !!
      Obrigado por me fazer sentir melhor.
      Bjs,

    • Emiliani

      Concordo Lily!!! Não tenho filhos, por escolha minha e do meu marido. Sou muito julgada pela minha decisão, infelizmente.
      Bom, respeito todas as pessoas que conheço e os tem. Jamais cobraria qualquer coisa de uma amiga em relação aos seus rebentos. Cada um sabe da sua vida.

      Mas não sou obrigada a aceitar crianças extremamente malcriadas, que saem batendo, chutando, cuspindo, quebrando, jogando coisas etc…se vier fazer isso comigo, com certeza falarei com a mãe…
      Acho um absurdo ver crianças tocando o terror e os pais fazendo cara de paisagem…

      Principalmente se estiverem em minha casa. Na casa deles, eles podem chutar, cuspir, morder, quebrar, explodir, jogar os pais pela janela……..na minha, as regras sou em quem dou…doa a quem doer!

      E como a Barbara também comentou…”hoje em dia os pais tem é preguiça de educar suas crias”.

    • Marcela

      Olá! Gostei muito do seu comentário, pois eu também já passei por isso, de dizerem para mim que eu não tenho filhos por isso é facil eu julgar… lamentável pra não dizer grosseiro. Na verdade eu nem estava me metendo na história, simplesmente estava tentando acalmar uma pessoa pois estava no limite por causa do seu filho e simplesmente levei a patada.
      Por isso aprendi que cada vez mais deixem as mães frustadas, revoltadas, iradas se debatendo em lágrimas e gritaria, o problema é delas e não meu. Reclamam e fazem mais filhos, gritam e fazem mais filhos, lamentam e se esgotam e fazem mais filhos, então minha cara, deixei pra lá, conheci pessoas que tiveram um único filho e perceberam que é uma responsabilidade tamanha, um cansaço e esgotamento tão maior que preferiram ficar com um unico filho, mas, o que vejo é o contrário, as que reclamam muito acabam tendo mais filhos pois já se habituaram a reclamar e se fazerem de vitimas, pois pessoas com o minimo de responsabilidade percebem que não tem vocação para tal e simplesmente vão colocando mais filhos no mundo. Desculpe o desabafo, mas me irrito profundamente com esse tema, pois s[o admiro aquelas que reclamam e ficam só com um, mas as que reclamam e colocam mais filhos no mundo, essas não merecem o meu respeito.

  16. Roberta

    Ju, amei!!! saudades de vc!! bjs

    • Juliana

      Eu tambem querida! Vou te avisar quando eu for para a casada minha mãe que é perto da sua para nos vermos com as criancas. Mil beijos

  17. Barbara

    Ainda acho que manha, birra e choro tem casos e casos. A maioria pode sim ser controlada. O que os pais hoje em dia têm é preguiça de fazê-lo…

  18. Cris

    Olha, meu filho já tem quase 17 anos e eu me lembro muito bem de tudo que passei, até pq ele teve uma infância cheia de problemas de saúde… Te digo uma coisa, se uma dita “amiga” achasse que poderia me achar chata por falar do meu filho ou ficar chateada comigo por não poder dar atenção a ela (criancice dela eu diria) realmente não posso considerar minha amiga! Alguém que acredita que possa me julgar e que não consegue se colocar no meu lugar (tendo ou não filhos) não é realmente alguém que mereça minha consideração e ser chamada de amiga.
    Parabéns pelo post!

  19. Juliana

    Oi, Ju! Ameeeei seu blog, e essa lista é muito eu! Tá de parabéns! Sucesso!

    • Juliana

      Obrigada querida! Mil beijos e obrigada por participar!

  20. ilda

    Hehehe… bem isso… ja ouvi elas falar que acham feio mulher gravida… e eu mi achava linda… tbm falam que acham feio amamentar… ainda bem que tenho paciência… pois amamento a minha filha e vou tentar amamentata-la ate os 2 anos…

  21. HIRLLA SANTOS

    Amei esse texto! Fui muito julgava no nascimento do meu primeiro filho, até por amigas gestantes que não compreenderam o fato de eu não puder estar presente. Mas eu sempre avisei: quando vc for mãe, me compreenderá e se arrependerá do que esta a falar hoje! Dito e feito!

  22. Giba Neto

    Eu concordo em partes com a 4… Se vc está em sua casa,ótimo, agora em um lugar público tem a obrigação de educar seu filho para não ficar fazendo manha incomodando outras pessoas… Uma vez vi uma mãe indo ao supermercado com 2 filhos (deviam ter 5 a 8) ela falou para os dois com voz bem firme: “Estamos indo ao supermercado. Se vocês ficarem fazendo bagunça EM CASA NÓS VAMOS CONVERSAR!!!”… Eu entrei logo atrás deles… Lá dentro tinha uma menina da mesma idade, dentro do carrinho empurrado pelo pai, gritando que nem uma histérica… E coincidentemente na mesma hora passou essa mãe e os dois filhos, super bem comportados ao lado dela… Para mim, isso é falta de educar filhos sim…

  23. Elaine Lopes

    Amei o texto! Eu ainda não tive filhos mas NUNCA agi assim com amigas que tiveram… Respeito muito porque fico exatamente pensando como será quando chegar a minha vez!

  24. Angela

    Realmente a vida muda completamente depois de ter um filho, é tudo mais complicado, perdemos a forma, noites de sono. Respeito as pessoas que optam em não ter filhos e gostaria de dizer a elas que, mesmo sendo uma decisão para vida inteira, vale muito a pena e não existe viagem ou qualquer outra coisa nesse mundo que, se compare a felicidade de ter um ter um filho, posso me arrepender de muita coisas, mas nunca me arrependerei de ser mãe!

  25. Gisele

    Pra mim ter filhos é uma opção e, a partir da hora em que você decide tê-los, deve assumir os ônus sem queixas, a menos que algo fora do ordinário aconteça (gestação de alto risco, doença congênita, etc.). Fora isso, você não deve culpar o mundo porque não consegue dormir, porque não tem tempo para lavar os cabelos e ir ao salão, porque está fora de forma e não consegue ir à academia, porque vive cansada…
    E as amigas solteiras e sem filho são o alvo preferido das mães ensandecidas. Depois que a vida delas muda, elas adoram apontar o dedo para a amiga sem filho e tachar tudo o que diz respeito à sua vida como banalidade ou futilidade. Você é fútil porque se cuida, porque sai à noite, porque viaja, porque compra roupa… até seu trabalho é banal porque serve para sustentar suas futilidades. Nada mais chato do que aquela gravura que circula pelo facebook que diz: “você ainda não teve filho e reclama que não tem tempo pra nada? Sabe de nada…” As pessoas esquecem como a vida delas (ou da maioria, pelo menos) era corrida antes da maternidade, às voltas com estudo, trabalho, academia, reforma, contas a pagar, etc. A diferença é que tiveram que arrumar tempo para a maternidade, seja trabalhando menos horas, seja terminando uma faculdade, um mestrado, seja até mesmo abandonando a academia, enfim… E se eu tenho mais tempo no final de semana do que você para passear, viajar, ler um livro, ver filmes, ir ao salão; se me sobra mais dinheiro para tudo isso, é porque eu optei por não ter filhos, e espero que você, mãe, não fique jogando na minha cara que sua vida é mais importante do que a minha pelo mero fato de você ser mãe. Simplesmente aceite que decidimos perfilhar caminhos opostos.
    Reconheço que nem todas são assim. Algumas ainda cavam um tempo para um almoço no meio da semana, um happy hour rápido após o trabalho, convidam de vez em quando para visita-las em casa, e, sim, falam muito dos pimpolhos, mas querem saber de você, a amiga solteira, e falam de outros assuntos (trabalho, livros, filmes, política, tecnologia, roupas, sapatos, esmaltes…). Essas, entretanto, posso contar nos dedos de uma mão e garanto que não completo.
    Conclusão: mães, parem de se comportar como mártires! É só o que as amigas imploram…

    • Juliana

      Oi Gisele, depois que temos filhos, mudam as prioridades e a forma de enxergar a vida. Isso é natural!

    • Marcela

      Ótimo comentário! As mães se comportam como mártires!!! E colocam mais filhos no mundo… gostaram de ser as vitimas!

  26. Paula

    Só amiga debil faz esse tipo de comentário sem noção!

  27. Leda Paula

    Adorei!!!!
    O texto tem que ser publicado mesmo.Mas conforme está escrito elas só saberão o que é ser mãe depois de terem filhos. Nem sendo madrasta, ou melhor, fui boadrasta consegui chegar perto desse sentimento mãe e filho.
    ainda acho pior algumas que no meio de um birra quem corrigir meu filho.
    Um dia uma conhecida me disse que não sabia se sentia dó ou encantamento por eu ter 3 filhos e muito trabalho. Essa coitada é completamente infeliz. Sou mãe e muito feliz por ter 3 filhos.

  28. Dayani

    No meu caso todas as minhas amigas sem filhos sumiram assim que contei sobre a gravidez. Hoje vejo quem são.mminhas amigas de verdade.

  29. Renata

    Sério que tem gente que faz essas perguntas? Isso é gente sem noção, mesmo não tendo filhos nunca diria nada do que esta ai para alguma amiga minha, como nunca o fiz.
    Agora quanto a birra eu discordo, “cada criança tem seu momento”.
    Nunca fiz birras na vida por nada, nem meus outros dois irmãos e conheço muita gente que tbem nunca o fez, digo mais dos oitentista, quando sabíamos o que era disciplina e na casa quem mandava era a mãe e o pai.

  30. Mariana

    To um pouco assustada! Não tenho filhos e NUNCA falei nada disso para as minhas amigas que tem! To achando que amiga que fala metade do que está escrito aí não é amiga de verdade…

  31. paula

    Independente de ter um filho ou não, tem mães que não sabem dar limites ao filhos, não educam direito e viram uns capetas! Cansei de ver na rua mãe panaca que não faz nada pra conter as diabruras dos filhos, ai deixa as crianças montarem em cima dos pais eas tornam pessoas mimadas e birrentas. Mae tem total responsabilidade de conter escândalos, ate pq muitas vezes e feito locais públicos. Eu não sou mae, mas adoraria parar certas mães na rua pra dizer umas boas verdades. Pelo q eu li, vcs adoram se fazer de sofridas pq tem filhos, sao mártires que não podem ser criticadas, nossa, ter um filho e tão dificil em dia, não consigo dormir, ai estou cansada, estou irritada… E tanta reclaçao hipócrita, então pq decidiu ser mãe?

  32. Aline

    Realmente os amigos que não tem filhos não tem noção da mudança que é na rotina do casal, da casa . Tem que ter planejamento de tudo que vai fazer pq eles tormam-se prioridade.
    .

  33. Juliana

    Nossa mto bacana o seu site! Me identifiquei com muitas situações aqui e em outros posts que tenho lido…
    No meu caso tive filhos antes das minhas amigas, enqto estavam na balada e algumas nem namorado tinham eu ja estava em outra… ouvi de uma das minhas “bff” amigas desde o “maternal” que eu sou louca de ter tido mais de 1 filho pq isso não é sustentável para o planeta, que pessoas que tem filhos (generalizou absurdo) não pensam que o meio ambiente que vivemos hoje não comporta mais ninguém, que eu sou egoísta em querer trazer ao mundo mais uma criança para ocupar um espaço que não temos…. simplesmente um CRIME alguém falar uma coisa dessas, falta bom senso e sei lá mais o que… esta pessoa hj (depois de 7 anos e meio) que só pensava em trabalho, carreira e status e achava ridículo abrir mão da própria individualidade, do egoísmo hj tenta desesperadamente engravidar numa fase que ela tb vai demorar para entender que não é mais tão fácil assim ter filhos. Tem vezes que não precisamos falar nada a essas pessoas pq a vida se encarrega.. as que nunca tiveram o privilégio de se tornarem mães entenderão qdo for o momento certo ou não…

  34. Tamires

    Bom e Exatamente o que acontece depois de ter um filho nois caímos no esquecimento ninguém ti chama mais pra lugar nenhum i quando vem na sua casa so fica falando das festinhas ki foi com fulana,fez isso com sicrano .e Fato.

  35. Grasi

    Nosssa vc falou tudo eu tambem ja pensei assim mas depois que tive meu primeiro filho me sentia encomodada pelos meus proprios pensamentos anteriores… Desculpe amigas…

  36. Da Col Da Col

    É o assunto que precisava mesmo ser publicado. Hoje estamos rodeados de Almas Angelicais de maravilhosos “Babys”em nossas vidas. A FORÇA ESTA COM VOCÊS(NÓS)MÃES,BISAVOS, AVÓS,TIAS,MADRINHAS,PRIMAS,NAMORADAS & AMIGAS…!!! Todas já fomos ou seremos MÃES algum Dia…ESPECIAL…!!!

  37. Da Col Da Col

    É o assunto que precisava mesmo ser publicado. Hoje estamos rodeados de Almas Angelicais de maravilhosos “Babys”em nossas vidas. A FORÇA ESTA COM VOCÊS(NÓS)MÃES,BISAVOS, AVÓS,TIAS,MADRINHAS,PRIMAS,NAMORADAS & AMIGAS…!!! Todas já fomos ou seremos MÃES em algum Dia…ESPECIAL…!!!

  38. Gabriella

    Nao tenho filhos mas sempre entendi e hoje fico com a minha afilhada de 1 ano e meio pelo menos 3 vezes no mes. E vou te contar viu, pego ela pra passear e as preferencias são lugares com parquinhos e banheiros com troca fraldas!! minha visão mudou muito por conta disso. Parabéns mãezinhas, e deixem a criança um dia com essas amigas hahaha 🙂 elas nunca mais iram falar isso.

  39. Maria Teresa de Oliveira

    Amei, foi na mosca. Mulher depois que tem filhos, (por isso deve programar-se) não é mais dona de sí seu tempo é dedicado aquele ser que é indefeso e dependente exclusivamente dela e do pai. Parabéns pela clareza.

  40. Carola

    Bem isso mesmo viu, sempre sou cobrada pelas amigas que ainda não são mães. Um dia elas entenderão!

  41. Kennya

    Cada vez que leio esses textos minha vontade de ter filho diminui mais e mais.
    Que medo!
    Vocês são heroínas mesmo!

    Vejo a luta das minhas amigas…

    Adorei o texto!

  42. KARINE

    Vou acrescentar mais uma que eu ouvi, numa festinha de São João:
    “Porque tu vai embora? Só porque ele tá com sono? Deixa ele dormir aqui mesmo (no meio de todo barulho) dentro do carrinho, é o que tem!”
    Oiiii????? É o que tem? Não, pra mim não funciona assim, eu não tenho o menor interesse em ficar mais tempo do que o necessário numa festinha de são joão à noite com meu filho com sono!!
    E o pior é que a pessoa que falou isso trata o cachorro como se fosse filho (e nem vou entrar no mérito, pois isso é questão de opção) e critica uma mãe que trata o filho como filho!!! Tenha dó!

  43. Gisela

    Concordo com tudo, porém é preciso fazer uma ressalva.. existe um monte de coisas que as amigas que já são mães não devem dizer as amigas que ainda não são mães também!
    No geral.. acho essa troca de alfinetada uma chatice sem fim, as mulheres adoram perturbar umas as outras com observações egoístas, mesquinhas e maldosas!
    Seria tão bom.. se cada uma cuida-se da sua própria vida!

  44. Amanda

    Por que todas as mães (minhas amigas) acham que tem o respaldo de não comparecer à eventos e não responder mensagens só porque são mães.

    Minha irmã tem três filhos, um de 10 anos e gêmeos de 2 anos, trabalha em 02 empregos e se eu mandar uma mensagem ela me responde em no máximo 10 min.

    Acho que tem muita mulher mole por aí colocando a culpa de seu desleixo nos filhos….

  45. Olga Becker

    Acho engraçado esses blogs onde as mulheres que voluntariamente resolveram ter filhos, se dedicam a reclamar da incompreensão alheia em relação às suas novas necessidades como se fossem crianças mimadas ou como se o mundo girasse a sua volta. Se esquecem o quanto elas mesmas excluem ou não compreendem as mulheres que não tem filhos ou que não são casadas, por exemplo. Como é irritante essa lamúria em que tudo é errado. Não é o mundo que deve se adaptar à você, mas sim o contrário. Simples assim.
    No mais…claro que existe criança feia. Tem umas que além de feias são extremamente chatas.

  46. tatiana

    fantástico.
    senti que depois que minha Juju nasceu , deixei de ser convidada para vários eventos…
    por mais que a gente deixe de ir em alguns, gostamos de ser convidadas e isso não atrapalha… a decisão de ir ou não fica a nosso critério. 🙁

X Leia também:

Tudo o que você precisa saber sobre a gripe influenza H1N1 - por Dr. Jairo Len

11/02/17Ver a matéria   >>